/

Londres homenageia vítimas da covid-19 com um mural cheio de corações. É uma “demonstração de amor”

Tolga Akmen / AFP

O tributo às vítimas da covid-19 fica de frente para o Parlamento britânico para que o Governo “nunca perca de vista” as histórias pessoais da pandemia.

Famílias londrinas uniram-se para pintar um mural em homenagem aos seus familiares falecidos, vítimas do novo coronavírus. Segundo o Mirror, o mural, que se localiza mesmo em frente ao Parlamento britânico, está repleto de corações vermelhos.

O objetivo é pintar um coração por cada pessoa que morreu vítima de covid-19, num tributo total de 145 mil corações. Os trabalhos de pintura começaram na manhã desta segunda-feira e deverão demorar uma semana até estarem concluídos.

“Isto é uma demonstração de amor”, disse Matt Fowler, co-fundador da Covid-19 Bereaved Families for Justice, que perdeu o seu pai há um ano, vítima desta doença.

A iniciativa é desenvolvida por esta associação. Fowler explicou que o monumento de homenagem fica de frente para o Parlamento para que o Governo “nunca perca de vista” as histórias pessoais da tragédia que assolou Inglaterra e o resto do mundo.

“Cada coração é individualmente pintado à mão – totalmente único, assim como os entes queridos que perdemos. E tal como a escala da nossa perda coletiva, este memorial vai ser enorme”, disse, indicando que deverá estender-se por mais de meio quilómetro.

A pintura do mural está a cargo dos membros da associação, das famílias das vítimas e de amigos e conhecidos, sendo que o processo cumpre todas as regras de higiene.

  Liliana Malainho, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE