INEM não revela as horas a que prestou socorro às vítimas de Pedrógão

Paulo Cunha / Lusa

Incêndio em Pedrógão Grande

Os registos do INEM foram feitos à mão e, sete meses depois, ainda não foram informatizados. O instituto recusa o acesso aos documentos, por estarem alegadamente em “segredo de justiça”.

Devido à agitação que se gerou em torno do incêndio de Pedrógão Grande, com as grandes dificuldades que se fizeram sentir nos contactos – quer via rede telefónica, quer via Internet – os registos obrigatórios de cada meio de socorro do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) foram feitos à mão.

Esta sexta-feira, o Público avança que esta foi uma situação excecional. Contudo, sete meses depois da tragédia, estes registos ainda não foram atualizados no sistema informático, dificultando assim toda a investigação.

Questionado pelo jornal, o INEM confirmou que “todas as ocorrências devem e têm de ser registadas no sistema informático dos CODU – Centro de Orientação de Doentes Urgentes – do INEM”. No entanto, devido às condições particulares do que aconteceu em Pedrógão “os registos foram sendo feitos manualmente ou em sistemas complementares”.

O INEM justifica-se com o facto de os operacionais escolherem a forma que consome “menos tempo possível” no terreno, lembrando também as falhas que aconteceram na rede de comunicações.

Além disso, o INEM não revela a que horas ativou cada meio, admite não saber a hora exata a que alguns meios chegaram junto das vítimas e recusa o acesso a documentos que o poderiam comprovar, por estarem, alegadamente, em segredo de justiça.

“Em alguns casos, o INEM não dispõe de informação precisa sobre a hora exata a que os meios chegaram junto das vítimas”, refere o INEM ao jornal. Sobre este assunto, recorda ainda as dificuldades nas comunicações que acabaram por “condicionar negativamente”, impedindo o registo.

Depois do relatório do professor Domingos Xavier Viegas, em que foram identificadas situações em que o socorro às vítimas terá falhado, as queixas e dúvidas sobre o INEM aumentaram, levando o Ministério Público a alargar o âmbito da investigação.

A colaboração com o Ministério Público é assumida pelo INEM, que recusou ao Público a consulta de vários documentos por estarem em “segredo de justiça”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Mais de 200 sismos em Yellowstone colocam supervulcão em risco de erupção

Especialistas em atividade sísmica informam que a atividade começou, naquela zona, a 8 de fevereiro, mas desde o dia 15 que tem vindo a acelerar e aumentar de magnitude, o que pode colocar o supervulcão …

Comic Con Portugal troca Matosinhos por Oeiras

A edição de 2018 da Comic Con Portugal vai realizar-se no concelho de Oeiras, e não em Matosinhos como nos últimos anos, de acordo com um comunicado divulgado esta terça-feira pela autarquia presidida por Isaltino …

A 24 de março, estudantes americanos vão marchar pelas suas vidas em Washington

Um grupo de estudantes que sobreviveu ao tiroteio da semana passada, numa escola de Parkland, na Flórida, está a preparar uma marcha em Washington para exigir mudanças na política de armamento dos Estados Unidos. Os sobreviventes do …

Oxfam: mais 26 casos denunciados e cada vez menos financiamento

A Oxfam revelou que recebeu 26 novas denúncias de má conduta sexual por parte de funcionários. A confirmação foi dada esta terça-feira por Mark Goldring, presidente executivo da organização, no parlamento britânico. Desde que o escândalo …

Exército alemão sem equipamentos básicos como coletes de protecção e abrigos de Inverno

A Alemanha, uma das principais economias da Europa, tem um dos exércitos mais mal equipados da NATO, de acordo com um documento confidencial do Ministério da Defesa alemão que foi divulgado por órgãos de informação. Segundo …

Vítor Constâncio deixa BCE com reforma milionária

Quando em Maio deixar o cargo de vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE), Vítor Constâncio vai ter direito a uma "reforma dourada" de 25 mil euros por mês. Os números correspondem à pensão do BCE …

Hugo Soares acusa direção do PSD de "desrespeito institucional grave"

O presidente do PSD não convocou o líder parlamentar, Hugo Soares, para a Comissão Permanente nem para Comissão Política Nacional. Estatutos dizem que presidente da bancada tem assento nos órgãos. O Observador avança que hoje, pelas …

Análises ao sangue e urina poderão detetar precocemente doenças do espectro do autismo

Análises inovadoras ao sangue e à urina poderão vir a detetar precocemente o autismo nas crianças, ligado a danos nas proteínas que estão no plasma sanguíneo. Uma equipa de cientistas baseada na universidade britânica de Warwick …

Torres do Estabelecimento Prisional de Lisboa estão sem vigilância durante 14 horas por dia

As torres do Estabelecimento Prisional de Lisboa (EPL), onde no início de fevereiro houve desacatos com os reclusos, estão sem vigilância durante 14 horas por dia. O aviso é do Sindicato Nacional do Corpo da Guarda …

Novos modelos fornecem informações do coração da Nebulosa Roseta

Uma nova investigação, liderada pela Universidade de Leeds, fornece uma explicação para a discrepância entre o tamanho e idade da cavidade central da Nebulosa Roseta e o tamanho e idade das suas estrelas centrais. A Nebulosa …