Temido diz que risco de o país não estar pronto para receber vacina é “zero”

António Pedro Santos / Lusa

A ministra da Saúde, Marta Temido

A ministra da Saúde garantiu, esta quarta-feira, que o risco de Portugal não estar preparado para vacinar contra a covid-19 quando a vacina for distribuída é “zero”, referindo que “há muito” que o país se está a preparar.

Numa conferência de imprensa que decorreu no Porto, esta tarde, e em resposta à pergunta sobre qual o risco que Portugal corre de haver uma vacina aprovada e o país não estar preparado para começar a vacinar, Marta Temido respondeu diretamente “zero” para depois recordar o histórico de contactos e decisões do Governo sobre esta matéria.

Há muito que Portugal se está a preparar para receber a vacina da covid-19. Desde meados do ano que a Comissão Europeia e a Agência Europeia do Medicamento pediu ao nosso país, como pediu aos outros, que indicássemos um representante que depois começou a trabalhar com uma equipa que tem estado a trabalhar (…) no processo de aquisição de vacinas para cada Estado-membro”, disse Marta Temido.

A governante recordou o anúncio do primeiro-ministro, António Costa, feito no Hospital de Vila Nova de Gaia, a 20 de agosto, de que Portugal tinha autorizado a compra de 6,9 milhões de vacinas contra a covid-19, uma medida resultante de uma coordenação entre países da União Europeia e à qual o Estado alocará 20 milhões de euros, para sublinhar a ideia de que o país “está a trabalhar e preparado”.

“À decisão de autorização da despesa, os nossos técnicos têm vindo a trabalhar no sentido da identificação dos espaços, dos equipamentos necessários para acomodar o armazenamento de vacinas. E portanto, neste momento, aquilo que continuamos a fazer é garantir que estamos preparados para receber as várias tipologias de vacinas que poderão vir a entrar no mercado. Essa é a garantia que podemos deixar aos portugueses“, referiu a ministra.

Marta Temido disse ainda que “Portugal tem um histórico muito significativo em termos de campanhas de vacinação e plano nacional de vacinação”.

“Se calhar não discutimos algumas coisas que outros países discutiram. Se calhar nesses planos de países que já os têm disponíveis, está-se a discutir a gratuitidade da vacina. São aspetos da discussão que no nosso país não se colocaram”, referiu.

Esta semana, na conferência de imprensa sobre a evolução da pandemia em Portugal, a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, também afirmou que o plano de vacinação contra a covid-19 em Portugal está a ser preparado “há meses”.

A mesma responsável frisou que está a ser pensada toda a logística, nomeadamente transporte, rede de frio e de administração, planos de comunicação e informação, dependendo de onde vier a vacina.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Marta Temido, tenha atenção àquilo que diz.

    Sabe perfeitamente que vão* dar prioridade às forças de segurança, às autoridades de saúde, vão meter (no bolso) dois milhões de doses de uma vacina cuja qualidade não se pode atestar com confiança, e o resto, daqui a dois anos, vai ser distribuído pelo povo, enfim, pelas pessoas que estiverem vivas.
    A procissão ainda vai no adro, e esta tola pensa que, lá por haver produção, haverá exportação. É lamentável.

    Até lá, tome medidas adequadas para combater esta pandemia. Porque todas elas têm sido infrutíferas.

    (*Os autores da dita distribuição deste milagre chinês, brasileiro, norte-americano, francês…)

  2. Pois se houver falhas como sempre,eu vou como cidadão deste país,processar a ministra se falharem.Basta de assistir a promessas da treta por estes incompetentes.

  3. “… Esta semana, na conferência de imprensa sobre a evolução da pandemia em Portugal, a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, também afirmou que o plano de vacinação contra a covid-19 em Portugal está a ser preparado “há meses”. …
    que grande mentira.
    so esta semana é que foi nomeada a equipa para tratar das coisas.
    outros paises ja sabem como se vao organizar e dar as vacinas.
    a espanha ja tem esse estudo ha quase um mes (altura em que pediram para começarem a trabalhar e espanha começou logo
    se tudo correr bem, espanha no final do ano ou inicio de janeiro ja começa a vacinaçao.
    em portugal so agora é que criada a equipa e com certeza so para o ano é que temos o plano

  4. Quem parece correr um risco diminuído de não ser vacinado é o nosso 1º ministro António Costa, reparem que a seguir aos profissionais de saúde e lares o 1º grupo a ser vacinado é quem tem entre 50 e 59 anos com factores de risco.
    Perguntas e Respostas :
    a) Será que o António Costa tem 59 anos ? / Resposta – SIM
    b) Será que a exposição publica dos politico vai ser considerada um factor de risco ? / Resposta – SIM
    Sem mais comentários.

  5. Já receberam algumas vacinas, que não serão suficientes.

    Afinal, mandaram vir a cura, ou a espera – sinónimo de morte?

RESPONDER

FC Porto 1-0 Guimarães | Dragão já vê Sporting no horizonte

O Porto venceu no fecho da 28ª jornada da Liga NOS pela margem mínima, na recepção ao Vitória SC, e conseguiu o principal objectivo, que passava por somar os três pontos e reduzir para quatro …

Italiano faltou ao trabalho durante 15 anos, mas ganhou quase 600 mil euros

Um funcionário de um hospital no sul de Itália recebeu o salário durante 15 anos, apesar de nunca ter aparecido para trabalhar. De acordo com a polícia italiana, citada pela cadeia televisiva CNN, Salvatore Scumace está …

Google ficou sem o domínio na Argentina (e Nicolás achou que ia ser o novo dono)

Na última quarta-feira, um jovem argentino achou que ia ficar rico à custa da distração da Google no seu país. Acabou por não acontecer e tudo ficou resolvido. "Que pague a dívida externa", "que compre vacinas", …

Lola, a robô humanóide, dá "passos de bebé" (e equilibra-se com as mãos)

Uma equipa de cientistas está a ensinar a robô humanóide Lola a dar "passos de bebé", equilibrando-se com as suas mãos em vários pontos de contacto. Há muito tempo que os investigadores estudam a locomoção de …

Presidente da República veta decreto sobre inseminação post mortem

O Presidente da República vetou, esta quinta-feira, o decreto do Parlamento sobre inseminação post mortem, considerando que suscita dúvidas no plano do direito sucessório e questionando a sua aplicação retroativa. Na mensagem dirigida à Assembleia da …

Primeiro-ministro francês está a receber centenas de peças de lingerie no correio

O primeiro-ministro francês tem estado a receber roupa interior feminina na sua caixa de correio. Foi a forma encontrada pelas lojas de lingerie para protestarem contra as restrições da pandemia que as obrigam a estar …

Inteligência artificial "identifica" autores dos Manuscritos do Mar Morto

Investigadores da Universidade de Groningen, nos Países Baixos, recorreram à inteligência artificial para concluir que os Manuscritos do Mar Morto foram redigidos por vários escribas, o que abre uma "nova janela" para o estudo do …

Inteligência Artificial vai ajudar a identificar fontes de poluição no Bangladesh

A produção de tijolos é uma fonte de poluição que ameaça a saúde da população e do planeta, mas regular esta indústria pode ser uma tarefa difícil para as autoridades. Para resolver o problema, uma …

Portimonense 1-5 Benfica | "Águia" arrasa em solo algarvio

O Benfica regressou aos triunfos depois de ter vencido o Portimonense por 5-1, numa partida relativa à 28.ª jornada da Liga NOS, após o desaire registado na recepção ao Gil Vicente.  Porém, não foi um duelo …

Vigaristas burlaram mulher de 90 anos em 32 milhões de dólares

Uma mulher de Hong Kong, de 90 anos, foi defraudada em 32 milhões de dólares por burlões que se fizeram passar por agentes policiais chineses, via chamada telefónica. A Agence France-Presse (AFP) escreve que um jovem …