Itália está a ponderar restrições para quem chega de Portugal e Espanha

Angelo Carconi / EPA

As autoridades italianas estão a “avaliar” medidas mais rígidas de entrada para viajantes oriundos de Portugal e de Espanha.

As autoridades sanitárias de Itália admitiram, esta sexta-feira, estar a “avaliar” medidas de restrição para quem chega de Portugal e Espanha, numa altura em que o país registou 1.390 novas infeções e 25 mortes com covid-19 nas últimas 24 horas.

O presidente do Instituto Superior de Saúde de Itália, Silvio Brusaferro, disse que as autoridades estão a “avaliar” medidas mais rígidas de entrada para viajantes oriundos de Portugal e de Espanha, embora “naturalmente não esteja prevista a quarentena neste momento”.

As autoridades sanitárias italianas estão preocupadas com o agravamento da situação pandémica em Portugal e em Espanha, em particular devido à propagação da variante Delta, mas não esclareceram quais as restrições que poderão vir a aplicar para a entrada de viajantes destes países.

Por ocasião da final do Campeonato da Europa, no domingo, em que a Itália enfrentará a Inglaterra, as autoridades sanitárias convidaram os italianos a “acompanhar o jogo e, com sorte, comemorar, mas mantendo as medidas de segurança e prudência“.

Estas medidas surgem no momento em que os novos casos de contaminação em Itália refletem um aumento semanal, já que na última sexta-feira foram registadas 794 novas infeções, cerca de 600 a menos, dados que confirmam a tendência de agravamento da pandemia durante a última semana.

Em termos totais, desde o início da crise sanitária no país, em fevereiro de 2020, Itália contabiliza 4.268.491 casos e 127.756 mortes.

A incidência cumulativa em Itália subiu de 9 para 11 casos por 100 mil habitantes, confirmou o chefe da equipa de Prevenção do Ministério da Saúde e membro da Comissão Técnica e Científica, Giovanni Rezza, durante uma conferência de imprensa.

É uma pequena reversão de tendência que nos diz que já não estamos a conseguir fazer diminuir os números da pandemia”, disse Rezza, lembrando que os casos em Itália estavam a diminuir desde o final de março.

A variante Alfa continua a ser a dominante na Itália, embora se espere que a Delta a ultrapasse nas próximas semanas, já que “está a crescer progressivamente em todas as províncias italianas”, passando de 5,2% em maio para 27,7% em junho, explicou Silvio Brusaferro.

Apesar do aumento de casos, a pressão nos hospitais continua a diminuir: dos 41.396 positivos atuais para covid-19, 1.167 estão hospitalizados, 30 a menos que na quinta-feira, e 169 em unidades de cuidados intensivos (-11), enquanto mais de 75% dos infetados permanecem assintomáticos ou com sintomas leves.

A idade média de infeção na Itália caiu para 31 anos, devido ao efeito das vacinas, enquanto a dos hospitalizados é de 52 anos; a dos pacientes internados em unidades de cuidados intensivos é 63 e a dos falecidos é 78. Em relação à campanha de vacinação, já foram administradas 56.305.683 doses e 22.695.367 pessoas já receberam a totalidade das doses, correspondendo a 42,02% da população acima de 12 anos.

Todas as regiões da Itália estão na chamada “zona branca”, quase sem restrições devido à pandemia, e a máscara só é obrigatória em espaços fechados.

Esta semana, as autoridades alemãs voltaram a dar ‘luz verde’ a viagens com Portugal. Berlim tinha colocado Portugal fora da lista de países seguros no passado dia 29 de junho.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Pedri vai superar recorde de Bruno Fernandes

Ainda falta um jogo para a seleção espanhola nos Jogos Olímpicos e, por isso, o jovem do Barcelona vai jogar 73 vezes nesta temporada. A Espanha vai disputar o número máximo de jogos possível no torneio …

Governo duplica ajuda a bares e discotecas

O Governo vai duplicar o limite máximo dos apoios, através do programa Apoiar,  a empresários em nome individual de setores que se mantêm encerrados por lei. O Governo decidiu não só prolongar o programa Apoiar para …

Brasil. Tribunal vai investigar Bolsonaro por alegações de fraude eleitoral

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) do Brasil decidiu na segunda-feira abrir uma investigação contra o Presidente Jair Bolsonaro. Em causa estão as suas declarações sobre fraude nas eleições do próximo ano. Segundo avançou a agência France …

Jantar do Chega com 170 pessoas. MP acusa Ventura de crime de desobediência

O líder do Chega, André Ventura, foi acusado pelo Ministério Público de ser coautor material do crime de desobediência, pelo jantar-comício organizado em Braga em plena pandemia. O Ministério Público acusou esta terça-feira o ex-candidato presidencial …

TAP. Bruxelas reconhece importância de salvar companhia mas sem distorcer concorrência

A Comissão Europeia reconhece a importância de o Estado português salvar a TAP, mas receia que o auxílio de 3.200 milhões à reestruturação viole as regras de concorrência e duvida que o mesmo garanta de …

Há 101 concelhos sem farmácias com testes comparticipados

Apesar de 461 farmácias já poderem fazer vender testes à covid-19 comparticipados, ainda há 101 concelhos sem qualquer apoio do Estado. Apesar de o Governo ter decidido comparticipar, há cerca de um mês, a 100% a …

Ataque ao Capitólio. Mais dois polícias cometeram suicídio, elevando o total para quatro

Depois da morte de dois agentes poucos dias depois do ataque, a Polícia Metropolitana confirmou que em Julho mais dois polícias que defenderam o Capitólio cometeram suicídio. Mais dois agentes de polícia que responderam à insurreição …

"Estamos do seu lado", garante Boris Johnson à opositora bielorrussa

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, disse esta terça-feira à líder da oposição bielorrussa no exílio, Svetlana Tikhanovskaya, que está “do seu lado” e do da Bielorrússia. Johnson manifestou “o seu forte apoio” a Tikhanovskaya “e ao …

Grupos negativos com "reservas muito em baixo". Federação apela para dádiva de sangue antes das férias

Federação Portuguesa de Dadores Benévolos de Sangue (FEPODABES) apelou esta terça-feira à dádiva de sangue antes de férias e sublinhou a necessidade de sangue dos grupos O-, A- e B -, que têm as reservas …

Multas nas praias. Falta de máscaras e ajuntamentos são as ações mais observadas pela polícia

A época balnear voltou a iniciar-se de uma forma diferente dos outro anos, com regras para os banhistas e donos de concessões. Quem não cumprir está sujeito a multas - o que tem sido uma …