/

Uma mesa de 490 metros na Charles Bridge. Em Praga, o fim da restrições celebrou-se com um jantar em massa

Martin Divisek / EPA

Os habitantes de Praga, capital da República Checa, construíram uma mesa com quase 490 metros e realizaram um enorme jantar público esta terça-feira para comemorar o fim do bloqueio do coronavírus no país.

De acordo com a CNN, os habitantes de Praga espalharam-se pelas ruas da cidade e pela sua famosa Charles Bridge depois de o Governo ter suspendido as restrições a grandes reuniões.

A República Checa implementou rapidamente um bloqueio no início do surto global do novo coronavírus e tornou-se um dos primeiros países a dizer aos cidadãos para usar máscaras, ajudando a evitar o pior da pandemia e facilitar o levantamento as restrições mais cedo do que muitas outras nações.

Isto significava que os habitantes locais podiam desfrutar de um espetáculo ao ar livre e abrir mão do distanciamento social para comemorar o progresso do país.

No entanto, a Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou que a pandemia ainda não acabou e a República Checa ainda está a proibir muitos estrangeiros de cruzarem as suas fronteiras – regra que permitiu que este evento acontecesse.

“Queremos comemorar o fim da crise do coronavírus com pessoas a encontrar-se e a mostrar que já não têm medo de conhecer outras pessoas. Que não têm medo de aceitar trincar a sandes de alguém”, disse Ondrej Kobza, proprietário do café que organizou o evento, em declarações à agência de notícias Agence France-Presse. “Todos tivémos de fazer algo para estar aqui, trazer comida ou uma flor. A ideia era que todos se envolvessem”.

As mesas foram adornadas com toalhas de mesa e flores brancas e os moradores beberam e partilharam comida enquanto o sol se punha sobre a cidade.

Com cerca de 10 milhões de habitantes, a República Checa registou cerca de 12 mil casos confirmados de covid-19 e 349 mortes, segundo dados da Universidade Johns Hopkins – números relativamente baixos em comparação com alguns dos seus vizinhos europeus próximos.

A União Europeia (UE) concordou formalmente esta terça-feira com um conjunto de recomendações que permitirá que viajantes de fora do bloco visitem os países da UE meses depois de terem fechado as suas fronteiras externas como resposta à pandemia.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.