T2 de 150 a 600 euros. Medina promete rendas a metade do que definiu o Governo

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, vai apresentar um programa de rendas acessíveis com valores que são quase a metade dos que foram definidos pelo Governo no âmbito do Programa de Arrendamento Acessível (PAA).

Segundo escreve o jornal Público, que avança com a notícia esta quarta-feira, Medina quer ir mais além no que respeita às rendas acessíveis em Lisboa. O Programa de Renda Acessível (PRA) anunciado pelo município, que será apresentado esta quarta-feira, corta significativamente os preços máximos dos imóveis na capital.

O programa do Executivo (PAA), recorde-se, entrou em vigor há dois dias.

De acordo com o PRA do autarca, o programa que prevê a disponibilização de pelo menos seis mil casas, um T0 custará entre 150 e 400 euros, um T1 entre 150 e 500, um T2 entre 150 e 600 e os T3, T4 e T5 custarão entre 200 e 800 euros.

No caso da tipologia T2, o valor de 600 euros é quase metade do valor estabelecido como teto máximo (1150 euros) pelo Governo no seu plano. O preço máximo de renda no PAA pode variar entre 200 euros para tipologia T0 e 1.700 euros para T5.

O programa de Medina define ainda que a renda a pagar pela casa não deve representar um peso superior a 30% dos rendimentos disponíveis depois dos descontos. Esta percentagem diminui também de acordo com o número de filhos, descendo dois pontos percentuais por cada dependente do agregado familiar.

Outra das diferenças dos dois planos está relacionada com os donos dos imóveis. No PAA, o Governo concede benefícios fiscais aos senhorios que estejam dispostos a cobrar rendas 20% abaixo dos valores atuais do mercado. Por sua vez, o PRA opta por outro modelo: a câmara, através de construção própria ou em parceria com empresas privadas, coloca as casas para arrendamento, ficando a gestão das casas a cargo do município.

Na realidade, o plano de Medina não é novo. Na verdade, recorda o Público, o PRA foi anunciado já há quatros anos, mas nunca tinha ainda sido oficializado.

Segundo o diário, o Tribunal de Contas chumbou a primeira operação, na Rua de São Lázaro, por considerar que se tratava de uma parceria público-privada sem que isso fosse assumido formalmente pela autarquia. Numa nota enviada às redações sobre a apresentação do regulamento, explica o jornal, a câmara de Lisboa diz que decidiu investir mais na construção própria, garantindo que haverá casas do PRA entregues ainda este ano.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Este Medina anda sempre a prometer mas até agora não se viu nada. A não ser aquela história que nunca se percebeu muito bem da compra e venda do seu imóvel.

RESPONDER

Há uma nova denúncia contra Harvey Weinstein

O produtor de cinema Harvey Weinstein, que enfrenta dois processos por agressão sexual em Nova Iorque, terá uma nova audiência na próxima segunda-feira para ser informado de uma nova denúncia apresentada, informou na quinta-feira o …

Venezuela. Maduro ordena construção de novo satélite de telecomunicações

Nicolás Maduro anunciou que a Venezuela vai ter um novo satélite de telecomunicações, que vão ser feitos investimentos para ativar as redes 4G e 5G nas operadoras estatais e para levar fibra ótica aos venezuelanos. "Ordeno …

Departamento de Justiça dos EUA enviou email com link para site supremacista e antissemita

Uma divisão do Departamento de Justiça norte-americano enviou um email para juízes de imigração com um link para um blogue supremacista branco, repleto de referências antissemitas. A mensagem, enviada pelo gabinete executivo de avaliação de imigração …

Indonésia tenta parar violência na Papua com envio de tropas e corte da Internet

O corte do acesso à Internet na Papua e territórios adjacentes e o envio de pouco mais de um milhar de efetivos do exército são a resposta do Governo indonésio à onda de distúrbios que …

Itália tem até terça-feira para formar novo Governo

O Presidente de Itália disse esta quinta-feira, após consultas com os partidos, que há uma maioria parlamentar disposta a formar um novo Governo, pelo que vai permitir estas negociações e convocará novamente os partidos na …

Câmara de Cascais paga multa de 200 mil euros por construção ilegal na praia

A Câmara Municipal de Cascais foi condenada a pagar 200 mil euros pela construção ilegal de um acesso em betão à praia do Abano. A construção que data a 17 de junho de 2009 foi conduzida …

Ocean Viking vai desembarcar em Malta. Reservas de mantimentos estão a chegar ao fim

As reservas de mantimentos para os 356 ocupantes do navio Ocean Viking só são suficientes para quatro dias, alertou esta sexta-feira a organização Médicos Sem Fronteiras frisando que o navio está há 19 dias no …

"Não se cumpre a lei". Veterinários acusam autoridades de não recolherem animais abandonados

O bastonário da Ordem dos Médicos Veterinários, Jorge Cid, acusou ontem as autoridades de não estarem a cumprir a lei que obriga a recolher os animais abandonados. Em setembro de 2018, passou a ser aplicada no …

"A Leonor é transexual. Ela existe. É a minha filha." Pais ao lado do Governo e contra a direita

A polémica em torno da Lei de Identidade de Género continua, com as críticas da Direita e com uma petição contra a legislação que já vai em mais de 27 mil assinaturas. Associações de pais …

Médicos de fertilidade usaram o seu próprio esperma em centenas de pacientes

Uma longa reportagem do The New York Times dá conta de vários casos de mulheres que recorreram a médicos especialistas em fertilidade à procura de esperma anónimo e acabaram por receber o esperma do próprio …