Japão decide cancelar Jogos Olímpicos, avançou The Times. Governo desmente

Wu Hong / EPA

O Japão reforçou esta sexta-feira a ideia de realizar os Jogos Olímpicos previstos para este verão na capital Tóquio, apesar dos rumores sobre o seu possível cancelamento, desmentindo assim uma informação avançada pelo The Times, que citava uma fonte governamental.

“Estou determinado a organizar os Jogos de forma segura enquanto trabalho em estreita colaboração com o governo metropolitano de Tóquio, o comité organizador e o COI”, disse esta sexta-feira o primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga, durante a sua comparência numa sessão da Câmara Alta do Parlamento do Japão.

O líder japonês reiterou que os Jogos deveriam servir “como prova da vitória da humanidade contra a covid-19”.

Suga fez a sua declaração no meio de uma conversa crescente tanto do Japão como do estrangeiro sobre um possível atraso ou mesmo um cancelamento dos Jogos de Tóquio devido à crise de saúde global, que é agora pior em termos de infeções diárias do que em março passado, altura em que foi anunciado o adiamento da competição.

Na quinta-feira, o jornal britânico The Times publicou uma reportagem indicando que o Governo japonês já tinha concluído que a realização dos Jogos este verão seria impossível, com base em fontes da coligação governamental. O ministro japonês responsável pelos Jogos, Seiko Hashimoto, negou esta informação em declarações feitas esta sexta-feira aos meios de comunicação japoneses.

“O governo japonês fará todos os esforços para realizar os Jogos Olímpicos e Paralímpicos este Verão”, disse Hashimoto quando questionado sobre o assunto, acrescentando que o Japão “está a fazer todos os possíveis para controlar a pandemia” e “a tomar as medidas necessárias” para realizar os Jogos.

A cerca de seis meses do início dos Jogos, a realização da competição, adiada para o verão de 2021 devido à pandemia, volta a ser questionada devido ao aumento do número de casos e mortes por covid-19, com Tóquio a reinstaurar o estado de emergência.

Na quarta-feira, o diretor executivo do comité organizador dos Jogos Olímpicos de Tóquio garantiu que “não está em discussão” um cancelamento da competição devido à pandemia de covid-19, admitindo a possibilidade de a realizar sem público.

“A realização dos Jogos é o nosso caminho, não discutimos outro”, disse Toshiro Mutu, em entrevista à agência AFP, garantindo que o cancelamento da competição, que deverá decorrer entre 23 de julho e 08 de agosto, não está a ser equacionado.

Na informação avançada na quinta-feira, o The Times indicou que o país pretendia, após firmar o cancelamento, candidatar-se à edição de 2032, a próxima disponível. A de 2024 será em Paris e a de 2028 em Los Angeles. Cerca de 80% da população não quer receber os Jogos, marcados entre 23 de julho e 08 de agosto, segundo uma recente sondagem.

  ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Extinto incêndio no Hospital CUF Descobertas em Lisboa e sem necessidade de evacuar edifício

O incêndio que deflagrou hoje, pelas 12:20, no Hospital CUF Descobertas, no Parque das Nações, em Lisboa, foi extinto pelas 12:50, e não houve necessidade de evacuar o edifício, disse à Lusa fonte do Regimento …

Infarmed alerta para dois sites de venda ilegal de medicamentos

A Autoridade Nacional do Medicamento afirma que não é possível assegurar a qualidade, eficácia, segurança e autenticidade dos fármacos adquiridos em dois websites ilegais de venda de medicamentos. O Infarmed alertou esta terça-feira para a existência …

Julian Reichelt, ex-diretor do jornal alemão Bild

Diretor do jornal alemão Bild despedido por "conduta inapropriada"

Julian Reichelt, diretor do jornal alemão Bild, foi demitido com efeito imediato por “conduta inapropriada”, anunciou a empresa de comunicação social Axel Springer, detentora do jornal mais vendido da Alemanha. O diretor do jornal alemão Bild, …

“Não acho que o CDS esteja a viver uma crise interna”, diz Francisco Rodrigues dos Santos

O presidente do CDS-PP, Francisco Rodrigues dos Santos, defendeu esta segunda-feira que a situação interna que o partido atravessa, com congresso eletivo marcado para o final de dezembro, "não é uma crise, é a democracia …

Em sessão acesa, primeiro-ministro polaco diz ao Parlamento Europeu que o país não cederá a chantagens

Guerra de palavras entre representantes do governo polaco e as instituições europeias tem vindo a escalar ao longo das últimas semanas, depois de o Tribunal Constitucional do país ter determinado que a lei nacional se …

China nega lançamento de míssil hipersónico - mas Estados Unidos estão “muito preocupados”

Em agosto, a China terá lançado um míssil com capacidade nuclear. Os Estados Unidos mostram-se muito preocupados com este tipo de atividade. Segundo noticia o Financial Times, o míssil terá sido lançado pelos militares chineses num …

O ex-Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

Trump luta para manter sob sigilo documentos sobre ataque ao Capitólio (e avança para tribunal)

Donald Trump processou a comissão do Congresso responsável pela investigação do ataque ao Capitólio, alegando que fez um pedido ilegal dos seus registos da Casa Branca. O ex-Presidente dos Estados Unidos Donald Trump entrou com uma …

O presidente da Confederação Empresarial de Portugal, António Saraiva, o governador do Banco de Portugal, Mário Centeno, e o presidente do Partido Social Democrata, Rui Rio

Rio defendeu, Rangel atirou, Balsemão marcou e Montenegro fez o relato. A luta interna do PSD fez-se nas entrelinhas da posse de Moedas

Podia ter sido um jogo de futebol, mas foi só a tomada de posse de Carlos Moedas. Na Praça do Município, em Lisboa, Rio defendeu ao não ter notado a presença de um dos protagonistas …

Proposta Coba Consultores para nova ponte sobre o Douro

Nova ponte do Porto já tem desenho conhecido. Vai servir para metro, ciclovia e peões

A Metro do Porto recebeu 28 propostas para o concurso público de elaboração de projeto e execução da nova ponte sobre o rio Douro. Já foram selecionadas as três melhores. Esta segunda-feira, foram apresentados os três …

AC Milan não esconde: jogos com o FC Porto serão decisivos

Italianos recordam que vão defrontar uma equipa que está quase sempre presente na Liga dos Campeões. "Os nossos dois jogos contra o FC Porto vão ser decisivos para a classificação final do grupo". O treinador do …