Com o sistema de saúde saturado, Japão quer 10 mil médicos nos Jogos Olímpicos. Flórida disponível para receber evento

Kimimasa Mayama / EPA

Tóquio 2020, medalhas dos Jogos Olímpicos no Japão

O Governo japonês quer mobilizar 10 mil médicos e enfermeiros para os Jogos Olímpicos, no verão, em Tóquio, apesar de o sistema de saúde nipónico estar já saturado devido à covid-19.

“Estamos a tentar obter o pessoal médico necessário, cerca de dez mil pessoas, pedindo aos médicos e aos enfermeiros para trabalharem, cada um, cerca de cinco dias durante o período dos Jogos”, de 23 de julho a 8 de agosto, afirmou a ministra encarregada do evento, Seiko Hashimoto, perante o parlamento.

Relativamente poupado, até aqui, pela pandemia, o Japão registou cerca de cinco mil mortos devido à covid-19, mas os médicos já advertiram que o sistema de saúde corre o risco de se “afundar” se os Jogos Olímpicos agravarem o número de infeções.

Desde o início do mês que Tóquio e 10 outras regiões estão em estado de emergência para responder a um forte recrudescimento dos contágios no país. Perante estes receios, a oposição no parlamento criticou esta terça-feira os planos inalterados do Governo de Yoshihide Suga.

A organização continua a debater a questão das infraestruturas médicas necessárias e a forma de “tratar as infeções de covid-19” durante o evento, acrescentou Hashimoto.

O agravamento da pandemia em todo o mundo, incluindo no Japão, reavivou as dúvidas sobre a realização de Tóquio2020, já adiados no ano passado devido à covid-19.

Várias sondagens recentes mostraram uma queda no apoio à realização de Tóquio2020 na opinião pública japonesa. Na semana passada, o presidente da Associação Médica do Japão, Toshio Nakagawa, advertiu que, nas atuais circunstâncias, seria impossível admitir em hospitais espetadores estrangeiros infetados.

Cerca de 11 mil atletas de todo o mundo devem participar nos Jogos Olímpicos, mas responsáveis olímpicos consideraram recentemente a possibilidade de realizar o evento sem espetadores.

Os comités olímpicos norte-americano, canadiano e australiano declararam já que iam continuar a preparar os atletas para Tóquio2020.

O Comité Olímpico Internacional aconselha oficialmente a vacinação anticovid-19, mas não a pode impor.

Na semana passada, o jornal britânico The Times adiantou que Tóquio tinha decidido cancelar os Jogos Olímpicos, informação desmentida posteriormente pelo Governo japonês.

Florida propõe receber Jogos Olímpicos

O responsável das Finanças na Florida (sudeste dos Estados Unidos) escreveu ao Comité Olímpico Internacional (COI) para dizer que o estado está pronto a receber os Jogos Olímpicos, se Tóquio desistir de organizar o evento.

Numa carta dirigida ao patrão do COI, Thomas Bach, Jimmy Patronis encorajou-o “a considerar a transferência dos Jogos Olímpicos 2020 em Tóquio, no Japão, para os Estados Unidos, mais precisamente para a Florida”, de acordo com a missiva de Patronis divulgada online.

“Os meios de comunicação social noticiaram que os dirigentes japoneses tinham concluído ‘em privado’ que devido à pandemia, os Jogos Olímpicos 2021 não podiam realizar-se [em Tóquio]. Ainda há tempo para enviar uma equipa” do COI para a Florida “para reuniões com os responsáveis locais sobre a realização dos Jogos no Sunshine State“, acrescentou.

Na carta, Patronis elogiou os esforços de vacinação naquele estado, a reabertura económica, os eventos desportivos que recebeu durante a pandemia da covid-19, tal o campeonato de basquetebol da NBA, bem como os parques temáticos, como o Disney World, estarem abertos a empresas.

“Independentemente das medidas de precaução necessárias, é preciso encontrar uma solução e pô-la em prática”, adiantou.

Até ao momento, a Florida contabilizou mais de 25 mil mortos devido à covid-19, numa altura em que o número de óbitos nos Estados Unidos se aproxima dos 420 mil.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Norberto Mourão conquista bronze nos Mundiais de canoagem adaptada

Norberto Mourão já tinha conquistado o bronze nos Jogos Paralímpicos de Tóquio e junta agora mais uma medalha à colecção, desta vez nos Mundiais de canoagem adaptada. O atleta de canoagem adaptada Norberto Mourão conquistou hoje …

Caso George Floyd. Polícia condenado a 22 anos de prisão pode ver a sentença revertida

A intervenção do Supremo Tribunal do Minnesota num outro caso de violência policial para reduzir a pena de um agente pode abrir um precedente para que haja alterações na sentença de Derek Chauvin. Segundo avança a …

Futebol português contra Campeonato do Mundo de dois em dois anos

O futebol português está contra a intenção da FIFA de aumentar a periodicidade do Campeonato do Mundo, passando de quatro para de dois em dois anos, refere um comunicado conjunto divulgado hoje. O documento, assinado pela …

Governo quer proibir empresas de recorrer ao 'outsourcing' após despedimento coletivo

O Governo quer proibir as empresas que façam despedimentos coletivos de recorrerem ao 'outsourcing' (contratação externa) durante os 12 meses seguintes, disse hoje a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. No final …

Barcelona: Cruyff afasta-se e perder com o Benfica seria "um drama"

Ronald Koeman até poderá sair mas não será Jordi Cruyff a substituir o seu compatriota. O Barcelona atravessa uma fase perturbada, já há algum tempo, mas o panorama financeiro piorou o cenário fora de campo e …

Casa Branca oferece "telefonema educativo" a Nicki Minaj para acalmar apreensões sobre a vacina

Depois de um tweet de Nicki Minaj se ter tornado viral por associar a vacina contra a covid-19 à impotência, a Casa Branca convidou a rapper para um telefonema com especialistas para esclarecerem as suas …

Baterias de lítio-enxofre melhores e mais baratas? O segredo é uma pitada de açúcar

Uma colher cheia de açúcar pode ser o suficiente para permitir que um veículo elétrico faça uma viagem de Melbourne a Sidney (878 km) com uma única carga. Atualmente, os automóveis elétricos e os telemóveis utilizam …

Parlamento aprova na generalidade mudança do TC para Coimbra. Oito socialistas votaram a favor

A proposta passou com votos contra do Chega e PAN, abstenção do PCP, BE, PEV e maioria da bancada do PS e votos favoráveis do PSD, CDS, IL e de oito deputados socialistas. O resultado já …

Escola da Amadora queria proibir minissaias, decotes e chinelos - mas já voltou atrás

Um Agrupamento na Amadora publicou um código de vestuário que acendeu um debate nas redes sociais devido às regras que controlavam mais as raparigas. Entretanto, a escola já voltou atrás na decisão. Segundo escreve o Jornal …

Governo francês vai dar 100 euros a famílias carenciadas para pagar energia

O Governo francês vai entregar um cheque de 100 euros a 5,8 milhões de famílias de menores recursos para ajudar a pagar a fatura energética. A medida anunciada pelo executivo vai ter um custo de 580 …