No meio da pandemia, há uma comunidade de vítimas “esquecidas”

A pandemia de covid-19 está a correr o mundo desde dezembro de 2019, mas há uma comunidade que está a ser esquecida. Entre sinais diferentes, terminologia médica nova e a falta de intérpretes, a comunidade surda sente-se isolada.

Nanette Harmon diretora do programa de American Sign Language (ASL) e Estudos para Surdos da Universidade de Niagara, é uma em 48 milhões de pessoas surdas ou com deficiências auditivas na América e em 466 milhões de pessoas globalmente.

À medida que o mundo enfrenta uma crise de saúde pública histórica que já matou mais de 40 mil vidas norte-americanas, os especialistas temem que a comunidade surda enfrente barreiras de comunicação, tornando ainda mais difícil a sua navegação pela pandemia.

De acordo com o Ozy, devido à nova terminologia médica em torno do novo coronavírus, as legendas na televisão podem ser imprecisas. As notícias locais são legendadas ao vivo apenas nos 25 principais mercados, segundo Howard Rosenblum, CEO da Associação Nacional de Surdos, deixando os restantes com legendas imprecisas.

Isto coloca a comunidade em risco de ser mal orientada e deixa-a sem acesso a notícias locais sensíveis.

Aliás, de acordo com um artigo publicado recentemente na revista científica Nature, existem pelo menos 15 sinais diferentes a ser usados em todo o mundo para designar “coronavírus”, aumentando a confusão.

Craig Radford, diretor do Connect Direct no Serviço de Comunicação para Surdos, disse que vários pedidos inundaram a sua linha direta de coronavírus, desde perguntas gerais sobre sintomas e diretrizes locais até pedidos de subsídio de desemprego.

Para a maioria das pessoas surdas que usam serviços de linha direta de coronavírus fornecidos em ASL, o inglês é a sua segunda língua. Muitos membros na comunidade têm baixos níveis de leitura em inglês – o equivalente ao 4.º ano.

Assim, mesmo que as legendas da televisão sejam aprimoradas, isso não será suficiente. Embora todos os estados norte-americanos tenham incluído recentemente um intérprete, não são totalmente acessíveis. É o caso do intérprete do estado de Nova Iorque, que só tem sido visto nas transmissões online, deixando para trás aqueles não veem as conferências de imprensa pela Internet.

Rosenblum insiste na necessidade de garantir que informações precisas sejam totalmente acessíveis à comunidade através de intérpretes certificados, sempre presentes em conferências de imprensa e briefings importantes.

Diante de uma crise de proporções globais, sinais internacionais comuns são importantes. A Federação Mundial dos Surdos pediu à Organização Mundial da Saúde (OMS) o uso de sinais internacionais para as informações de saúde pública sobre a atual crise. Porém, a OMS ainda não anunciou um sinal global para a pandemia.

Atrasos e barreiras

Johannes Fellinger, especialista no Hospital St. John of God, na Áustria, afirmou que a comunicação individualizada também é crítica, especialmente quando se trata de serviços de saúde e durante consultas médicas e emergências médicas. Normalmente, a comunidade surda sofre um atraso significativo ou uma falta de serviços de interpretação para perceber conversas médicas sensíveis.

Radford denunciou mesmo que alguns dos seus amigos surdos com emergências relacionadas com o novo coronavírus foram classificados como “não-prioritários” e colocados em salas de espera enquanto a equipa esperava por intérpretes.

E, mesmo quando há intérpretes, comunicar usando máscaras não é ideal, uma vez que muitas pessoas surdas seguem o movimento dos lábios e das expressões faciais para entender o que se está a dizer.

As barreiras de comunicação amplificam emergências globais de saúde para a comunidade surda. Se o vírus não discrimina as pessoas, o mundo também o deveria fazer.

Maria Campos MC, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Astrónomos detetam ponte azul de estrelas (e está prestes a explodir)

Uma equipa de astrónomos descobriu uma nova região na Via Láctea repleta de estrelas azuis brilhantes e escaldantes que estão prestes a explodir. A equipa de cientistas estava a criar o mapa mais detalhado dos braços …

Não são só os humanos. Até os cães-guia podem vir a ser substituídos por robôs

A tecnologia de Inteligência Artificial (IA) não ameaça apenas automatizar o trabalho dos humanos. Os cães-guia, que ajudam pessoas com deficiência visual a navegar com segurança pelo mundo, podem ser os seus próximos alvos. Uma equipa …

Laboratório investigado em Madrid depois de vídeo mostrar maus tratos a animais

Um laboratório em Madrid, Espanha, está a ser investigado por alegados maus tratos a animais, depois de uma inspeção confirmar as suspeitas de abuso filmadas por um antigo funcionário. O vídeo divulgado pela Cruelty Free International …

Equipa realiza primeiro transplante de traqueia do mundo. Pode reverter danos causados pela covid-19

Uma equipa de cirurgiões realizou o primeiro transplante de traqueia humana do mundo. A cirurgia foi feita numa mulher com graves danos no órgão, revelou o Hospital Mount Sinai, em Nova Iorque. A recetora do transplante …

Em 2020, os mais velhos renderam-se aos "animais de estimação pandémicos"

Uma nova investigação revelou que as famílias com crianças não foram as únicas a aderir à tendência dos "animais de estimação pandémicos" em 2020. Os mais velhos também não resistiram. Segundo a National Poll on Healthy …

Tramado por uma turfeira. Homem confessa assassinato, mas corpo encontrado tinha 1600 anos

O que tinha tudo para ser um casamento feliz, acabou em tragédia. Num estranho caso em que uma simples planta ditou o desfecho de uma investigação criminal. Em 1959, a retratista e entusiasta de viagens Malika …

"Projeto Bernanke". Google terá usado programa secreto para dar vantagem ao seu sistema de anúncios

A Google terá usado durante anos um programa secreto que usava dados de lances anteriores na bolsa de publicidade digital da empresa para dar ao seu próprio sistema de compra de anúncios uma vantagem sobre …

Para "proteger a verdade histórica", Rússia divulga documentos que revelam atrocidades nazis em Stalingrado

O Ministério da Defesa da Rússia divulgou documentos desclassificados que detalham atrocidades cometidas por soldados e oficiais nazis durante a II Guerra Mundial. A divulgação destes documentos, que foram publicados no site do Ministério da Defesa …

Espanha. Funcionários públicos podem trabalhar três dias em casa sem perder direitos

O Governo espanhol e os sindicatos de funcionalismo público chegaram, esta segunda-feira, a um acordo que prevê que os trabalhadores da Administração Pública podem trabalhar três dias por semana em casa com os mesmos direitos …

Rara coleção de um dos primeiros fotógrafos da História vai a leilão nos EUA

Quase 200 imagens de um dos primeiros fotógrafos da história, William Henry Fox Talbot, vão a leilão, em Nova Iorque, já este mês. A coleção de William Henry Fox Talbot será parte do leilão "50 obras-primas …