Médicos russos infetados serão indemnizados. Mas só depois de averiguada a sua “percentagem de culpa”

Alejandro Garcia / EPA

As autoridades de São Petersburgo, na Rússia, comprometeram-se a pagar uma indemnização aos médicos infetados com o coronavírus, mas somente após verificarem o nível de responsabilidade na infeção.

De acordo com o Moscow Times, as autoridades comprometeram-se a um pagamento de riscos que varia de 300 mil rublos (cerca de 3.650 euros) e um milhão de rublos (aproximadamente 11.620 euros), dependendo da gravidade da infeção, aos médicos que lutam contra a Covid-19.

Contudo, segundo informou um decreto do departamento de Saúde de São Petersburgo, datado de 27 de abril, esses valores só serão pagos depois que uma comissão fizer uma investigação de cinco dias para determinar o grau de responsabilidade dos médicos no contágio por Covid-19.

A comissão é obrigada a determinar “a culpa do trabalhador médico (percentagem) e a sua justificação” antes de decidir este deve receber a remuneração. Os fatores que influenciam o percentual de culpa incluem violações dos medidas sanitárias, condições insalubres de trabalho, falta de ventilação adequada ou de equipamento de proteção.

Ao contrário de Moscovo, onde as mortes por Covid-19 são registadas independentemente das doenças associadas, as estatísticas oficiais de São Petersburgo apenas contam a Covid-19 como causa de morte se o paciente não tiver outras doenças, informou na sexta-feira o site de notícias Fontanka.ru.

“O mesmo método será aplicado aos médicos”, indicou um representante da administração de São Petersburgo, que falou em anonimato, referindo-se ao programa de compensação.

Cerca de 250 médicos, paramédicos e enfermeiros de São Petersburgo contraíram a Covid-19 – metade dos quais são em contexto de trabalho – e oito morreram. Um registo não oficial criado por colegas lista aponta para 11 médicos mortos após contrair a doença.

São Petersburgo já registou 5.346 casos de coronavírus desde o início do surto.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. A responsabilidade deles, a primeira serem profissionais de saúde e terem que cumprir o seu dever profissional, a segunda, provavelmente as enormes faltas de meios e qualidade dos serviços com que se debatem e que certamente a culpa não será deles. Leis de um país totalitário!

RESPONDER

A economia é a vítima colateral da estratégia singular da Suécia

A Suécia deixou nas mãos dos cidadãos a responsabilidade pela sua saúde e a abordagem relaxada do país em relação à pandemia de covid-19 trouxe resultados negativos. O Governo sueco não impôs um confinamento à população …

Polícia de Hong Kong detém 180 manifestantes. E elogia lei da segurança nacional

A polícia de Hong Kong elogiou a lei da segurança nacional chinesa, horas depois de ter detido pelo menos 180 manifestantes que protestaram, este domingo, contra a legislação anunciada por Pequim. O comissário da polícia, Tang Ping-keung, …

Pinto da Costa recandidata-se a "pensar nas dificuldades do presente"

Pinto da Costa admitiu, este domingo, no lançamento do site oficial da recandidatura à presidência do FC Porto, que vai a eleições "a pensar nas dificuldades tremendas do presente". No site oficial da sua candidatura, Pinto …

Abraços e apertos de mão. Bolsonaro junta-se a manifestação sem distanciamento social

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, participou, este domingo, em mais uma manifestação sem respeitar as regras de distanciamento social. A manifestação decorrer na Praça dos Três Poderes, em Brasília. De acordo com o jornal Público, …

"Relativamente rápido". Centeno acredita que países europeus vão recuperar da crise até ao fim de 2022

O ministro das Finanças português e presidente do Eurogrupo, Mário Centeno, acredita que a União Europeia vai conseguir ultrapassar a crise económica provocada pela pandemia de covid-19 de forma "relativamente rápida". Em entrevista ao jornal alemão …

Florentino congelado e Jota (e mais dois) na porta de saída. Mercado já mexe na Luz

Apesar da pandemia, que paralisou quase todas as competições europeias e que deverá atrasar a janela de transferência no futebol, o mercado já mexe na Luz. A imprensa desportiva dá conta nesta segunda-feira que Florentino …

Cova da Piedade abandona direção da Liga e convida Proença a demitir-se

O Cova da Piedade juntou-se ao Benfica na decisão de abandonar a direção da Liga de clubes e convidou Pedro Proença a demitir-se da presidência do organismo. Em comunicado, o Cova da Piedade justifica a decisão …

Milhares foram a banhos este domingo. Só nas praias da Caparica estiveram mais de 180 mil pessoas

As elevadas temperaturas que se fizeram sentir neste domingo levaram milhares de portugueses à praias. Só na Costa da Caparica, no concelho de Almada, mais de 180 mil pessoas foram a banhos. Entre as 9 e …

"Há outras prioridades". Ana Gomes está a refletir sem "pressa" sobre eventual candidatura a Belém

No espaço de comentário da SIC Notícias, a ex-eurodeputada Ana Gomes disse que ainda está a "refletir" sobre uma eventual candidatura à Presidência da República. Ana Gomes ainda não tomou uma decisão sobre uma possível candidatura …

Há quatro distritos sem meios aéreos de combate a incêndios. PSD denuncia "grave violação do planeamento"

O PSD denuncia a falta de, pelo menos, oito helicópteros ligeiros e de todas as aeronaves de coordenação previstas no Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais. Este domingo, o PSD questionou o Governo relativamente ao …