Ministro da Cultura demite diretora-geral das Artes

(dr) DGArtes

Paula Varanda era Diretora-Geral das Artes desde junho de 2016

O Ministério da Cultura anunciou, esta sexta-feira, ter cessado as funções da diretora-geral das Artes por “perda de confiança política”.

“O Ministério da Cultura tomou a decisão de determinar a cessação de funções da Diretora da Direção-Geral das Artes, Paula Varanda, por perda de confiança política. O Ministério da Cultura tomou conhecimento de factos que tornam incompatível a manutenção de Paula Varanda no cargo Diretora-Geral das Artes”, pode ler-se no comunicado do Ministério de Luís Filipe Castro Mendes, sem acrescentar mais detalhes.

O Governo realça que “todos os trabalhos em curso sob responsabilidade da Direção-Geral das Artes deverão decorrer dentro da normalidade e dos prazos previstos”.

Segundo o site da Direção-Geral das Artes, Paula Varanda era diretora-geral desde 1 de junho de 2016. A responsável sucedeu no cargo a Carlos Moura-Carvalho, em maio desse ano, que foi igualmente demitido pelo ministro do Governo socialista.

Na altura, o responsável confessou-se “revoltado” com a exoneração, considerando que “põe em causa os concursos públicos” e admitiu ter pedido explicações ao primeiro-ministro.

Revolta-me e entristece-me porque é uma mudança às regras a meio do jogo”, disse na altura, sublinhando que estava “à espera que houvesse uma palavra, um elogio ao trabalho que foi feito”.

Paula Varanda é investigadora doutorada pela Middlesex University de Londres, no Reino Unido, em Estudos Artísticos e Humanidades (2016), participou em conferências e publicou livros e artigos de crítica e análise de espetáculos e projetos artísticos e culturais (2004-2017).

Fez também direção artística e gestão de projetos nas artes performativas (1994-2016) e foi assessora do Instituto da Artes para o planeamento, execução e avaliação de mecanismos de apoio ao sector profissional (2004-2007).

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Não sei quem seja a senhora, nem nunca tinha ouvido falar, mas pode saber-se quais são os tais “factos”?
    Se são facto, não há problema em divulgá-los, certo?
    Se não são factos, deveriam estar todos caladinhos e deixar seguir a justiça ou então, se não é caso para justiça, fazer as coisas com elegância e decoro – coisa que vejo cada vez menos (não que habitualmente seja muito…)

  2. O outro queria elogios ao trabalho feito. Nunca deve ter tido um patrão, só cargos políticos. Quanto à senhora apesar dos muitos estudos não deve ser inteligente. Para ter o nome no genérico de um programa televisivo como produtora, quando existiam incompatibilidades graves com o cargo…

RESPONDER

Refugiados em greve de fome por falta de condições em campo bósnio

Centenas de refugiados de um campo improvisado em Vucjak, na Bósnia, estão em greve de fome pelo segundo dia consecutivo para protestar contra a situação degradante em que se encontram. Os refugiados no campo improvisado …

Ex-aliada de Bolsonaro denuncia grupo difusor de notícias falsas ligado ao Presidente

A deputada brasileira Joice Hasselmann, ex-líder do Governo de Jair Bolsonaro no congresso, denunciou na quarta-feira a atuação de um grupo difusor de "fake news" (notícias falsas) ligado ao atual Presidente, Jair Bolsonaro, e que …

Banco BiG: EUA e China vão chegar a acordo, mas não será duradouro

No "Outlook" para 2020, os analistas do banco BiG defendem que será improvável que Estados Unidos e China cheguem a um consenso suficiente para reverter as taxas aduaneiras impostas. De acordo com os analistas do banco …

Alemanha expulsa dois diplomatas russos. Rússia vai tomar medidas

Dois diplomatas russos, acusados pelo Ministério Público alemão de falta de cooperação na investigação de um homicídio, foram expulsos da Alemanha. A Rússia já reagiu e avisou que tomará medidas. Esta quarta-feira, a Alemanha expulsou "com …

Segurança Social demora quase cinco meses a pagar pensões

Em 2018, os beneficiários da Segurança Social tiveram de esperar, em média, 147 dias - cerca de cinco meses -, entre o dia que se aposentaram e o momento que começaram a receber a pensão …

Empresas fechadas e 28 mil despedimentos. Setor têxtil pode atravessar crise

Até 2025, a indústria têxtil em Portugal pode ver um terço das empresas a fecharem e 28 mil trabalhadores a serem despedidos. Este é o pior cenário equacionado no setor nos próximos anos. O setor da …

Ministério Público arquiva queixa de Aguiar-Branco contra Ana Gomes por difamação

Aguiar Branco tinha levantado um processo de difamação a Ana Gomes por declarações sobre alegadas ligações entre o seu escritório de advogados e o grupo Martifer. O Ministério Público (MP) arquivou a queixa apresentada pelo ex-ministro …

66 louvores a funcionários. Centeno é o ministro mais "agradecido" de todo o Governo

Mário Centeno e os seus secretários de Estado publicaram em Diário da República 66 louvores. O seu gabinete garante que não há qualquer significado político associado - nem mesmo uma despedida anunciada. O louvor é dado …

Os glaciares da Nova Zelândia estão a mudar de cor

À medida que o Hemisfério Sul entra no verão, acontece uma temporada catastrófica de incêndios florestais na costa leste da Austrália. Há casas destruídas, coalas a morrer e um fumo espesso que cobre o estado …

Não se irrite. Fisco vai comunicar de forma mais clara

A Autoridade Tributária e Aduaneira vai lançar um serviço de apoio e defesa ao contribuinte que usará uma linguagem mais simples e clara. A alteração é inspirada num modelo britânico. A Autoridade Tributária e Aduaneira vai …