“Falta de respeito”. Milhares de pessoas assinam petições contra reabertura de creches em maio

d.r. BBC

Na semana passada, o Governo anunciou que a sua vontade é começar a retornar à normalidade, dentro do possível. Uma dessas medidas é reabrir as creches em maio.

De acordo com o plano do Governo, as crianças “precisam de conviver” e os pais têm de retomar o trabalho com melhores condições.

A ideia é que as creches (para crianças dos zero aos três anos) reabram logo no início de maio e só depois, um pouco mais tarde, serão os jardins de infância (para crianças dos três aos seis anos) a reabrir as portas.

Porém, de acordo com o Observador, esta medida não gera consenso. Na página de Internet Petição Pública somam-se petições criadas por cidadãos para impedir que as crianças sejam as primeiras a sair do confinamento. As petições contam com cerca de 18 mil, 10 mil e quatro mil assinaturas.

As quatro petições dirigem-se ao Governo, às figuras do Presidente da República e primeiro-ministro, à Assembleia da República, aos profissionais de educação e às famílias e apelam a que não se reabra as creches.

Numa das petições, defende-se o encerramento das creches e dos jardins de infância até ao final do ano letivo. “As crianças podem nem saber manter a distância de segurança”, além de “não perceberem o porquê de não poderem abraçar-se, beijar ou pedir colo”.

Os mais novos estão “constantemente em contacto direto com colegas, educadores e auxiliares” e que, mesmo lavando as mãos regularmente, estas “nunca estão limpas”. O risco de contagiar educadores e auxiliares é outro dos argumentos.

“Acho uma falta de respeito abrirem as creches e brincarem com a saúde dos mais pequenos”, lê-se.

Noutra petição faz-se referência que a decisão de reabrir as creches em maio é tida como “uma bomba relógio”.

“Abrir as creches é muito complicado”

Em entrevista à revista Sábado, o pneumologista Filipe Froes admitiu que abrir as creches “não é uma decisão fácil”, mas, “neste contexto, é muito complicado”.

À revista, Filipe Froes admitiu duvidar de que a situação epidemiológica seja tão boa como dizem. “Se estamos em planalto, era legítimo esperar que o número de internamentos, doentes em cuidados intensivos e mortos estivessem a descer. Mas os internamentos subiram há dois dias. Em que é que ficamos?”, questiona Filipe Froes.

O médico avisou que “o ideal era ter 15 dias de diminuição progressiva mantida dos dados” antes de abrir creches onde vão estar crianças que “são focos de transmissão”. À Sábado, Filipe Froes alertou que a reabertura precoce vai “contribuir para a criação de cadeias de transmissão com impacto em grupos de risco”.

À mesma revista, Ricardo Mexia, presidente da Associação de Médicos de Saúde Pública, disse que “os mais jovens terão dificuldades em manter as recomendações” para evitar o contágio. Essa “é a parte difícil”, avisou.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Tottenham perde frente ao Antuérpia. Mourinho "rasga" equipa: "Queria fazer 11 substituições ao intervalo"

O Tottenham perdeu esta quinta-feira frente ao Antuérpia, na segunda jornada da Liga Europa de futebol, levando o treinador português José Mourinho a criticar a sua equipa. "Queria fazer 11 substituições ao intervalo", admitiu. No …

PCP sobe fasquia no OE2021. Quer mais um escalão de IRS

O PCP quer que o Orçamento do Estado para 2021 contemple a criação de um novo escalão de IRS, segundo uma das dezenas propostas de alteração ao documento que os comunistas fizeram chegar ao Parlamento. Em …

Equipas lusas 100% vitoriosas na jornada europeia. Gaitán estreou-se com um grande golo

O SC Braga e o Benfica venceram esta sexta-feira as partidas a contar para a Liga Europa, depois de o FC Porto ter também saído vitorioso do jogo que disputou frente aos gregos do Olympiacos …

Mutação do coronavírus pode ter tido origem em Espanha (e isso pode explicar a segunda vaga)

Análises realizadas pela Universidade de Basileia, a Escola Politécnica Federal de Zurique e o consórcio espanhol SeqCovid-Spain, liderado pelo Conselho Superior de Investigação Científica, mostram que a nova variante se espalhou pela Europa e outras …

Arqueólogos encontraram lamas sacrificadas pelos Incas no Peru

Arqueólogos encontraram, no Peru, restos mortais mumificados de cinco lamas que foram sacrificadas pelos deuses Incas há cerca de 500 anos. De acordo com o site Live Science, as lamas mumificadas ainda estão adornadas com os cordões …

"Nunca vi nada assim." Ameaça terrorista é mais intensa do que nunca em França (e mais difícil de travar)

O ataque terrorista dentro de uma Igreja em Nice, com a morte de 3 pessoas, veio reforçar a ameaça do terrorismo islâmico em França. Já havia sinais e alertas oficiais de perigo numa altura em …

Costa recebe partidos esta sexta-feira. "Nenhuma medida está excluída", garante Costa

O primeiro-ministro recebe esta sexta-feira, em São Bento, os partidos com representação parlamentar para procurar um consenso para a adoção de medidas imediatas de combate à pandemia de covid-19. Além disso, o Governo vai auscultar …

Ratos-toupeira-nus foram apanhados a raptar bebés de outras colónias

Cientistas descobriram dois casos em que ratos-toupeira-nus foram raptados da sua colónia, tendo sido transformados em escravos. De acordo com o site Science Alert, embora os ratos-toupeira-nus (Heterocephalus glaber) sejam pequenos, têm grandes colónias compostas por …

Não houve multas por falta de máscaras (e o Canhão da Nazaré não desiludiu)

Milhares de pessoas juntaram-se, algumas das quais sem máscaras, para ver as ondas gigantes da Nazaré, nesta quinta-feira, mas nenhuma delas foi multada, apesar de violarem as regras da Direcção-Geral da Saúde (DGS). No mar, …

Bolsonaro afirma que vai "erradicar o comunismo" do Brasil

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, afirmou na quinta-feira, num evento público, que "se Deus quiser, poderá comemorar-se em breve a erradicação do comunismo" no país. "Vamos, num curto espaço de tempo, expulsar o comunismo do país", …