Militares mentiram no roubo de Tancos (e o mistério da caixa a mais foi desvendado)

Paulo Novais / Lusa

Militares à entrada dos Paióis Nacionais do Polígono Militar de Tancos

Dois militares que se encontravam nos paióis de Tancos, no dia do assalto, mentiram no âmbito das investigações ao caso, mas não foram constituídos arguidos pelo Ministério Público. O furto continua sem suspeitos identificados, mas o mistério da caixa de armamento a mais já foi desvendado.

O relatório do Ministério da Defesa que analisou as circunstâncias do roubo de armas de guerra em Tancos é arrasador, mencionando múltiplas falhas, incluindo o alerta de que o sistema de vigilância da infraestrutura não funcionava há 20 anos.

O documento também evidencia que houve militares a prestarem falsas declarações sobre as rondas efectuadas a 28 de Junho de 2017, a data do assalto em Tancos. Em causa estão “um sargento e um praça que estavam nos paióis no dia do roubo”, destaca o semanário Expresso.

O sargento, “por lapso, não actualizou a folha de registo de quantidades de material” dos paióis, o que levou ao mistério da caixa a mais devolvida pelos ladrões, repara o Público. Cerca de quatro meses depois do furto, e após um telefonema anónimo, o material de guerra foi devolvido, apresentando uma caixa que estaria a mais.

Mas, afinal, essa caixa não constava do inventário do material “por lapso” do sargento que foi condenado a uma pena de repreensão, que já terá sido cumprida, anuncia o Expresso.

Já o praça envolvido “incitou os Soldados da Guarda de Polícia aos Paióis Nacionais de Tancos a prestarem falsas declarações“, para dar a ideia de que tinham sido realizadas rondas que de facto não aconteceram, relata o Público, com base no relatório do Ministério da Defesa.

O jornal também menciona que o documento fala de “um oficial e um sargento que não executaram as devidas rondas”. E um deles terá registado “informação falsa no relatório que elaborou, ao reportar rondas apeadas com horas e respectiva constituição”, sem que estas tenham sido efectuadas, segundo o mesmo diário.

Estes quatro militares foram alvo de processos disciplinares abertos pelo Exército, mas no âmbito da investigação criminal ao roubo, que decorre no Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP), ainda não foram constituídos arguidos.

Uma fonte próxima das investigações revela ao Diário de Notícias que há “suspeitos identificados, militares e civis” e que, neste momento, se está “a cruzar informação”, “a analisar os depoimentos das testemunhas” e a “avaliar todo o material recolhido, “sem pressa, nem pressões”.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. ahhhhhhh, eu sabia!!!!
    A culpa só podia ser do governo!!! esses malandros…
    Afinal os ministros faltaram às rondas, e não obrigaram os militares a instalar sistemas de vigilância!
    E aposto que os militares mentiram para proteger o governo!!!!
    A culpa é sempre do mesmo… do governo(not)!

  2. Nesta história toda só não consegui perceber se em última instância o ministro é deste mundo ou se é um ET. Fica a dúvida…

  3. O Armamento já estava fora de prazo nada valia, porque tanta preocupação?
    O Hitler também deixou muitas bombas quer em Terra ou no Mar, que depois de achadas não fazem mal a ninguém.
    PONTO FINAL

RESPONDER

PJ faz buscas na Madeira e em Lisboa por fraude na obtenção de fundos europeus

Cerca de duas dezenas de buscas foram efetuadas, esta terça-feira, na Madeira e na Grande Lisboa no âmbito de um inquérito dirigido pelo Ministério Público (MP) que investiga crimes de fraude na obtenção de fundos …

França em choque com ação da polícia em acampamento de migrantes

A atuação da polícia durante o desmantelamento de um acampamento improvisado de migrantes no centro de Paris, na noite de segunda-feira, está a gerar críticas e indignação. Na noite desta segunda-feira, a polícia francesa dispersou algumas …

Centro Europeu de Controlo de Doenças alerta: países que retirem medidas para o Natal terão aumento de internamentos

O Centro Europeu de Controlo de Doenças estima que se os países que em outubro e novembro tomaram novas medidas para controlar a pandemia as levantassem a 21 de dezembro, os internamentos hospitalares aumentariam na …

Pensilvânia certifica vitória de Joe Biden nas eleições presidenciais

As autoridades da Pensilvânia certificaram, esta terça-feira, a vitória do democrata naquele estado nas eleições presidenciais norte-americanas. Na sua conta do Twitter, o governador local, o democrata Tom Wolf, escreveu que o Departamento de Estado da Pensilvânia …

Nos Países Baixos, há drive-ins para as crianças poderem visitar o Pai Natal em tempo de pandemia

Muito se tem falado de como será o Natal neste ano atípico. Contudo, há países que já começam a arranjar alternativas para a época festiva. Nos Países Baixos, os drive-ins estão a ser usados para …

Vereador da Educação de Lisboa ameaça autarca com “um par de murros”

O vereador da Educação da Câmara de Lisboa afirmou, num comentário no Facebook, em resposta a uma publicação de um vogal da Junta de Freguesia do Areeiro, estar disponível para lhe dar "um par de …

Papa Francisco critica negacionistas da covid-19 e fala da morte de George Floyd

O papa Francisco, num livro esta segunda-feira publicado, criticou os opositores ao uso de máscaras ou outras restrições impostas para conter a pandemia de covid-19, sublinhando que nunca se manifestariam contra a morte do afro-americano …

Fenprof reconhece abertura da tutela do Ensino Superior para negociar apesar de divergências

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) reconheceu esta segunda-feira a abertura do Governo para negociar algumas questões do Ensino Superior, depois de uma reunião em que a tutela e a organização sindical nem sempre estiveram …

Bombeiros vão receber verba adicional de três milhões de euros

As associações humanitárias de bombeiros vão receber uma verba adicional de três milhões de euros em 2021 para fazer face aos constrangimentos financeiros devido à pandemia de covid-19, segundo uma proposta do PS hoje aprovado. Este …

Media Capital desafia ERC e elege Mário Ferreira como presidente

Os acionistas da Media Capital elegeram, esta terça-feira, o empresário Mário Ferreira presidente da dona da TVI. A assembleia-geral esteve inicialmente convocada para 28 de outubro, tendo sido suspensa, retomando hoje os trabalhos e com uma …