Costa pediu a Marcelo que incluísse confinamentos compulsivos no novo estado de emergência

Manuel de Almeida / Lusa

O confinamento compulsivo vai estar previsto no decreto de estado de emergência que vai entrar em vigor esta terça-feira. O pedido foi feito pelo primeiro-ministro António Costa ao Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa.

De acordo com o jornal Público, o primeiro-ministro António Costa terá pedido a Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República, para incluir no decreto de estado de emergência uma referência explícita à possibilidade de fazer confinamento compulsivo de uma pessoa sem necessitar de uma decisão de um juiz.

Segundo o matutino, Marcelo terá acedido ao pedido de Cpsta e incluiu na declaração de estado de emergência uma indicação expressa de que as autoridades de saúde têm poder para ordenar a alguém que seja isolado com base num teste positivo à covid-19.

Quando o Presidente fez os três primeiros estados de emergência, havia uma indicação expressa à possibilidade de confinamentos compulsivos, mas não estava claro no decreto de 5 de novembro em que se voltou a declarar o estado de emergência.

Agora, porém, no decreto de 19 de novembro, prevê-se, “na medida do estritamente necessário e de forma proporcional, o confinamento compulsivo em estabelecimento de saúde, no domicílio ou, não sendo aí possível, noutro local definido pelas autoridades competentes, de pessoas portadoras do vírus SARS-CoV-2, ou em vigilância ativa”.

Esta é uma questão delicada, uma vez que se trata de uma privação da liberdade que, em circunstâncias normais, só pode ser decidida por um juiz.

Isto tornou-se um problema mais premente quando foi conhecido um acórdão do Tribunal da Relação de Lisboa onde se dizia que uma autoridade de saúde não tem legitimidade legal para determinar o isolamento de ninguém.

O caso foi gerado por um pedido de habeas corpus de quatro turistas alemães que foram obrigados a ficar 20 dias em quarentena e isolamento, em hotéis dos Açores, no verão. O tribunal de Ponta Delgada deu razão aos alemães, considerando que a privação de liberdade foi ilegal porque não havia estado de emergência nem foi uma decisão tomada por um juiz.

Em agosto, o Tribunal Constitucional equiparou as quarentenas obrigatórias determinadas pelo Governo Regional dos Açores a prisões ilegais, considerando-as inconstitucionais.

O novo estado de emergência entra em vigor a partir de terça-feira. O primeiro-ministro anunciou que o país será dividido em quatro zonas de risco e haverá recolher obrigatório e restrições à circulação entre concelhos. Nas vésperas de feriados, as escolas serão fechadas e haverá tolerância de ponto.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Como já todos percebemos o estado de emergência e o confinamento servem para fins económicos. Para se tratar de qualquer vírus que seja é com medidas dirigidas à saúde e aos grupos de risco.

  2. em nome do vírus, uma a uma, vão-se as nossas liberdades, o nosso tecido social, a nossa economia. Espero que não seja tarde demais quando percebermos o que fizemos, se quisermos voltar atrás.

  3. Aí está a tendência ditatorial de Costa e Marcelo. Os mesmos que, vergonhosamente, aceitaram o insulto dos descontentes da restauração.
    Verdadeira democracia em Portugal é “Conversa da Treta”.

RESPONDER

Portugal vai comprar cerca de 38 milhões de vacinas, "muito mais" do que as necessárias

Em entrevista à agência Lusa, Marta Temido anunciou que Portugal vai comprar cerca de 38 milhões de vacinas contra a covid-19. Portugal vai comprar cerca de 38 milhões de vacinas contra a covid-19, “muito mais” do …

Governo ainda está a tempo de "reverter" venda de barragens da EDP

A coordenadora do Bloco de Esquerda disse este domingo que o Governo ainda está tempo de reverter o negócio das venda de seis transmontanas, que terá permitido à EDP poupar 110 milhões em imposto de …

Cientistas encontraram abelha australiana que não era vista há 98 anos

Uma espécie de abelha nativa das florestas tropicais do leste da Austrália foi encontrada pela primeira vez em 98 anos. De acordo com o site IFLScience, trata-se da espécie Pharohylaeus lactiferus, abelha nativa do leste da …

Marcelo destaca papel de profissionais de UCI. Costa agradece à Madeira e FPF

O Presidente da República destacou e agradeceu o papel dos profissionais de saúde que estão nos cuidados intensivos, pelo seu papel no combate à pandemia, que considerou uma "saga nacional". "Eu queria, em primeiro lugar, louvar …

Entre farpas a Biden e Fauci, Trump admitiu concorrer à Casa Branca em 2024 (e vencer pela "terceira vez")

No primeiro discurso desde que saiu da Casa Branca, o antigo presidente Donald Trump deu a entender que vai concorrer novamente em 2024 e disse que Joe Biden "perdeu a Casa Branca". O ex-presidente dos Estados …

Cientistas estão a criar um "gémeo digital" da Terra (para prever o futuro)

Uma equipa de cientistas europeus começaram a trabalhar num plano ambicioso para prever o futuro das alterações climáticas: reconstruir uma versão virtual de toda a Terra para representar diferentes cenários. O planeta virtual faz parte de …

Asteróide passará a grande velocidade pela Terra em março. É o maior (e o mais veloz) de 2021

Um asteróide com um diâmetro de até 1,7 quilómetros passará pela Terra a grande velocidade no próximo mês de março, de acordo com dados publicados recentemente pelo Laboratório de Propulsão a Jato da NASA. Apesar de …

Bactérias benéficas do leite materno mudam ao longo do tempo

De acordo com um novo estudo, a mistura de bactérias benéficas transmitidas pelo leite materno muda significativamente com o tempo. Este pode atuar como uma injeção de reforço diário para a imunidade e metabolismo infantil. Os …

Quando um tigre vale mais morto do que vivo: A sórdida realidade das quintas de procriação

Em alguns países asiáticos, quintas de procriação de tigres exploram até ao tutano o valor económico do animal, submetendo-o a condições de vida degradantes. Tigres já foram puderam ser encontrados em grande parte da Ásia, do …

Ana Estrada Ugarte. Em decisão histórica, Peru abre as portas à eutanásia

Numa decisão histórica esta quinta-feira, o 11.º Tribunal Constitucional do Superior Tribunal de Justiça de Lima, no Peru, ordenou ao Ministério da Saúde do país que respeitasse a vontade de Ana Estrada Ugarte de acabar …