Vacinação contra covid-19 vai passar pelas farmácias. Plano está a ser preparado “há meses”

Tiago Petinga / Lusa

A diretora-geral da Saúde disse que o plano de vacinação contra a covid-19 em Portugal está a ser preparado “há meses”, sustentando que nenhuma das vacinas em estudo foi ainda aprovada pela Agência Europeia do Medicamento.

“Não há no mercado uma única vacina. Há várias vacinas e são todas diferentes, são feitas com tecnologia diferente. Essas indicações na Europa ainda não foram aprovadas pela Agência Europeia do Medicamento”, disse esta terça-feira Graça Freitas na conferência de imprensa de atualização de informação relativa à infeção pelo novo coronavírus.

Questionada pelos jornalistas sobre o processo logístico da vacina, Graça Freitas afirmou que o plano de vacinação contra a covid-19 tem vindo a ser feito ao longo destes meses desde que as vacinas começaram a ser fabricadas e testadas.

“O que está a ser feito, há muitos meses já, é o acompanhamento da situação a nível europeu. Portugal está nos mecanismos europeus para adquirir vacinas. Há contratos celebrados com quatro empresas e duas outras estão em vias de entrarem nesta ‘pool’ de fornecedores possíveis para vacinas”, sublinhou, vincando que a Autoridade Nacional do Medicamento (Infarmed) acompanha com a Agência Europeia do Medicamento todo o desenvolvimento, nomeadamente aparecimento, ensaios clínicos, estudos e indicações.

Graça Freitas afirmou que também a DGS e outras instituições do Ministério da Saúde “estão desde a primeira hora a ver esta evolução e a estudar aquilo que vai saindo”.

A mesma responsável frisou que está a ser pensada toda a logística, nomeadamente transporte, rede de frio e de administração, planos de comunicação e informação, dependendo de onde vier.

Vacinação vai passar pelas farmácias

“A vacina há de chegar de alguma forma e de acordo com as características da vacina haverá um ponto de chegada e pontos de distribuição secundários, ou seja, como para todas as outras vacinas e de acordo com um plano pré-estabelecido, as vacinas são enviadas para as farmácias de locais descentralizados do país”, disse.

Graça Freitas assegurou ainda que as questões do transporte das vacinas, armazenamento e distribuição estão a ser equacionadas.

Sobre a vacinação em relação aos grupos de risco, a diretora-geral da Saúde admitiu que essa questão está pendente da aprovação da Agência Europeia do Medicamento, frisando que há “vários graus de incerteza”, nomeadamente sobre a quem se destinam as vacinas, qual a eficácia e quantas doses vão ser necessárias.

Portugal contabiliza pelo menos 3.971 mortos associados à covid-19 em 264.802 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

O país está em estado de emergência desde 9 de novembro e até 8 de dezembro, período durante o qual há recolher obrigatório nos concelhos de risco de contágio mais elevado.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Ainda estou à espera da minha vacina da gripe 2020.
    Espera… afinal não vai haver suficiente para todos!
    Por isso o PR se antecipou. Não foi para dar o exemplo, foi para garantir que tinha para ele!
    Depois de tamanha incompetencia, a distribuição da nova vacina vai correr às mil maravilhas. Só pode!

RESPONDER

Nem com a maternidade o PS segura Coimbra. Sondagem dá vantagem ao PSD, numa corrida apertada

Na semana das autárquicas, uma sondagem aponta para que o PSD consiga roubar a Câmara de Coimbra ao PS, apesar da corrida estar apertada. A corrida autárquica em Coimbra tem sido uma das mais quentes da …

Após gestos obscenos, ministro da saúde brasileiro testa positivo à covid-19 em Nova Iorque

A participação da comitiva brasileira na Assembleia Geral das Nações Unidas, que decorre atualmente em Nova Iorque, esteve envolta em polémica desde o início. Primeiramente, Jair Bolsonaro, chefe de Estado brasileiro, afirmou que não iria …

FBI confirma que corpo encontrado é de Gabby Petito. Médico legista fala em homicídio

O FBI anunciou que o corpo encontrado no domingo, num parque natural de Wyoming, nos EUA, é de Gabrielle Petito, a jovem cujo desaparecimento cativou a atenção do mundo. A autópsia confirmou que os restos mortais …

Maioria dos candidatos para Porto e Lisboa admite criar zonas com menos carros nas cidades

Um inquérito da associação ambientalista Zero apurou as propostas dos candidatos às autarquias de Lisboa e Porto sobre a redução do uso de carros e os incentivos à mobilidade sustentável. No âmbito do dia Europeu sem …

Racismo: Alonso não se ajoelha. "É adulto e tomou a sua decisão"

Treinador do Chelsea comentou a decisão do espanhol, que deixou de se ajoelhar antes dos jogos do campeão europeu. Há alguns meses que, antes de cada jogo da Premier League, todos os jogadores e árbitros se …

V. Guimarães contrata dois jovens ao FC Porto por 15 milhões. Rui Pinto pede investigação

Os valores envolvidos nas transferências de Rafael Pereira e Francisco Ribeiro do FC Porto para o Vitória SC têm gerado polémica. Rui Pinto pede uma investigação. Rafael Pereira e Francisco Ribeiro são reforços do Vitória de …

Costa aventurou-se em terreno inimigo e deu o mote para as críticas aos comunistas

António Costa mandou algumas indiretas ao PCP, mas as principais críticas ao parceiro de 'geringonça' ficaram sob responsabilidade dos candidatos socialistas. Esta terça-feira, António Costa aventurou-se em terreno inimigo. No espírito de disputa com comunistas, o …

Revendedores de combustíveis ameaçam fechar bombas em protesto contra limites aos lucros

Os revendedores de combustíveis ameaçam "encerrar temporariamente os postos de abastecimento" como forma de protesto devido à nova lei, aprovada no Parlamento, que impõe limites às margens de lucro na comercialização de combustíveis. Após o alerta …

Libertação da sociedade antes das eleições não vai influenciar resultados autárquicos

Portugal está cada vez mais próximo de atingir os 85% de população vacinada, o que significa que a última fase do processo de desconfinamento está cada vez mais próxima. Mas poderá essa decisão ter alguma …

Aos 60 anos, vice-presidente do Suriname participou em jogo internacional (e distribuiu dinheiro no balneário)

Aos 60 anos, o vice-presidente do Suriname, Ronnie Brunswijk, jogou 54 minutos de uma partida internacional de clubes. No final, distribuiu dinheiro pelos jogadores no balneário. Ronnie Brunswijk, vice-presidente do Suriname, tem 60 anos e é …