Mercês Borges votou o OE por Barreiras Duarte (e já carregou no botão “por vários outros colegas”)

Grupo Parlamentar do PSD / Facebook

A deputada do PSD Maria das Mercês Borges

A deputada do PSD Maria das Mercês Borges votou o Orçamento de Estado para 2019 por Feliciano Barreiras Duarte, deputado parlamentar dos sociais democratas e antigo secretário-geral do partido. 

O caso de “voto-fantasma”, que surgiu pouco depois das falsas presenças no Parlamento de José Silvano (PSD), é agora explicado o pelo Observador. De acordo com o jornal, Mercês Borges, que era a coordenadora pelo partido na Comissão do Trabalho e Segurança Social, presidida pelo próprio Feliciano, registou o colega às 18:31 de 30 de outubro, cinco horas depois de este ter saído do Parlamento devido a uma urgência hospitalar.

Entretanto e face às notícias que a implicam no falso registo de Barreiras -duarte, a deputada pediu esta quinta-feira a demissão de todos os cargos em que representava o grupo parlamentar.De acordo com uma nota de imprensa da bancada social-democrata, o líder parlamentar do PSD, Fernando Negrão, já aceitou este pedido de demissão.

“Perante as últimas noticias vindas a publico, a deputada do PSD Maria das Mercês Borges pediu hoje a demissão de todos os cargos em que representava o grupo parlamentar ao presidente do grupo parlamentar Fernando Negrão”, refere a nota.

A deputada Maria das Mercês Borges era presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito ao Pagamento de Rendas Excessivas aos Produtores de Eletricidade e coordenadora da bancada do PSD na Comissão do Trabalho.

Em declarações ao Observador, Maria das Mercês Borges admitiu que “é possível ter carregado no botão” no momento em que foi verificado o quórum para a votação do OE2019 na generalidade, levando o sistema a admitir de imediato a presença do deputado Barreiras Duarte no plenário quando este não estava presente.

Contudo, a deputada social-democrata garante não ter sido a responsável pelo login de Barreiras Duarte. “Não consigo precisar se o registei, se carreguei ou não carreguei. Sei que [Barreiras Duarte] saiu em pânico por causa do filho, totalmente desesperado, por isso posso ter carregado porque fazemos isso muitas vezes“, admitiu.

“Se quiserem pôr as imagens que mostram isso, coloquem, eu não vou dar uma conferência de imprensa como a outra deputada”, acrescentou ainda referindo-se a Emília Cerqueira que disse ter registado “inadvertidamente”, e por duas vezes, as presenças do deputado José Silvano na Assembleia da República.

Eleita pelo círculo de Setúbal, a deputada disse ao Observador que pode “ter carregado no botão porque a ideia que tinha era que Feliciano ia voltar. Não foi com nenhum instinto de maldade, não foi por vigarice“. “Que atire a primeira pedra quem não sabe que isto acontece”, notou, afirmando já ter carregado no botão por vários colegas.

“Isto não é só no PSD que acontece, é em todas as bancadas”, garantiu Mercês Borges.

Fonte autorizada por Feliciano Barreiras Duarte, esclareceu ao jornal que o deputado não pediu a ninguém que votasse por si. “Não teve qualquer vantagem pecuniária ou política por se ter ausentado, o seu voto ou ausência dele era irrelevante para o resultado final da votação, dado que havia disciplina de voto e o PSD votava em bloco. E [Barreiras Duartte] já se dirigiu aos serviços do Parlamento pedindo para marcarem falta à votação e justificando as razões da ausência.”

A fonte que, segundo o jornal, é um amigo assessor que ajuda o deputado em momentos de crise, acrescentou ainda que Barreiras Duarte não tem mais nada a dizer sobre o assunto do que aquilo que já disse. “[O Feliciano] esteve no Parlamento toda a manhã, teve que se ausentar por um motivo familiar premente (é do conhecimento geral a situação que tem vivido relativa a problemas de saúde de um filho, sobre a qual não quer alongar-se e pede respeito)”, rematou.

Barreiras Duarte este presente na AR desde o início da sessão parlamentar, que se iniciou pelas 10 horas, tendo-se ausentado pouco depois das 13 horas.

ZAP //

PARTILHAR

15 COMENTÁRIOS

    • É verdade! Sempre a endireitar as contas públicas que o PS deixa no buraco de cada vez que sai do governo. Já por 3 vezes o seu querido PS nos levou para o FMI. Quando é que isso acabará?

      • Pois é, está-se a esquecer que a segunda vez que o FMI entrou em Portugal foi após mais de três anos de governos de direita que incluiram Sá Carneiro, Freitas do Amaral, Pinto Balsemão e até aquela pessoa que raramente se engana esteve algures nesses (des)governos como ministro das finanças. E o pais de rastos
        E foi o Mário Soares que quando formou governo em 1983 teve que dar a cara pelo empréstimo do FMI
        Isto são factos que fazem parte da história

  1. Infelizmente de há uns tempos para cá, o PSD anda a trabalharpara o PS e seus acólitos. Uma vergonha para os verdadeiros seguidres de Sá Carneiro.

  2. Será um problema partidário e é só o PSD?
    Vou esperar para ver a novela até ao fim.
    Acredito que o problema é mais grave do que um problema partidário.
    Acredito que é uma prática comum na assembleia da republica desde sempre e não há 1 deputado que não conheça esta prática incluindo o Sr. Presidente da Assembleia da republica que já foi deputado também.
    Todas as pessoas ficaram chocadas com uma celebre frase da deputada que falava de virgens e acusou todos os deputados de fazer o mesmo que ela fez.
    Alguém se indignou e processou a Srª deputada? ou ficaram todos calados acatando a acusação.
    Até hoje ninguém tinha denunciado porque não o poderiam fazer, seria a maior vergonha parlamentar.
    Esta é uma situação em que o PSD já nada têm a perder e irá com toda a certeza desmascarar toda a verdade, para que o povo não pense que isto é um problema apenas do PSD.
    O PR já deveria ter intervido, só ele pode fazer alguma coisa, incluído dissolver a assembleia da republica.
    Os actos praticados não necessitam de investigação ou inquéritos a sua confissão foi publica.

  3. A falta de respeito que existe pelas Instituiçoes Democráticas, como é o Parlamento da Républica, só nos faz perguntar e duvidar da verdadeira missão, dos que se dizem defensores da causa democrática. O que terão feito estes senhores e senhoras desde que ocupam aqueles lugares…

  4. Esta canalha diz que não é possível controlar as viagens que nem se sabe se são feitas ou não são feitas. Mas os mamões recebem sempre. Quem é culpado de não haver controle nesse casarão com 230 mamões? Sempre assim foi desde 1974. Os que eles precisam é de vergonha na cara e de respeito por quem está esmifrado com impostos para os sustentar!

  5. quero lá saber de partidos, se é o X/Y/ou Z são as pessoas que estão lá não têm respeito por nós Zé povinho, não têm ética profissional, são uns cinicos só pensam na barriga deles, e ainda por cima arrogantes,( não tenho que justificar nada, não me lembro, não sei) tou farto de nada acontecer.

  6. Por isso o PSD e o PS(sem D) ganham sempre eleições quantos mortos não votarão neles nos dias das eleições, neste país? por isso o voto é sempre em papel.

  7. Deve gostar de “brincar” com as password dos outros. Fui funcionário público e o que aconteceria era ser despedido com um processo disciplinar.

Viagens ao Espaço têm um novo perigo desconhecido para os astronautas

Há um perigo inerente às longas viagens espaciais dos astronautas desconhecido até aos dias de hoje. Um novo estudo aponta que os cosmonautas podem ver o seu fluxo sanguíneo revertido na parte superior do corpo. A …

Macrocilix maia, a misteriosa traça que tem moscas a comer fezes nas suas asas

Macrocilix maia é uma espécie de traça que se destaca pela forma como se camufla dos seus predadores. Nas suas asas vê-se duas moscas a comer excrementos de pássaro. A natureza nunca falha em surpreender-nos e …

Há provas que ligam misteriosa doença que paralisa crianças a vírus raro

Pela primeira vez, foram encontradas provas da associação do Enterovírus D68, um vírus raro até há algum tempo, à Mielite Flácida Aguda, uma doença semelhante à poliomielite que tem afectado centenas de crianças, provocando a …

Antigos egípcios podem ter encurralado milhões de pássaros só para os mumificar

Novas evidências de ADN sugerem que os antigos Egípcios capturavam pássaros selvagens para sacrifícios ritualísticos (e para os poderem mumificar depois). As catacumbas egípcias contêm milhares de pássaros mumificados, especificamente íbis-sagrados (Threskiornis aethiopicus), empilhados uns sobre …

Estudo mostra que sondagens tendenciosas enviesam eleições políticas

Através de experiências práticas, uma investigação recente sugere que as sondagens tendenciosas podem influenciar e enviesar as eleições políticas, até mesmo nas grandes democracias. Enquanto uma eleição se aproxima no Reino Unido e uma votação presidencial …

A Rússia criou a arma mais mortífera da história. Foi há 72 anos

Comummente conhecida por AK-47, a espingarda Kalashnikov foi responsável por milhões de mortes durante a nossa História, sendo uma das armas mais populares do mundo e a mais fabricada pela indústria de armamento. Segundo o The Conversation, …

Luxemburgo 0-2 Portugal | Campeão marca presença no Euro

Portugal venceu o Luxemburgo por 2-0 e apurou-se para a fase final do Euro2020 – a 11ª presença consecutiva da turma das “quinas” em fases finais de grandes competições. Num encontro mal jogado, em parte pelas …

Hologramas e outras tecnologias podem ajudar a combater incêndios florestais

Portugal continua a ser assombrado pela destruição sem precedentes dos incêndios florestais. Agora é a hora de aproveitar as nossas ferramentas tecnológicas e encontrar maneiras inovadoras de ajudar a aliviar o problema e também evitar …

Pombos estão a perder dedos ou patas por causa da poluição

Basta passar algum tempo na praça de uma cidade para ver que alguns pombos têm patas feridas ou dedos em falta. Embora possamos pensar que isto é causado por algum vírus ou pelos eventuais desentendimentos …

Descoberto no Japão fóssil de pássaro com 120 milhões de anos

O fóssil de um pássaro do Cretáceo recentemente descoberto no Japão pode levar os cientistas a repensarem alguns detalhes sobre a evolução do voo. Há cerca de 120 milhões de anos, um pássaro com o tamanho …