Material devolvido de Tancos tem uma caixa a mais

Paulo Novais / Lusa

Entrada dos Paióis Nacionais do Polígono Militar de Tancos

Uma das caixas de munições encontradas na Chamusca não pertencia à lista inicial do material que desapareceu em Tancos.

Em conferência de imprensa do chefe de Estado-Maior General do Exército, o general Rovisco Duarte confirmou que uma das caixas encontradas não pertencia à lista inicial do material que desapareceu dos paióis de Tancos e afirmou tratar-se de uma caixa de petardos, avança o Observador.

De acordo com o próprio general, a situação é “compreensível”, porque é comum haver “problemas de registo” do que os militares chamam de “material volante”. Na prática, este material é utilizado na instrução, podendo ter sido registada a sua saída e não ter sido na realidade consumido por várias razões, como por exemplo atmosféricas, regressando ao paiol.

“Se chove, a instrução pode ser interrompida e os rebentamentos podem não ser executados. É material volante que saiu, uma caixa, não é tanto assim“, disse Rovisco Duarte, ressalvando que o Exército tem prestado toda a colaboração com os órgãos de polícia que estão a investigar o caso.

O chefe do Estado-Maior do Exército afirmou também que não tem dúvidas nenhumas de que houve um furto em Tancos e disse estar convicto de que os responsáveis vão ser descobertos, congratulando-se com a recuperação do material. “Tenho a certeza de que houve um furto. Não lhe chamemos assalto, chamemos um furto. Tenho a certeza na base dos dados das averiguações que foram conduzidas. Não tenho dúvidas nenhumas de que houve um furto”, disse Rovisco Duarte.

Questionado sobre se acredita que algum dia se vão descobrir os autores do furto, Rovisco Duarte afirmou: “Estou convencido que vão descobrir. Se há provas é mais complicado, mas isso não é comigo”, disse, numa referência à investigação criminal em curso.

O general disse também que “tem a certeza” de que hoje o material do Exército está todo inventariado, em todas as unidades.

Questionado sobre as conclusões dos processos de averiguações promovidos internamente visando determinar o que falhou ao nível da segurança, Rovisco Duarte disse que, no que respeita à segurança física, “verdadeiramente não estão concluídos“.

Rovisco Duarte recusou adiantar mais informações sobre os processos disciplinares afirmando que estão em fase de contraditório. No dia 14 de agosto, o comandante de Engenharia n.1 mandou instaurar processos a “um primeiro sargento e a um segundo cabo”. No dia 6 de setembro, houve outro processo, instaurado a um capitão. “O sistema de vigilância eletrónica estava avariado. Quanto ao pessoal responsável pela segurança é assunto dos processos disciplinares e como tal não vou dizer”, afirmou.

Rovisco Duarte lembrou que o sistema de rotação por várias unidades para fazer a segurança do local foi adotada em 2007, na sequência do fim do Serviço Militar Obrigatório, em 2004.

“O Exército em 2004 e em 2005 tinha falta de efetivos. Foi nessa altura que houve uma redução dos efetivos que faziam a segurança e foi a razão pela qual foi introduzido o esquema da rotação, que tem mais de dez anos, foi o resultado do fim do Serviço Militar Obrigatório”, disse.

O general Rovisco Duarte considerou ainda que foi mal compreendido por ter exonerado os comandantes das cinco unidades responsáveis rotativamente pela segurança física das instalações dos paióis e disse que hoje voltaria a fazer a mesma coisa.

Os comandantes foram exonerados dos cargos para “não haver entraves” aos processos de averiguações e, ao fim de duas semanas, foram renomeados para os mesmos cargos, sem que das averiguações tivesse resultado qualquer processo disciplinar por ordem do CEME.

Hoje estou seguro de que foi uma boa decisão, fui mal compreendido, tenho as costas largas, muita gente criticou, inclusivamente no meio militar. Dois tenentes-generais que não confiaram, não acreditaram, e decidiram bater com a porta, aceitei isso. São ossos do ofício”, declarou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Assunção Cristas vai deixar o Parlamento

A líder demissionária do CDS-PP, Assunção Cristas, vai renunciar ao mandato de deputada, mas ficará na Assembleia da República até ao próximo congresso, em 25 e 26 de janeiro de 2020. O anúncio foi feito esta …

Carles Puigdemont entregou-se às autoridades belgas

O ex-presidente da Generalitat Carles Puigdemont apresentou-se voluntariamente às autoridades belgas na sequência do mandado de detenção emitido pelo Tribunal Supremo de Espanha, disseram à EFE fontes ligadas ao político catalão. Na passada segunda-feira segunda-feira, o …

O muco tem a capacidade secreta de dominar germes

https://vimeo.com/366782239 O nosso corpo está repleto de muco, e isto não se explica apenas pela chegada do outono. Um estudo recente demonstrou uma das inesperadas propriedades benéficas do muco: contém açúcares que controlam os germes potencialmente …

Cientistas desenvolvem "corda de guitarra" que toca sozinha

Cientistas da Universidade de Lancaster e da Universidade de Oxford, no Reino Unido, desenvolveram um circuito nanoeletrónico que vibra sem nenhuma força externa. Usando um pequeno cabo suspenso, muito semelhante a uma corda de guitarra, a …

Hubble capta a imagem mais nítida do primeiro cometa interestelar confirmado

O Hubble conseguiu captar uma fotografia de 2I/Borisov, o primeiro cometa interestelar até agora detetado, avançou a NASA, que opera o telescópio espacial. De acordo com a nota divulgada pela agência espacial norte-americana, a fotografia …

Alverca 2-0 Sporting | Leões desinspirados afastados da Taça pelo Alverca

O Alverca surpreendeu hoje o Sporting com uma vitória por 2-0, na terceira eliminatória da Taça de Portugal, tornando-se no primeiro grande «tomba-gigantes» da competição ao afastar o atual detentor do troféu. Alex Apolinário, aos 10 …

A Barbie também arrenda casa no Airbnb

A boneca mais famosa do mundo celebra 60 anos. Agora, a empresa que produz a Barbie, a Matel, tornou a boneca uma anfitriã no Airbnb e vai arrendar uma mansão à beira-mar em Malibu, na …

Os primeiros bebés podem nascer no Espaço daqui a 12 anos

A empresa SpaceBorn United pretende realizar missões espaciais entre 24 e 36 horas para que algumas mulheres dêem à luz em órbita dentro de 12 anos. A notícia é avançada pelo fundador e CEO da empresa, …

Japão importou cinco vírus mortais, incluindo Ebola, por causa de Tóquio 2020

Com os Jogos Olímpicos à porta, um laboratório japonês decidiu importar cinco vírus mortais, nomeadamente Ebola, para fazer frente a um eventual surto durante a competição que vai levar ao país mais de 600 mil …

Empresa anónima quer os direitos do seu rosto para construir robôs (e paga 115 mil euros)

Uma empresa privada anónima está a oferecer 115 mil euros pelos direitos de usar o seu rosto numa nova linha de robôs humanóides. A empresa quer usar a imagem para dar uma cara a um robô …