Temido diz que risco de o país não estar pronto para receber vacina é “zero”

António Pedro Santos / Lusa

A ministra da Saúde, Marta Temido

A ministra da Saúde garantiu, esta quarta-feira, que o risco de Portugal não estar preparado para vacinar contra a covid-19 quando a vacina for distribuída é “zero”, referindo que “há muito” que o país se está a preparar.

Numa conferência de imprensa que decorreu no Porto, esta tarde, e em resposta à pergunta sobre qual o risco que Portugal corre de haver uma vacina aprovada e o país não estar preparado para começar a vacinar, Marta Temido respondeu diretamente “zero” para depois recordar o histórico de contactos e decisões do Governo sobre esta matéria.

Há muito que Portugal se está a preparar para receber a vacina da covid-19. Desde meados do ano que a Comissão Europeia e a Agência Europeia do Medicamento pediu ao nosso país, como pediu aos outros, que indicássemos um representante que depois começou a trabalhar com uma equipa que tem estado a trabalhar (…) no processo de aquisição de vacinas para cada Estado-membro”, disse Marta Temido.

A governante recordou o anúncio do primeiro-ministro, António Costa, feito no Hospital de Vila Nova de Gaia, a 20 de agosto, de que Portugal tinha autorizado a compra de 6,9 milhões de vacinas contra a covid-19, uma medida resultante de uma coordenação entre países da União Europeia e à qual o Estado alocará 20 milhões de euros, para sublinhar a ideia de que o país “está a trabalhar e preparado”.

“À decisão de autorização da despesa, os nossos técnicos têm vindo a trabalhar no sentido da identificação dos espaços, dos equipamentos necessários para acomodar o armazenamento de vacinas. E portanto, neste momento, aquilo que continuamos a fazer é garantir que estamos preparados para receber as várias tipologias de vacinas que poderão vir a entrar no mercado. Essa é a garantia que podemos deixar aos portugueses“, referiu a ministra.

Marta Temido disse ainda que “Portugal tem um histórico muito significativo em termos de campanhas de vacinação e plano nacional de vacinação”.

“Se calhar não discutimos algumas coisas que outros países discutiram. Se calhar nesses planos de países que já os têm disponíveis, está-se a discutir a gratuitidade da vacina. São aspetos da discussão que no nosso país não se colocaram”, referiu.

Esta semana, na conferência de imprensa sobre a evolução da pandemia em Portugal, a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, também afirmou que o plano de vacinação contra a covid-19 em Portugal está a ser preparado “há meses”.

A mesma responsável frisou que está a ser pensada toda a logística, nomeadamente transporte, rede de frio e de administração, planos de comunicação e informação, dependendo de onde vier a vacina.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Marta Temido, tenha atenção àquilo que diz.

    Sabe perfeitamente que vão* dar prioridade às forças de segurança, às autoridades de saúde, vão meter (no bolso) dois milhões de doses de uma vacina cuja qualidade não se pode atestar com confiança, e o resto, daqui a dois anos, vai ser distribuído pelo povo, enfim, pelas pessoas que estiverem vivas.
    A procissão ainda vai no adro, e esta tola pensa que, lá por haver produção, haverá exportação. É lamentável.

    Até lá, tome medidas adequadas para combater esta pandemia. Porque todas elas têm sido infrutíferas.

    (*Os autores da dita distribuição deste milagre chinês, brasileiro, norte-americano, francês…)

  2. Pois se houver falhas como sempre,eu vou como cidadão deste país,processar a ministra se falharem.Basta de assistir a promessas da treta por estes incompetentes.

  3. “… Esta semana, na conferência de imprensa sobre a evolução da pandemia em Portugal, a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, também afirmou que o plano de vacinação contra a covid-19 em Portugal está a ser preparado “há meses”. …
    que grande mentira.
    so esta semana é que foi nomeada a equipa para tratar das coisas.
    outros paises ja sabem como se vao organizar e dar as vacinas.
    a espanha ja tem esse estudo ha quase um mes (altura em que pediram para começarem a trabalhar e espanha começou logo
    se tudo correr bem, espanha no final do ano ou inicio de janeiro ja começa a vacinaçao.
    em portugal so agora é que criada a equipa e com certeza so para o ano é que temos o plano

  4. Quem parece correr um risco diminuído de não ser vacinado é o nosso 1º ministro António Costa, reparem que a seguir aos profissionais de saúde e lares o 1º grupo a ser vacinado é quem tem entre 50 e 59 anos com factores de risco.
    Perguntas e Respostas :
    a) Será que o António Costa tem 59 anos ? / Resposta – SIM
    b) Será que a exposição publica dos politico vai ser considerada um factor de risco ? / Resposta – SIM
    Sem mais comentários.

RESPONDER

Homicídio com 32 anos resolvido com a menor amostra de ADN de sempre

Um caso de homicídio ocorrido há 32 anos, que muitos consideraram impossível de ser resolvido, foi finalmente desvendado (e tudo graças à amostra de ADN mais pequena de sempre usada para decifrar um caso). De acordo …

Braços robóticos controlados remotamente podem vir a realizar cirurgias delicadas

Um equipa de investigadores está a trabalhar para eliminar movimentos rígidos nos braços robóticos, de modo a torná-los mais ágeis. O objetivo é que no futuro estes possam empilhar pratos ou até realizar cirurgias delicadas. Os …

Alemão foi forçado a remover estátua do pai por esta se parecer com Hitler

Um alemão foi obrigado a retirar uma figura de madeira de um cemitério, que seria para homenagear o seu falecido pai, por ter semelhanças com o antigo ditador nazi. As autoridades do município de Weil im …

Podcast evita morte de um condenado (seis vezes)

Curtis Flowers foi julgado seis vezes pelo mesmo promotor de justiça. Um programa de investigação mudou o seu destino. O promotor continua a acreditar que Curtis é culpado. A própria equipa responsável pelo 60 Minutes, programa …

EUA venderam álbum único dos Wu-Tang Clan (que pertencia a Martin Shkreli)

O álbum do grupo Wu-Tang Clan, confiscado em 2018 ao antigo gestor de fundos Martin Shkreli, também conhecido como "o empresário mais odiado do mundo", foi agora vendido pelo Governo norte-americano. Num comunicado divulgado esta terça-feira, …

Bezos ofereceu 1,7 mil milhões de euros à NASA para entrar na corrida da próxima viagem à Lua

O empresário norte-americano ofereceu 1,7 mil milhões de euros à NASA numa tentativa de reacender a batalha espacial entre a sua empresa, a Blue Origin, e a do "rival" Elon Musk, a SpaceX. De acordo com …

Clientes com certificado digital válido impedidos de entrar em restaurantes

Estão a ser reportados vários casos de clientes que, ao apresentarem o certificado digital para poderem entrar num restaurante, não conseguem fazê-lo porque o documento está a ser considerado inválido pelos dispositivos eletrónicos. Segundo a rádio …

Covid-19 trouxe "paranoia" ao mercado

Diretor do Norwich City, da Premier League, acha que os responsáveis por alguns clubes não sabem bem o que estão a fazer nos últimos tempos. O Norwich City iria jogar contra o Coventry City, num encontro …

Israel cria "task force" para reverter boicote da Ben & Jerry's na Cisjordânia

Israel criou uma task force para pressionar a empresa de gelados norte-americana Ben & Jerry's e a sua proprietária, Unilever, a reverterem a decisão de boicotar a ocupação israelita na Cisjordânia. "Precisamos de aproveitar os 18 …

Violência armada. 430 mortos na última semana nos EUA e 2021 pode ser dos piores anos de sempre

Só na semana passada registaram-se cerca de 430 mortos e mais de 1000 feridos associados a tiroteios, num ano que está a ser marcado pelo aumento da violência armada nos Estados Unidos. O ano passado foi …