Israel quer vacinar metade da população até ao fim de janeiro. Pandemia deverá ficar “para trás” em março

Amir Cohen / EPA

Benjamin Netanyahu foi o primeiro israelita a ser vacinado

Com quase 9 milhões de habitantes, Israel deu início ao seu programa de vacinação. O Governo já faz previsões positivas e assegura que se tudo correr bem, a pandemia no país está quase no fim.

Desde o início da vacinação, que o sistema de saúde de Israel já administrou mais de 400 mil vacinas. Este é o país onde o processo de vacinação está a ocorrer de forma mais rápida.

Segundo uma análise da Universidade de Oxford, Israel apresenta a maior taxa proporcional de vacinação, uma vez que 4,37% da população já foi imunizada. De seguida no ranking aparece o Barein (3,15%), Reino Unido (1,18%) e Estados Unidos (0,59%). Atualmente, quase 5 milhões de pessoas de 43 países já foram vacinadas contra a covid-19.

O governo israelita abriu postos de vacinação 24 horas por dia, 7 dias por semana, para tentar acelerar a processo de imunização. Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro do país, quer também que sejam aplicadas cerca de 150 mil doses diárias da Pfizer/BioNTech ainda em 2020.

Se assim for, a vacinação de metade da população pode ficar terminada até ao final de janeiro. De acordo com um relatório da Universidade Duke, nos EUA, Israel já comprou doses suficientes para imunizar toda a população inteira.

Até agora, Israel garantiu 8 milhões de doses da vacina Pfizer-BioNTech, 6 milhões da Moderna (já autorizada nos EUA) e 10 milhões da AstraZeneca-Oxford (não autorizada em nenhum país ainda).

O país registou quase 400 mil casos de covid-19 e 3.210 mortes, vivendo ainda um cenário onde está a haver um constante aumento do número de infeções. O avanço da pandemia levou o governo a iniciar no último domingo aquele que espera ser o último confinamento geral.

A quarentena vai durar pelo menos três semanas e tem como objetivo conter os contágios que estão a subir em grande escala, sobretudo nas duas últimas semanas, disse o Ministério da Saúde de Israel.

As vacinas representam uma “possibilidade muito alta de este ser o nosso último confinamento”, referiu Sharon Alroy-Preis, diretor dos serviços de saúde pública do ministério, à Rádio do Exército.

Se tudo ocorrer conforme está a ser planeado, Netanyahu afirmou que a imunização em massa e o controlo das infeções poderiam permitir que o país suspendesse em março de 2021 a situação de emergência que vigora desde o início da pandemia.

Caso o processo funcione, também poderia ajudar a uma possível reeleição de Netanyahu, após alguns passos menos positivos que incluem a suspensão do primeiro confinamento, a adoção inconsistente de restrições à circulação de pessoas e a lenta recuperação económica.

“Assim que terminarmos esta fase, em 30 dias podemos sair da pandemia do novo coronavírus, abrir a economia e fazer coisas que nenhum país pode fazer”, disse Netanyahu num discurso feito na televisão.

Ana Isabel Moura Ana Moura, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

Responder a Eu! Cancelar resposta

Maionese está a salvar tartarugas após derrame de petróleo em Israel

Membros do Centro Nacional de Resgate de Tartarugas Marinhas de Israel estão a usar maionese para limpar as vias respiratórias de tartarugas que inalaram petróleo em alto-mar. Israel fechou este domingo as praias mediterrânicas dias após …

Itália investiga empresas de entrega de comida. Há estafetas tratados "como escravos"

Itália está a investigar as empresas de entrega de comida online, com um promotor a lamentar que os estafetas que fazem as entregas, muitos deles imigrantes, são praticamente tratados "como escravos". Procuradores de Milão avançaram que …

O IONIQ 5 é o novo carro elétrico da Hyundai (e é enorme entre eixos)

O ano 2021 vai ser promissor na apresentação e lançamento de carros elétricos no mercado mundial. Algumas marcas, como a Hyundai, têm produtos prontos para serem comercializados. Agora, a marca sul-coreana apresenta o IONIQ 5. Com …

Em Moscovo, qualquer um pode ser vacinado contra a covid-19 (e até ganha um gelado)

Em Moscovo, capital da Rússia, a vacina Sputnik V está disponível gratuitamente a qualquer pessoa que queira ser vacinada desde 18 de janeiro. Os interessados não precisam de agendar a toma e até ganham um …

As abelhas convenceram-nos de que sabiam matemática. Mas mentiram-nos

O novo estudo não significa necessariamente que as abelhas não entendam números, mas sugere que os animais usam propriedades não numéricas para resolver problemas matemáticos. Vários estudos convenceram-nos de que as abelhas são pequenos génios matemáticos: …

Liam Thorpe era prioritário na vacinação contra a covid-19 por ter 6,2 cm. Foi um erro

Liam Thorp, um homem de 32 anos sem comorbilidades, foi incorporado na lista de cidadãos prioritários para a vacinação contra a covid-19 no Reino Unido. Tudo por causa de um erro no sistema, que o registou …

Decisão de Lyon de retirar carne das ementas escolares gera protestos em França

A decisão temporária do presidente da Câmara de Lyon, membro do partido Europa Ecologia - Os Verdes, está a ser recebida com protestos em França. De acordo com o jornal The Guardian, Grégory Doucet decidiu retirar …

Roma 3-1 SC Braga | Minhotos despedem-se na Cidade Eterna

Portugal está sem equipas na Liga Europa 2020/21. O Sporting de Braga deslocou-se a Roma e perdeu por 3-1, terminando a eliminatória dos 16 avos-de-final com um agregado de 5-1, após a derrota por 2-0 …

Desenhe o seu próprio icebergue. Um site diz-lhe se flutua ou se vira

Joshua Tauberer criou um simulador de icebergues com o objetivo de demonstrar que a glacióloga Megan Thompson-Munson estava certa. "Um icebergue alongado não flutuaria de cabeça, mas de lado", disse a especialista na semana passada. A …

Divulgados vídeos que sugerem como poderão ser os primeiros óculos de Realidade Aumentada da Samsung

A Samsung tem falado de óculos de Realidade Aumentada (RA) há anos, tendo recentemente lançado um conjunto básico de óculos de projeção de imagem no palco CES 2020. Porém, nunca tinha sido visto a empresa …