No meio da pandemia, há uma comunidade de vítimas “esquecidas”

A pandemia de covid-19 está a correr o mundo desde dezembro de 2019, mas há uma comunidade que está a ser esquecida. Entre sinais diferentes, terminologia médica nova e a falta de intérpretes, a comunidade surda sente-se isolada.

Nanette Harmon diretora do programa de American Sign Language (ASL) e Estudos para Surdos da Universidade de Niagara, é uma em 48 milhões de pessoas surdas ou com deficiências auditivas na América e em 466 milhões de pessoas globalmente.

À medida que o mundo enfrenta uma crise de saúde pública histórica que já matou mais de 40 mil vidas norte-americanas, os especialistas temem que a comunidade surda enfrente barreiras de comunicação, tornando ainda mais difícil a sua navegação pela pandemia.

De acordo com o Ozy, devido à nova terminologia médica em torno do novo coronavírus, as legendas na televisão podem ser imprecisas. As notícias locais são legendadas ao vivo apenas nos 25 principais mercados, segundo Howard Rosenblum, CEO da Associação Nacional de Surdos, deixando os restantes com legendas imprecisas.

Isto coloca a comunidade em risco de ser mal orientada e deixa-a sem acesso a notícias locais sensíveis.

Aliás, de acordo com um artigo publicado recentemente na revista científica Nature, existem pelo menos 15 sinais diferentes a ser usados em todo o mundo para designar “coronavírus”, aumentando a confusão.

Craig Radford, diretor do Connect Direct no Serviço de Comunicação para Surdos, disse que vários pedidos inundaram a sua linha direta de coronavírus, desde perguntas gerais sobre sintomas e diretrizes locais até pedidos de subsídio de desemprego.

Para a maioria das pessoas surdas que usam serviços de linha direta de coronavírus fornecidos em ASL, o inglês é a sua segunda língua. Muitos membros na comunidade têm baixos níveis de leitura em inglês – o equivalente ao 4.º ano.

Assim, mesmo que as legendas da televisão sejam aprimoradas, isso não será suficiente. Embora todos os estados norte-americanos tenham incluído recentemente um intérprete, não são totalmente acessíveis. É o caso do intérprete do estado de Nova Iorque, que só tem sido visto nas transmissões online, deixando para trás aqueles não veem as conferências de imprensa pela Internet.

Rosenblum insiste na necessidade de garantir que informações precisas sejam totalmente acessíveis à comunidade através de intérpretes certificados, sempre presentes em conferências de imprensa e briefings importantes.

Diante de uma crise de proporções globais, sinais internacionais comuns são importantes. A Federação Mundial dos Surdos pediu à Organização Mundial da Saúde (OMS) o uso de sinais internacionais para as informações de saúde pública sobre a atual crise. Porém, a OMS ainda não anunciou um sinal global para a pandemia.

Atrasos e barreiras

Johannes Fellinger, especialista no Hospital St. John of God, na Áustria, afirmou que a comunicação individualizada também é crítica, especialmente quando se trata de serviços de saúde e durante consultas médicas e emergências médicas. Normalmente, a comunidade surda sofre um atraso significativo ou uma falta de serviços de interpretação para perceber conversas médicas sensíveis.

Radford denunciou mesmo que alguns dos seus amigos surdos com emergências relacionadas com o novo coronavírus foram classificados como “não-prioritários” e colocados em salas de espera enquanto a equipa esperava por intérpretes.

E, mesmo quando há intérpretes, comunicar usando máscaras não é ideal, uma vez que muitas pessoas surdas seguem o movimento dos lábios e das expressões faciais para entender o que se está a dizer.

As barreiras de comunicação amplificam emergências globais de saúde para a comunidade surda. Se o vírus não discrimina as pessoas, o mundo também o deveria fazer.

MC, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Rara cobra de duas cabeças e dois cérebros independentes encontrada na Florida

Uma rara cobra com duas cabeças e dois cérebros independentes foi resgatada no estado norte-americano da Florida por uma equipa de especialistas do organização Florida Fish and Wildlife Conservation Commission. Na rede social Facebook, a organização, …

Benfica 2-0 Belenenses SAD | Darwinismo rende arranque histórico

O Benfica cumpriu e venceu o Belenenses SAD por 2-0, no Estádio da Luz, na partida que encerrou a quinta jornada da Liga NOS. Foi o quinto triunfo benfiquista no campeonato em cinco partidas, o …

Uma tarefa doméstica está a poluir sorrateiramente o ambiente

O que vestimos e como lavamos as nossas roupas influencia o número de microfibras sintéticas que libertamos no meio ambiente. Há uma tarefa doméstica a poluir sorrateiramente o ambiente. Um novo artigo científico, publicado na PLOS …

A companhia aérea que faliu devido à covid-19 está de volta

A pandemia de covid-19 foi traiçoeira para muitas empresas. A Flybe, uma das primeiras vítimas, está agora a ressuscitar - e pode voltar a rasgar os céus já no próximo ano. A economia mundial foi muito …

Dormir bem antes de tomar a vacina da gripe pode ajudar a aumentar a sua eficácia

Segundo os especialistas, uma boa noite de sono pode mesmo ajudar a aumentar a eficácia da vacina da gripe, que neste ano ganha particular relevância em plena pandemia de covid-19. De acordo com Matthew Walker, autor …

Há um petroleiro abandonado há mais de uma década nas Caraíbas (e é uma "bomba-relógio")

Um navio de armazenamento de petróleo venezuelano está ancorado no Golfo de Paria, um trecho de mar fechado entre a Venezuela e a ilha de Trinidad, há mais de uma década. Antes de os Estados Unidos …

Portugal deve bater recorde de doentes em cuidados intensivos ainda esta semana

Portugal deverá ultrapassar, esta quarta-feira, o recorde de doentes em unidades de cuidados intensivos, alertou a ministra da Saúde, Marta Temido, em conferência de imprensa sobre a capacidade do Serviço Nacional de Saúde para combater …

A Budapest Eye foi restaurante por um dia (e com estrela Michelin)

Um restaurante com estrela Michelin em Budapeste, na Hungria, ofereceu aos clientes uma experiência gastronómica na famosa roda gigante Budapest Eye. Atraiçoado pela queda de faturação após o desaparecimento de turistas estrangeiros, o restaurante Costes, premiado …

Antigo ministro da Saúde Leal da Costa admite novo estado de emergência

O antigo ministro da Saúde Fernando Leal da Costa defendeu hoje que em algum momento deve ser decretado de novo o estado de emergência, para que o Governo possa tomar medidas na luta contra a …

Marcelo promulga uso obrigatório de máscara na rua por 70 dias

O Presidente da República promulgou esta segunda-feira o decreto da Assembleia da República que determina o uso obrigatório de máscara na rua, por um período de 70 dias, sempre que não seja possível cumprir o …