Luzes acesas em fábricas desertas. China “falsifica” recuperação económica após surto de Covid-19

Alex Plavevski / EPA

Empresas chinesas estão a aumentar de forma fraudulenta o consumo de eletricidade, visando cumprir metas de recuperação económica “impossíveis” impostas pelos Governos locais, revelou uma investigação internacional. 

A situação foi revelada esta semana pela agência Caixin, que dá conta que, à medida que os casos de Covid-19 foram diminuindo nas últimas semanas na região, os Governos locais começaram a pressionar fábricas e escritórios em zonas menos afetadas a voltar ao trabalho, traçando metas concretas – e difíceis – para a recuperação económica.

Membros e trabalhadores destas empresas à agência que, pressionados a cumprir “metas impossíveis”, viram-se forçados a forjar números, como os consumos de energia, que estão diretamente associados à atividade laboral.

Luzes acesas e aparelhos de ar condicionado ligados todos os dias em fábricas desertas foram algumas das “técnicas” utilizadas pelas empresas para fabricar números otimistas, que são posteriormente comunicados ao Governo.

Ainda de acordo com a Caixin, algumas empresas chegaram mesmo a falsificar listas de funcionários e a treinar operadores fabris para enganar os inspetores.

Os consumos energéticos têm sido utilizados regularmente como um indicador para avaliar o regresso de várias empresas à “normalidade” laboral, servindo depois para comunicar a recuperação económica ao público e a Pequim.

Por exemplo, a província de Zhejiang, a leste da China, foi recentemente elogiada e apontada como bom exemplo de recuperação industrial no país após o surto de Covid-19. A principal agência de planeamento económico da China comunicou, a 24 de fevereiro, que a taxa de regresso ao trabalho na região era superior a 90%.

Um trabalhador da região admitiu contudo à agência noticiosa que as fábricas foram instruídas a deixar os equipamentos ligados durante todo o dia. Instruções semelhantes chegaram aos escritórios da região, aplicando-se a todos os computadores e aparelhos de ar condicionado, que deviam estar também sempre ligado.

Estas diretrizes coincidiram como o momento em que Pequim estava a controlar a taxa de regresso ao trabalho, tendo por base os consumos energéticos das empresas.

Mais de 100 mil infetados

O número de pessoas infetadas pelo novo coronavírus em todo o mundo ultrapassou os 100 mil, segundo um balanço feito pela agência de notícias France Presse (AFP), com dados atualizados às 15:00 desta sexta-feira.

No total, a epidemia já infetou 100.002 pessoas, das quais 3.407 morreram em 91 países.Desde o último balanço divulgado pela AFP às 09:00 desta sexta-feira, foram registadas 1.879 novas contaminações e 22 mortes.

Só no Irão, foram registados 1.234 novos casos e 17 mortes. A China (excluindo os territórios de Hong Kong e Macau), onde a epidemia eclodiu no final de dezembro, tinha 80.552 casos, incluindo 3.042 mortes. Na lista dos países mais afetados surgiam, depois da China, a Coreia do Sul (6.284 casos, 42 mortes), Irão (4.747 casos, 124 mortes), Itália (3.858 casos, 148 mortes) e França (577 casos, nove mortes).

A Ásia registava, às 15:00 desta sexta-feira, um total de 88.388 casos (3.101 mortes), a Europa 6.284 casos (165 mortes), o Médio Oriente 4.993 (121 mortes), Estados Unidos e Canadá 194 casos (12 mortes), Oceânia 68 (2 mortes), África 41 pessoas infetadas e América Latina e Caribe 34 pessoas casos do novo coronavírus.

Este balanço da AFP foi elaborado com dados recolhidos junto das autoridades nacionais competentes e informações da Organização Mundial da Saúde.

Portugal tem 13 casos confirmados de Covid-19, quatro dos quais confirmados pela ministra da Saúde, Marta Temido (três no norte do país e um em Lisboa).

ZAP //

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

      • e o que é as “esquerda”, a Comunada Socialista / Marxista, senão um Ditadura?
        A Serpente do Paraiso tenta de toda a forma e feitio enganar-nos!!!!!
        Anda a aqui a fazer de nós parvos

            • Defendo-me?!
              ?
              O outro artista é que está dizer que os ditadores são comunistas e, como o Salazar foi um dos ditadores que esteve mais tempo no poder, eu estava a questionar se ele também seria comunista!…
              Uma coisa é certa: o Salazar e o actual ditador chinoca tinham mesmo muito em comum!!

  1. A luz e o ar condicionado estão ligados para aumentarem a temperatura, para provocarem o calor e matar os vírus, que morrem com temperaturas altas.

RESPONDER

Cientistas identificam pela primeira vez expressões faciais emocionais em ratos

Pela primeira vez, cientistas de Neurobiologia do Instituto Max Planck, na Alemanha, identificaram expressões faciais emocionais em ratos. À semelhança dos seres humanos, as expressões faciais dos ratos mudam quando estes animais provam algo doce …

Imprimiram corais artificiais em 3D que podem salvar recifes

Uma equipa de cientistas inspirou-se na natureza para desenvolver estruturas em forma de coral, impressas em 3D, capazes de produzir grandes quantidades de algas microscópicas. Investigadoras da Universidade de Cambridge e da Universidade da Califórnia desenvolveram …

Avalanches submarinas prendem microplásticos no fundo do oceano

As avalanches de sedimentos submarinos transportam os microplásticos para o fundo do oceano e um projeto de colaboração entre as Universidades de Manchester, Utrecht e Durham e o Centro Nacional de Oceanografia acaba de revelar …

Aos 107 anos, Cornelia Ras conseguiu vencer a covid-19

Cornelia Ras, que contraiu o novo coronavírus em meados de março, pode ser a mulher mais velha do mundo a vencer a covid-19. Nunca se é velho demais para vencer o novo coronavírus e a holandesa …

Coreia do Norte pode estar a usar fábricas de fertilizantes para extrair urânio

Um novo estudo norte-americano mostra que a Coreia do Norte pode estar a utilizar fábricas de fertilizantes para produzir mais material nuclear, extraindo urânio de ácidos fosfóricos. Segundo noticiou o Newsweek, na opinião da investigadora Margaret …

Distância social de 1,5 metros é insuficiente para travar contágio

O estudo realizado por investigadores e engenheiros especializados em dinâmica de fluidos concluiu que a distância deve ser de, pelo menos, quatro metros. Um estudo divulgado esta quinta-feira alerta que a distância social de 1,5 metros …

Estados Unidos registam 9 desempregados por segundo

O desemprego está a atingir números preocupantes nos Estados Unidos: só na última semana, 6,6 milhões de pessoas declararam estar sem emprego para poder receber apoios, um número semelhante ao da semana anterior. De acordo com …

Chineses desistem de comprar o BNI Europa. Está agora em mãos angolanas

O contexto de incerteza, provocado pela pandemia de covid-19, levou o Grupo chinês KWG a desistir de comprar 80,1% da participação do BNI Europa. O grupo chinês KWG desistiu de comprar 80,1% da participação do BNI …

Tesla usa peças do Model 3 para construir um ventilador

A Tesla também está a tentar contribuir para colmatar a escassez de ventiladores com um novo protótipo, feito com partes do Model 3. A Tesla construiu um ventilador com recurso a componentes automóveis. A fabricante elétrica …

Há acordo no Eurogrupo: 500 mil milhões de euros "disponíveis imediatamente"

Os ministros das Finanças da Zona Euro chegaram a acordo, esta quinta-feira, sobre os apoios económicos para fazer face à pandemia de covid-19. O Eurogrupo chegou a acordo sobre o pacote de ajuda económica para a …