Italianos compram suplemento de leite infantil, convencidos de que protege da covid-19

Andrea Fasani / EPA

A lactoferrina, encontrada em altas concentrações no leite materno, tem sido promovida como uma proteína que protege contra a covid-19. Em Itália, as farmácias deparam-se com uma enorme procura por este produto, apesar de não existirem evidências científicas da sua eficácia.

As farmácias italianas enfrentam uma enorme procura por um produto de nicho, geralmente comercializado como um estimulador do sistema imunológico para bebés, semanas depois de um vídeo viral ter sugerido que protegia contra o novo coronavírus.

De acordo com a France24, a lactoferrina – proteína encontrada em altas concentrações no leite materno – terá sido submetida a um pequeno ensaio clínico em Roma e foram divulgados resultados positivos relativamente à proteção contra a covid-19.

Apesar de não haver confirmação da sua eficácia, as farmácias do centro de Roma estão a lidar com um aumento dramático na procura do suplemento.

“Não sabemos nada sobre este produto, também estamos às escuras”, contou um farmacêutico à AFP, citado pela France24, sob condição de anonimato.

“Quando as pessoas estão com medo, acreditam em qualquer coisa”, disse, justificando o aumento da procura.

O aumento na procura de lactoferrina seguiu uma reportagem local, realizada em julho, na qual Elena Campione, professora de dermatologia da Universidade Tor Vergata em Roma, fez afirmações contundentes sobre a sua investigação.

“Decidimos tratar pacientes com covid-19, no estágio inicial da doença. Foi incrível, mas 10 dias após o início da terapia, os sintomas desapareceram e o teste de PCR (para coronavírus) deu negativo”, disse.

Na altura, a reportagem tornou-se viral nas redes sociais e ressurgiu agora quando os casos de covid-19 começaram a aumentar naquele país, ultrapassando os 25 mil casos diários no final de outubro.

Embora a procura pelo suplemento para bebés tenha aumentado muito em Itália, vários especialistas mostram-se reticentes.

Não há evidência clínica que indique a utilidade da lactoferrina na prevenção ou tratamento de covid-19″, escreveu no Twitter Roberto Burioni, professor de virologia em Milão e autor de um site sobre medicina.

No entanto, a procura pela lactoferrina continua e uma grande farmácia no centro de Roma disse que vende agora até 100 caixas do suplemento por semana, quando antes vendia apenas duas ou três caixas por mês.

“Não pergunto se as pessoas estão a comprar isto para a covid. Está a chegar a época da gripe, então talvez algumas pessoas estejam a comprar por causa disso”, disse um funcionário da farmácia Igea San Gallicano em Roma. “Mas se alguém vier e comprar a granel, então sabemos que está a comprar por causa da covid,”, acrescentou.

Outra farmacêutica explicou que a sua pequena farmácia viu um aumento na procura e que algumas pessoas tinham, até, receitas dos seus médicos.

“Costumavam vir cá e pedir conselhos sobre o que poderiam fazer para melhorar o seu sistema imunológico contra a covid-19. Agora vêm e pedem esses produtos de lactoferrina pelo nome”, contou.

A farmacêutica disse ainda que viu o produto voar das prateleiras de farmácias grandes, descrevendo a procura por produtos não comprovados como “como uma psicose”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Inglaterra 0-0 Escócia | Nulo total no dérbi britânico

A Inglaterra empatou hoje 0-0 com a Escócia, em jogo da segunda jornada do Grupo D do Euro 2020 de futebol, e desperdiçou a oportunidade de garantir já um lugar nos oitavos de final do …

Infeção pelo coronavírus pode não garantir proteção prolongada, revela estudo

Um novo estudo britânico sugere que uma infeção pelo SARS-CoV-2 não garante que o hospedeiro desenvolva uma resposta imunitária prolongada contra o vírus, sendo a imunidade "altamente variável de pessoa para pessoa". Segundo a pesquisa do …

Ex-ministro da Bolívia planeou um segundo golpe usando mercenários dos EUA

O vazamento de gravações telefónicas e e-mails revelam que um ex-ministro da Defesa boliviano estava a preparar-se para usar tropas estrangeiras para impedir que o partido de esquerda MAS regressasse ao poder. Os documentos e registos …

Espécie rara de orquídea encontrada em telhado de banco de investimentos em Londres

Uma espécie rara de orquídea, que se acredita estar extinta no Reino Unido, foi descoberta no jardim do telhado de um banco de investimentos em Londres. Segundo o The Guardian, a Serapias parviflora, uma espécie rara …

Pintura de David Bowie comprada por três euros vai agora ser leiloada por milhares

A pintura do ícone do rock, David Bowie, deverá ser vendida por milhares de dólares num leilão de arte online. O retrato, intitulado "DHead XLVI", faz parte de um conjunto de aproximadamente 47 obras que David …

Vila Nova de Milfontes vai ter praia para cães

A praia pet friendly, que fica próxima de Furnas-Rio, vai funcionar já esta época balnear de forma experimental. Uma praia concessionada que também admite cães vai funcionar, nesta época balnear, de forma experimental, em Vila Nova …

Podia ser um quadro de Dalí, mas é só o degelo glacial na Islândia

Na Islândia, o degelo glacial criou uma paisagem deslumbrante que o fotógrafo espanhol Manuel Ismael Gómez de Almería não deixou passar em branco. Faz lembrar a arte surrealista de Salvador Dalí, mas é uma versão ampliada …

Digby, o cão dos bombeiros, ajudou a salvar uma mulher do suicídio

O cão Digby desempenhou um importante papel ao salvar uma mulher que estava a ponderar pôr fim à sua própria vida no Reino Unido. Digby é um cão terapeuta que ajuda as pessoas a lidar com …

Seca pode ser a "próxima pandemia e não há vacinas que a curem", alerta a ONU

A seca e a escassez de água podem afetar o planeta de forma sistémica se não forem tomadas medidas urgentes sobre a gestão da água e dos solos, alertou a Organização das Nações Unidas (ONU) …

Três portugueses morrem em desabamento de escola na Bélgica

O desabamento de uma escola em construção em Antuérpia, na Bélgica, provocou, esta sexta-feira, a morte de três portugueses. As circunstâncias em que o desabamento ocorreu ainda não são conhecidas. Fonte consular portuguesa confirmou à RTP …