Ivo Rosa achou que não havia razões para investigar a PJM no caso de Tancos

Manuel de Almeida / Lusa

O juiz Ivo Rosa

O juiz Ivo Rosa considerou que não havia razões para investigar a Polícia Judiciária Militar no caso de Tancos. A decisão do magistrado levou a um atraso de cinco meses na investigação.

O juiz de instrução criminal Ivo Rosa achou que não havia razões para a Polícia Judiciária (PJ) investigar a Polícia Judiciária Militar (PJM) no caso de Tancos. O magistrado não queria autorizar a investigação das listas de tráfego das antenas de telemóvel de outubro de 2017.

De acordo com o pedido do Departamento Central de Investigação e Ação Penal, estes eram dados “essenciais para o prosseguimento das investigações, nomeadamente à descoberta dos factos e responsabilização dos seus autores”.

Na altura, a chamada anónima sobre o paradeiro do armamento de Tancos, feita para o piquete da PJM, foi feita do Montijo. Caso a Polícia Judiciária tivesse tido acesso mais cedo às listas de tráfego das antenas de telemóvel, o processo teria sido resolvido mais rapidamente.

O jornal Público avança esta segunda-feira que Ivo Rosa considerou que era ilegal analisar o tráfego de todas as pessoas do Montijo, Golegã, Entroncamento e Torres Novas — conforme pedido pelo Ministério Público.

“Além do alegado mal-estar entre PJ e PJM, dos autos [do inquérito] não consta que os telefones do piquete tenham sido utilizados por algum suspeito relacionado com os factos em questão”, defendeu o juiz de instrução criminal Ivo Rosa.

O Ministério Público viria a recorrer da decisão do juiz, considerando “absolutamente nuclear para a investigação” descobrir quem tinha feito a chamada anónima.

O Tribunal da Relação de Lisboa acabou por contrariar a sua decisão, levando a que estes registos fossem investigados. Contudo, devido à burocracia, foram perdidos cinco meses até finalmente conseguirem aceder à informação.

ZAP //

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. De admirar seria, se ele achasse que era preciso. Isto com este juiz (???) vai dar tudo em nada. Já começo e vai acabar. Veremos e oxalá me engane.

  2. POis era de admirar se achasse que valia a pena. Este Juiz está comprado por TODOS p/ os processo Não darem em NADA, está mais do que visto. POVO até quando? Quando estivermos coo os Venezuelanos? Manietados de pés e mãos sem NADA p/ comer, sem serviços nenhum. È que relativamente á Saúde e Educação estamos a voltar ao p/ trás c/ toda a força… o dinheiro que devia de ir p/ estes 2 setores vai p/ outro lado (talvez p/ os bolsos de quem nos (des)governa)…

  3. mas já não seria tempo de investigar este sr?

    é que não dá uma para a caixa.

    impressionante!

    mas quem de direito não vê isto? parece óbvio a qq pessoa.

  4. Mas este gajo recebe ordenado de juiz pago por todos nós ?
    O que falta para o concelho da magistratura o pôr andar, antes que seja tarde ?

  5. Este juíz parece-me uma boa escolha para todos os processos mais trabalhosos e morosos. Como geralmente corta loga a coisa na fase de acusação, sempre poupa bastante dinheiro ao erário público. Deveriam tentar pô-lo logo de início da fase de instrução do processo (penso que é esta a terminologia) para cortar logo tudo de início.

  6. este Ivo Rosa é uma farsa, nada para ele é vital para pesquisar, também já com o caso sócrates a mesma coisa, acho que deviam era investigar este Juiz, que não vale uma merda é sempre a favor dos maus.

  7. Será que este juiz não se importa de fazer favores ao pessoal da maçonaria? Até parece não ter vergonha na cara para o Tribunal da Relação contrariar, como seria de esperar, a sua decisão.

RESPONDER

Descoberta no Egito múmia de grande animal semelhante a um leão

O Ministério das Antiguidades egípcio anunciou esta segunda-feira que uma equipa de arqueólogos desenterrou uma múmia de um grande animal incomum, semelhante a um leão ou uma leoa. “É um animal muito estranho, como um gato …

Ex-agentes da DEA revelam detalhes da vida de Escobar na prisão que o próprio construiu

Dois dos agentes do DEA, que durante mais de um ano participaram na operação de captura de Pablo Escobar, revelaram alguns detalhes sobre a vida do narcotraficante e ex-líder do cartel de Medellín na prisão La …

Num jardim zoológico da Austrália, há concertos ao vivo (para entreter os elefantes)

https://vimeo.com/372400002 O jardim zoológico de Melbourne está a desenvolver um programa mundial de músicos para tocar para a sua multigeracional manada de elefantes asiáticos em perigo de extinção para que melhore a ligação entre os seis …

Montijo: ANA pede mais tempo para analisar medidas de mitigação ambiental

A ANA – Aeroportos de Portugal pediu à Agência Portuguesa do Ambiente (APA) uma prorrogação do prazo para analisar as medidas de mitigação propostas pela entidade na Declaração de Impacte Ambiental (DIA) do futuro aeroporto …

Sérgio Conceição ultrapassa número de jogos de José Mourinho

No jogo deste domingo, que o FC Porto acabou por vencer o Boavista com um golo solitário de Alex Telles, Sérgio Conceição cumpriu o seu 128.º jogo como treinador dos dragões - mais uma partida …

Governo australiano acusado de censurar livro sobre história de Timor-Leste

O Ministério dos Negócios Estrangeiros australiano está alegadamente a tentar censurar partes do primeiro de dois volumes da história de operações militares em Timor-Leste, o dedicado à Força Internacional para Timor-Leste (Interfet), segundo revelou a imprensa …

Norte-americanos acordaram com mensagens de texto estranhas nos seus telemóveis

Na passada quinta-feira, uma grande parte da população norte-americana recebeu mensagens estranhas e inexplicáveis, muitas das quais desconfortáveis e até preocupantes. Stephanie Bovee, uma norte-americana de 28 anos de Portland, no oeste dos Estados Unidos, acordou …

Pai que fugiu por 15 países com os dois filhos no ano passado encontrado pela PSP

O pai mudou 15 vezes de país com as crianças desde o verão passado sempre sem o consentimento da mãe e sem que a mãe tivesse qualquer notícia do paradeiro dos filhos, revela a PSP. A …

Daesh está a tentar criar um novo Estado islâmico nas Filipinas

Há dois anos que a bandeira negra do Daesh deixou de esvoaçar no topo de um edifício da cidade de Marawi, em Mindanau, no sul das Filipinas, e o Presidente, Rodrigo Duterte, declarou tê-lo derrotado. …

Operação Marquês. Ex-secretário de Estado de Passos Coelho chamado como testemunha

O juiz de instrução da Operação Marquês, Ivo Rosa, decidiu chamar o ex-secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações Silva Monteiro como testemunha, avança a SIC Notícias. Segundo apurou a estação televisiva, o ex-governante …