Israel quer vacinar metade da população até ao fim de janeiro. Pandemia deverá ficar “para trás” em março

Amir Cohen / EPA

Benjamin Netanyahu foi o primeiro israelita a ser vacinado

Com quase 9 milhões de habitantes, Israel deu início ao seu programa de vacinação. O Governo já faz previsões positivas e assegura que se tudo correr bem, a pandemia no país está quase no fim.

Desde o início da vacinação, que o sistema de saúde de Israel já administrou mais de 400 mil vacinas. Este é o país onde o processo de vacinação está a ocorrer de forma mais rápida.

Segundo uma análise da Universidade de Oxford, Israel apresenta a maior taxa proporcional de vacinação, uma vez que 4,37% da população já foi imunizada. De seguida no ranking aparece o Barein (3,15%), Reino Unido (1,18%) e Estados Unidos (0,59%). Atualmente, quase 5 milhões de pessoas de 43 países já foram vacinadas contra a covid-19.

O governo israelita abriu postos de vacinação 24 horas por dia, 7 dias por semana, para tentar acelerar a processo de imunização. Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro do país, quer também que sejam aplicadas cerca de 150 mil doses diárias da Pfizer/BioNTech ainda em 2020.

Se assim for, a vacinação de metade da população pode ficar terminada até ao final de janeiro. De acordo com um relatório da Universidade Duke, nos EUA, Israel já comprou doses suficientes para imunizar toda a população inteira.

Até agora, Israel garantiu 8 milhões de doses da vacina Pfizer-BioNTech, 6 milhões da Moderna (já autorizada nos EUA) e 10 milhões da AstraZeneca-Oxford (não autorizada em nenhum país ainda).

O país registou quase 400 mil casos de covid-19 e 3.210 mortes, vivendo ainda um cenário onde está a haver um constante aumento do número de infeções. O avanço da pandemia levou o governo a iniciar no último domingo aquele que espera ser o último confinamento geral.

A quarentena vai durar pelo menos três semanas e tem como objetivo conter os contágios que estão a subir em grande escala, sobretudo nas duas últimas semanas, disse o Ministério da Saúde de Israel.

As vacinas representam uma “possibilidade muito alta de este ser o nosso último confinamento”, referiu Sharon Alroy-Preis, diretor dos serviços de saúde pública do ministério, à Rádio do Exército.

Se tudo ocorrer conforme está a ser planeado, Netanyahu afirmou que a imunização em massa e o controlo das infeções poderiam permitir que o país suspendesse em março de 2021 a situação de emergência que vigora desde o início da pandemia.

Caso o processo funcione, também poderia ajudar a uma possível reeleição de Netanyahu, após alguns passos menos positivos que incluem a suspensão do primeiro confinamento, a adoção inconsistente de restrições à circulação de pessoas e a lenta recuperação económica.

“Assim que terminarmos esta fase, em 30 dias podemos sair da pandemia do novo coronavírus, abrir a economia e fazer coisas que nenhum país pode fazer”, disse Netanyahu num discurso feito na televisão.

Ana Moura, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Mais de 246 mil eleitores vão hoje às urnas. Lisboa é o concelho com mais inscritos para voto antecipado

Os portugueses começam este domingo a deslocar-se às urnas, uma semana antes das presidenciais de 24 de janeiro, no chamado voto antecipado em mobilidade para o qual se inscreveram mais de 246 mil eleitores. Lisboa é …

Profissionais de saúde começam hoje a receber segunda dose da vacina

Até sexta-feira, tinham sido vacinadas 106 mil pessoas em Portugal continental, incluindo utentes e funcionários de lares de idosos. Os primeiros profissionais de saúde que foram vacinados contra a covid-19 no final do ano vão começar …

Garcia de Orta alerta para risco de pré-catástrofe. Hospital de Loures com doentes ventilados na urgência

O Hospital Garcia de Orta (HGO), em Almada, apresentava, este sábado, um total de 169 doentes com covid-19 internados, dos quais 18 em cuidados intensivos. Já o Hospital de Loures tinha 187 doentes com covid-19 …

Os novos robôs da Samsung fazem pequenas tarefas domésticas (e ainda lhe servem um copo de vinho)

O Samsung Galaxy S21 não é a única surpresa que a empresa tem preparada para 2021. A Samsung apresentou algumas propostas de robôs domésticos, na primeira grande feira de tecnologia do ano. A Samsung levantou um …

Cientistas desenvolveram mini-cérebros (quase) humanos

Cientistas norte-americanos enviaram para a Estação Espacial Internacional (EEI) aglomerados de células nervosas, chamadas de mini-cérebros, que estão, agora, a desenvolver-se de formas que os investigadores não imaginavam ser possível. Os organóides foram criados a partir …

Um medicamento comum utilizado para tratar a diarreia pode ajudar a combater células cancerígenas agressivas

Um fármaco comum prescrito para tratar a diarreia pode ajudar a combater um tipo agressivo de cancro cerebral (glioblastoma), sugere uma nova investigação levada a cabo pela Universidade de Frankfurt, na Alemanha. Em causa está …

"Bola de fogo" cruzou o céu sobre o Mediterrâneo a 105 mil quilómetros por hora

Uma "bola de fogo" atravessou o mar Mediterrâneo e o norte de Marrocos na noite de quarta-feira, a 105.000 quilómetros por hora. A bola de fogo foi observada por um projeto científico espanhol a uma velocidade …

Duterte rejeita que a filha o vá suceder na liderança das Filipinas. "Isto não é para mulheres"

O líder das Filipinas, Rodrigo Duterte, descartou, na quarta-feira, a hipótese de a filha o vir a suceder no próximo ano, acrescentando que a presidência não é tarefa para uma mulher por causa das …

"Uma memória a flutuar no oceano." Encontrada, dois anos depois, uma mensagem numa garrafa

Uma mensagem no interior de uma garrafa sobreviveu a uma viagem de dois anos pelo oceano. Recentemente, chegou às mãos de um ativista ecológico, enquanto limpava uma praia da Papua Nova Guiné. Em novembro do ano …

As células imortais de Henrietta Lacks revolucionaram a Ciência

O ano de 1951 foi muito importante no campo da biotecnologia e, surpreendentemente, tudo começou com a chegada de Henrietta Lacks a um hospital norte-americano. Descendente de escravos, Loretta Pleasant nasceu a 1 de agosto de …