Rui Rio já escolheu novo vice-presidente do PSD

PSD/Açores

José Manuel Bolieiro, novo vice-presidente do PSD e presidente da câmara de Ponta Delgada

O presidente do PSD escolheu para novo vice-presidente do partido o presidente da câmara de Ponta Delgada, que substitui no cargo Manuel Castro Almeida.

José Manuel Bolieiro é a partir de agora o novo vice-presidente do PSD, substituindo no cargo Manuel Castro Almeida”, anunciou o partido este domingo à noite, numa nota enviada à imprensa.

O anúncio do novo vice-presidente surge horas depois de ser conhecida a demissão de Manuel Castro Almeida, que afirmou ao Público ter renunciado formalmente ao cargo de vice-presidente a 20 de junho.

“Formalizei a minha demissão no passado dia 19 de junho em conversa com o presidente [do PSD, Rui Rio] e, no dia 20, formalizei a minha renúncia por escrito”, disse ao Público Castro Almeida, numa notícia publicada ao final da tarde na edição ‘online’ do jornal.

O ex-vice do PSD não concorda com a forma centralista como Rui Rio gere o partido e acusa o atual presidente dos sociais-democratas de não ouvir quase ninguém antes de tomar decisões importantes.

O último episódio que desagradou o vice-presidente, assim como muitos dos apoiantes do líder social-democrata, foi a revelação dos cabeças de lista para diversos círculos eleitorais às eleições legislativas. Rio deixou de fora muitos dos que trabalham com ele e muitas figuras importantes, optando por nomear caras novas, alguns, inclusive, totalmente desconhecidos do PSD.

Fonte próxima da direção do PSD disse à Lusa que o antigo autarca deixou de comparecer às reuniões da Comissão Permanente e da Comissão Política Nacional há cerca de um mês e que, perante esta situação “insustentável”, foi proposto a Castro Almeida que fosse feita a sua substituição de uma forma menos prejudicial ao partido a três meses das eleições.

Manuel Castro Almeida era um dos seis vice-presidentes de Rui Rio, a par de David Justino, Elina Fraga, Isabel Meirelles, Nuno Morais Sarmento e Salvador Malheiro.

Esta é a segunda baixa na direção de Rui Rio desde a sua eleição em Congresso em fevereiro de 2018, mas a primeira a dever-se a divergências políticas. Apenas um mês depois do Congresso, o então secretário-geral do PSD, Feliciano Barreiras Duarte, demitiu-se, depois de notícias relacionadas com irregularidades na sua licenciatura e dúvidas sobre subsídios que recebia enquanto deputado.

Marques Mendes comenta demissão

No seu comentário semanal, na SIC, o ex-líder do PSD Luís Marques Mendes – próximo de Castro Almeida – disse não ter falado com o antigo autarca antes da sua demissão e não conhecer ainda “as verdadeiras razões” da saída, afirmando ter sabido da notícia pela comunicação social.

Ainda assim, classificou a saída de Castro Almeida como “um ato de coragem” – dizendo ser precisa mais coragem para sair do que para ficar, quando se discorda – e considerou que devem ter sido “razões muito fortes”, apontando a relação “muito longa pessoal e política” que o antigo autarca tinha com Rui Rio.

No Facebook, durante a tarde, a presidente das Mulheres Sociais-Democratas, Lina Lopes, tinha classificado a demissão de Castro Almeida como “um frete ao arauto dominical das desgraças do PSD”.

“Esta demissão é a salvação de última hora para o comentador que, de outra forma, não poderia deixar de se limitar a elogiar o rasgo e a coragem demonstradas por Rui Rio nas nomeações para cabeças de lista do PSD”, escreveu Lina Lopes, numa referência implícita a Marques Mendes, verbalizando uma crítica repetida à Lusa por outros dirigentes sociais-democratas que não quiseram ser identificados.

Castro Almeida é uma figura de peso no partido e ocupou vários cargos de dirigente com diversos presidentes do PSD. Além disso, foi presidente da Câmara de São João da Madeira, distrito de Aveiro, cumprindo três mandatos (2001/2013) e deputado em três legislaturas e secretário de Estado do Desenvolvimento Regional no Governo de Passos Coelho. Também já tinha ocupado a secretaria de Estado da Educação e do Desporto, no terceiro Governo de Cavaco Silva (1993/95).

Como vice de Rio, representou o líder do partido, no ano passado, nas negociações do acordo sobre fundos estruturais para a próxima década (Portugal 20/30), com o então ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

China caminha a passos largos para a normalidade. Gaming, cerveja e Ikea dão empurrão

A China não regista, desde 17 de maio, vítimas mortais causadas pelo novo coronavírus. No entanto, há dois surtos ativos que parecem não impedir a população de caminhar em direção à normalidade. À semelhança do resto …

No regresso ao Superior, o Ministério recomenda aulas presenciais, com máscara e ao sábado

No regresso do Ensino Superior, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior recomenda que voltem as aulas em regime presencial com uso obrigatório de máscara e algumas das quais lecionadas ao sábado. Num comunicado …

"A profissionalização é fundamental". Este ano já morreram quatro bombeiros, todos voluntários

Nos incêndios deste ano já morreram quatro bombeiros. O último ano tão mortífero foi 2013, em que sete bombeiros perderam a vida. Em comparação, nos incêndios de 2019, não se registaram vítimas mortais entre esses profissionais. Como …

Portugal só tem 4 fiscais da ferrovia (e cada um tem de inspecionar 811 quilómetros)

O Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) tem apenas quatro técnicos afetos à fiscalização do setor. O organismo está a pedir o reforço destes profissionais desde 2014. De acordo com a edição desta quarta-feira do …

Dybala eleito melhor jogador do ano em Itália. Ronaldo fora da lista

O avançado argentino da Juventus foi eleito o melhor jogador da temporada 2019/20 do futebol italiano, enquanto o português Cristiano Ronaldo ficou de fora da lista de premiados. Na nota publicada no site oficial da Série …

Novo Banco registou perdas de 260 milhões à revelia do Banco de Portugal

A equipa António Ramalho terá inscrito nas contas 260 milhões de euros em perdas, passíveis de reembolso, sem falar com o Fundo de Resolução. O Público avança que a equipa de António Ramalho sinalizou, nos resultados …

Pingo Doce

Vídeo denuncia desperdício alimentar em supermercado. Jerónimo Martins está a investigar

Hugo Breda e João Relógio, ambos associados à produtora Swag On, publicaram na suas contas de Instagram um vídeo no qual denunciam o desperdício alimentar numa cadeia de supermercados em Lisboa.  O vídeo publicado nas …

O adeus de uma lenda. Ronaldo, Messi e Buffon despedem-se de "San Iker"

O internacional português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi recorreram às redes sociais para se despedirem de Iker Casillas, que esta terça-feira anunciou o fim da sua carreira.  "Foi um orgulho ter partilhado grandes momentos …

Há trabalhadores que estiveram em lay-off sem direito ao apoio salarial

O apoio destinado a trabalhadores que estiveram em regime de lay-off só se aplica a quem tenha estado nesta situação um mês civil completo. A 19 de junho, o Governo aprovou o decreto-lei que criou o …

Ordenado de 3 milhões e outros tantos em prémios. O contrato de Jesus à lupa

Jorge Jesus, que esta segunda-feira foi oficialmente apresentado como treinador do Benfica, vai ganhar três milhões de euros líquidos temporada, valor a que acrescem outros tantos milhões mediante prémios. Apesar de vir auferir um salário …