INEM não revela as horas a que prestou socorro às vítimas de Pedrógão

Paulo Cunha / Lusa

Incêndio em Pedrógão Grande

Os registos do INEM foram feitos à mão e, sete meses depois, ainda não foram informatizados. O instituto recusa o acesso aos documentos, por estarem alegadamente em “segredo de justiça”.

Devido à agitação que se gerou em torno do incêndio de Pedrógão Grande, com as grandes dificuldades que se fizeram sentir nos contactos – quer via rede telefónica, quer via Internet – os registos obrigatórios de cada meio de socorro do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) foram feitos à mão.

Esta sexta-feira, o Público avança que esta foi uma situação excecional. Contudo, sete meses depois da tragédia, estes registos ainda não foram atualizados no sistema informático, dificultando assim toda a investigação.

Questionado pelo jornal, o INEM confirmou que “todas as ocorrências devem e têm de ser registadas no sistema informático dos CODU – Centro de Orientação de Doentes Urgentes – do INEM”. No entanto, devido às condições particulares do que aconteceu em Pedrógão “os registos foram sendo feitos manualmente ou em sistemas complementares”.

O INEM justifica-se com o facto de os operacionais escolherem a forma que consome “menos tempo possível” no terreno, lembrando também as falhas que aconteceram na rede de comunicações.

Além disso, o INEM não revela a que horas ativou cada meio, admite não saber a hora exata a que alguns meios chegaram junto das vítimas e recusa o acesso a documentos que o poderiam comprovar, por estarem, alegadamente, em segredo de justiça.

“Em alguns casos, o INEM não dispõe de informação precisa sobre a hora exata a que os meios chegaram junto das vítimas”, refere o INEM ao jornal. Sobre este assunto, recorda ainda as dificuldades nas comunicações que acabaram por “condicionar negativamente”, impedindo o registo.

Depois do relatório do professor Domingos Xavier Viegas, em que foram identificadas situações em que o socorro às vítimas terá falhado, as queixas e dúvidas sobre o INEM aumentaram, levando o Ministério Público a alargar o âmbito da investigação.

A colaboração com o Ministério Público é assumida pelo INEM, que recusou ao Público a consulta de vários documentos por estarem em “segredo de justiça”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Augusto Inácio (de) novo diretor-geral do Sporting

O Sporting anunciou hoje, através de um comunicado, que o novo diretor-geral de futebol é Augusto Inácio, que regressa assim aos «leões» para substituir André Geraldes. No mesmo comunicado, pode ler-se que o presidente do Sporting, …

Morreu Júlio Pomar

O pintor e artista plástico português Júlio Pomar faleceu esta terça-feira, no Hospital da Luz, em Lisboa. Tinha 92 anos. O artista plástico português faleceu esta terça-feira, aos 92 anos, em Lisboa. O pintor modernista é …

Jovem britânico em fuga responde à polícia no Facebook (e é detido)

A polícia de West Yorkshire, no Reino Unido, fez um apelo no Facebook a pedir informações sobre o paradeiro de um jovem. O próprio desaparecido respondeu ao apelo e foi detido. No texto publicado na rede …

Casa de 600 mil euros pode custar liderança do Podemos a Pablo Iglesias

O líder do Podemos e a companheira, porta-voz do partido, poderão renunciar aos seus cargos de deputados devido à polémica compra de uma vivenda de 600 mil euros. Segundo o Diário de Notícias, o líder do …

Sim, há igrejas para ateus. E são cada vez mais

O declínio constante da religião no mundo ocidental está atualmente a rever-se no crescimento das chamadas igrejas ateístas. De acordo com o Pew Research Center, os "religiosamente não filiados" são agora o segundo maior grupo religioso …

Mais de 80% dos doentes sem acesso a cuidados paliativos

Entre 69 a 82% dos doentes que morrem em Portugal necessitam de cuidados paliativos, mas mais de 80% não os têm porque as respostas são insuficientes. Os maiores hospitais do país, incluindo o Instituto Português de …

Atentado no Afeganistão faz pelo menos 16 mortos e 38 feridos

Pelo menos 16 pessoas morreram e 38 ficaram feridas, na explosão de uma camioneta armadilhada em Kandahar, sul do Afeganistão, no momento em que agentes da polícia tentavam desarmadilhá-la, anunciaram as autoridades. "Os últimos números disponíveis …

Giuseppe Conte: um desconhecido sem experiência política para dirigir o Governo italiano

Giuseppe Conte é o nome proposto ao presidente pela Liga e pelo Movimento 5 Estrelas. O Presidente italiano, Sergio Mattarella, terá a última palavra em relação à escolha do primeiro-ministro. Giuseppe Conte. É este o nome …

Detidos por álcool e droga vão ser enviados para consultas médicas

Quem conduzir sob o efeito de álcool ou de estupefacientes vai ser encaminhado para consultas médicas em vez de ser punido com penas de prisão ao fim de semana ou trabalho comunitário. Retirar pessoas das cadeias …

Há 20 anos, com muito "cagaço", vulcões e o Gil, a Expo98 mudou Lisboa (e o país)

Foi há 20 anos que a Expo 98, inaugurada a 22 de Maio de 1998, transfigurou a zona oriental de Lisboa, mas também mudou a face do país, naquele que foi o primeiro grande evento …