Marcelo ficou preocupado com relatório das secretas (mas já não está)

Mário Cruz / Lusa

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

O Presidente da República confessou ter ficado com “uma preocupação legítima” com o relatório noticiado no sábado atribuído aos serviços de informações militares, mas que, depois das explicações, “deixou de ter razão de ser”.

“Aquilo que era uma preocupação legítima do Comandante Supremo das Forças Armadas deixou de ter razão de ser” depois de ter recebido as explicações do Estado-Maior-General das Forças Armadas e dos serviços de informações, afirmou Marcelo Rebelo de Sousa aos jornalistas, no final da Festa do Livro, no Palácio de Belém, em Lisboa.

Marcelo explicou porque foi comedido, no sábado, no Porto, quanto ao relatório que o semanário Expresso noticiou, atribuído aos serviços de informações militares, que era muito crítico quanto aos militares e ao ministro da Defesa Nacional, Azeredo Lopes.

No sábado, explicou, não se referiu a “uma matéria que não conhecia”, dando “a entender que o Presidente da República e Comandante Supremo das Forças Armadas não conhecia um relatório secreto de um serviço secreto, oficial, do Estado português sobre um tema desta relevância”.

Hoje, o Presidente tem a resposta para concluir que não há relatório oficial algum, “nem da parte do Estado-Maior-General das Forças Armadas, nem do SIS, nem do Serviço de Informações Estratégicas de Defesa”

O resto, as polémicas, as acusações são “um ruído e um afastamento do essencial“, disse Marcelo Rebelo de Sousa, que falou aos jornalistas depois de o ministro da Defesa ter falado de aproveitamento político.

O essencial, sublinhou o chefe de Estado, é a investigação do que aconteceu em junho, no paiol da base de Tancos, com o furto de material e que se investigue “o mais rapidamente possível” para se perceber o que acontece e apurar responsabilidades.

O semanário Expresso divulgou no sábado um relatório, que atribuiu aos serviços de informações militares, com cenários “muito prováveis” de roubo de armamento em Tancos e com duras críticas à atuação do ministro da Defesa Nacional, na sequência do caso conhecido em 29 de junho.

O ministro da Defesa admitiu hoje que o noticiado relatório dos serviços de informações militares sobre o furto de armamento da base de Tancos tenha sido fabricado e que possam existir “objetivos políticos” na sua divulgação.

“Hoje, sabemos que não há nenhum relatório que tenha sido produzido pelos serviços de informações, quaisquer que eles sejam. E é importante saber quem foi, com que motivação foi fabricado esse documento, falsamente atribuído aos serviços de informações”, afirmou à Lusa Azeredo Lopes.

O ministro considera “muito peculiar como é que o PSD parecia conhecer o documento falsamente apresentado como sendo das ‘secretas'” e não exclui que existam objetivos políticos na sua divulgação.

É importante saber de quem é a autoria do documento, com que intenção foi elaborado e com que objetivos, aparentemente políticos, foi divulgado como sendo das ‘secretas'”, afirmou o ministro, depois de ter sido criticado pelos líderes dos partidos da oposição, Pedro Passos Coelho, do PSD, e Assunção Cristas, do CDS-PP, durante o fim de semana.

Entretanto, o jornal Expresso, que este sábado divulgou a notícia original acerca do relatório, garante que “o documento existe e é verdadeiro”, e que a credibilidade do documento foi confirmada pelo jornal “junto de várias fontes.

As fontes humanas citadas pelo relatório, que contém informação de cariz militar e também ao nível da segurança interna, “são militares no ativo e também na reserva”.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Pela primeira vez, os norte-americanos querem mais imigração - e não menos

Pela primeira vez, os norte-americanos querem ver aumentar a imigração no seu país, escreve o Business Insider citando uma sondagem da Gallup. De acordo com os números apresentados pelo jornal norte-americano, 34% dos cidadãos dos …

Porto 5-0 Belenenses | Segunda parte demolidora no Dragão

O FC Porto respondeu de forma categórica à vitória do Benfica sobre o Boavista por 3-1 na noite de sábado. Na recepção ao Belenenses, os “azuis-e-brancos” golearam por expressivos 5-0, com quatro golos a serem apontados …

Foi exposto o primeiro núcleo exoplanetário. Pode pertencer a gigante gasoso "planeta falhado"

Astrónomos da Universidade de Warwick descobriram o núcleo sobrevivente de um gigante gasoso em órbita de uma estrela distante, oferecendo uma visão sem precedentes do interior de um planeta. O núcleo, que é do mesmo tamanho …

As águas profundas provocam terramotos e tsunamis (e já se sabe como)

Uma nova investigação vincula diretamente o ciclo da água na Terra com a produtividade magmática e a atividade sísmica. A água (H2O) e outros elementos voláteis (como o CO2 e o enxofre) que circulam nas profundezas …

Cidade japonesa acaba de proibir a utilização de telemóveis enquanto se caminha

A cidade japonesa de Yamato acaba de aprovar uma proposta de lei que proíbe as pessoas de utilizarem telemóveis enquanto caminham. A cidade, localizada num subúrbio de Tóquio, entende que os telemóveis são um risco …

MIT apagou base de dados popular que ensinou IA a ser racista e sexista

O Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos, viu-se obrigado apagar uma base de dados de treinamento de Inteligência Artifical (IA) depois de esta ensinar vários algoritmos a usar insultos racistas e sexistas. …

Escola Básica e fábrica de Paços de Ferreira encerradas, com nove casos positivos

A Escola Básica n.º 2 e a Fábrica de Lacados Abrelac, em Paços de Ferreira, Porto, foram encerradas após diagnosticados nove casos de covid-19 para “prevenção” e para “interromper as cadeias de transmissão”, disseram hoje …

Mais nove mortes e 328 casos confirmados em Portugal

Portugal regista hoje mais nove óbitos por covid-19, em relação a sábado, e mais 328 casos de infeção confirmados, dos quais 254 na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo os dados da Direção-Geral …

Cientistas criam miniatura de ondas de choque de supernovas (e quase desvendam um mistério)

Esta versão em miniatura das ondas de choque das supernovas pode ter ajudado os cientistas a chegar muito perto da resolução de um antigo mistério cósmico. Uma equipa de investigadores do Departamento de Energia do Centro …

Na Indonésia, são os recém-licenciados quem mais vai sofrer com o impacto económico da covid-19

A covid-19 continua a desacelerar a economia na Indonésia e pode causar graves impactos nos recém-licenciados que entram no mercado de trabalho pela primeira vez. Na Indonésia, o crescimento económico diminuiu para 2,97% durante o primeiro …