Hyperloop: o comboio mais rápido que avião passou o primeiro teste

Uma startup norte-americana construiu, no deserto do Nevada, a norte de Las Vegas, a primeira pista de testes em larga escala para o Hyperloop, o sistema de transportes revolucionário inventado por Elon Musk.

A startup Hyperloop One acelerou um veículo de testes numa via férrea em velocidades de quase 500 km/h, utilizando a tecnologia de propulsão do Hyperloop. O resultado foi algo parecido com uma montanha-russa muito rápida.

O Hyperloop é um meio de transporte revolucionário cujo conceito teórico foi inventado em 2012 pelo visionário dono da Tesla e SpaceX, Elon Musk.

Em 2013, Elon Musk apresentou o design alpha do seu Hyperloop como um sistema terrestre de cápsulasde alumínio disparadas a alta velocidade em tubos de aço elevados sobre pilares, super rápido e seguro, que nos pode levar do Porto a Faro em 30 minutos.

“Este sistema novo de transportes que tenho em mente, nunca terá acidentes, é imune ao tempo e anda 3 a 4 vezes mais rápido que um comboio de alta velocidade. Pode partir exactamente à hora a que chegamos para o apanhar, e levar-nos de Los Angeles a São Francisco (552km) em 30 minutos. Custaria muito menos que um bilhete de avião ou viagem de carro, porque poderia ser movido a energia solar e ser auto-suficiente. É um quinto meio de transporte, depois do carro, barco, comboio e avião. Isto é possível, absolutamente”.

Na altura, Elon Musk cedeu os direitos da sua invenção e desafiou a humanidade a pegar na ideia para revolucionar o conceito de transporte interurbano terrestre.

Um grupo de visionários aceitou o desafio de Musk, e criou a Hyperloop One.

Usando um motor linear eléctrico para acelerar um veículo em hyperloop, os engenheiros da Hyperloop One realizaram agora um “teste de propulsão ao ar livre”, ou POAT, o primeiro teste em larga escala do que pode vir a ser o Hyperloop.

O veículo de teste, chamado de “trenó”, acelera dos 0 aos 160 km/h em cerca de um segundo – uma aceleração de uma força de cerca de 2.5Gs.

Hipoteticamente, o mesmo motor pode permitir a um veículo que seja melhor projectado do ponto de vista aerodinâmico alcance velocidades de mais de 1.100 km/h num tubo a baixa pressão.

O vice-presidente de engenharia da Hyperloop One, Josh Geigel, explica o uso de um sistema de propulsão eletromagnético. ”Ao contrário dos motores típicos, este não tem partes móveis”, diz Geigel, citado pelo Gizmondo.

Hyperloop One

-

Giegel descreve os motores como “lâminas” com cerca de 60 cm de altura por 15 cm de largura, que, quando alimentadas, criam energia electromagnética que reage com o veículo e o “empurra”.

Isso faz com que o Hyperloop seja semelhante a um motor de indução linear como os que se encontram nas montanhas-russas mais modernas, com carros a velocidades muito altas.

Mas ao contrário dos motores utilizados nas montanhas-russas ou nos comboios de alta velocidade, o ambiente de quase vácuo criado no tubo do Hyperloop diminui dramaticamente a fricção e reduz o número de motores necessários.

Ou seja, o trenó do Hyperloop só precisa de ter motores instalados na pista… de 80 em 80 km.

O Huperloop está a chegar. E está a chegar muito depressa.

ZAP / HypeScience

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Mais um titulo dos “bons”!…
    1º – Depende do avião…
    2º – O TGV, em Maio 1990 bateu o record de 515,3 km/h e em Abril 2007 atingiu 574,8 km/h

RESPONDER

Há uma galáxia semelhante à Via Láctea no Universo primitivo. É uma "arca do tesouro"

Uma equipa de astrónomos observou uma galáxia muito distante e, consequentemente, muito jovem, semelhante à Via Láctea. A galáxia está tão distante que a sua luz demorou mais de 12 mil milhões de anos a …

O trilionário asteróide Psyche pode ser o resto de um planeta que nunca se formou totalmente

Um novo estudo revela que o trilionário asteróide metálico Psyche se trata do remanescente de um núcleo planetário, que foi destruído durante a fase de acreção, o que fez com que o planeta nunca se …

Disney+ lança subscrição antecipada com desconto

A Disney+ acaba de lançar uma subscrição anual antecipada para Portugal. É possível subscrever o serviço de streaming a partir desta quinta-feira (13), por um preço reduzido. “Os fãs vão poder subscrever o Disney+ em Portugal …

Nasceu a primeira lula editada geneticamente

Uma equipa de cientistas recorreu à ferramenta de edição genética CRISPR para criar a primeira lula modificada geneticamente. Este avanço pode ajudar no estudo de doenças neurodegenerativas. As lulas são um dos animais mais inteligentes do …

O robô humanóide Pepper tem uma nova missão: garantir que toda a gente usa máscara

O robô humanóide Pepper já faz atendimento ao cliente, fornecimento de informações em estações de comboio, venda de smartphones e anotação de pedidos na Pizza Hut. Agora, tem uma nova missão de saúde pública: determinar …

Leipzig 2-1 Atlético | Alemães ganham asas e passam às “meias”

O 2.º semi-finalista desta edição da Liga dos Campeões está encontrado. Na noite desta quinta-feira em Alvalade, o Leipzig venceu o Atlético de Madrid por 2-1 e assegurou uma presença inédita nas meias-finais da prova …

EUA apreendem 1,6 milhões de euros em criptomoedas de organizações terroristas

O Departamento da Justiça dos Estados Unidos apreendeu 2 milhões de dólares (1,6 milhões de euros) em contas de criptomoedas que vários grupos, incluindo a Al-Qaida e o grupo ‘jihadista’ Estado Islâmico (EI), utilizavam para …

"Janelas de Vinho". Itália ressuscita tradição do tempo da peste

Centenas de bares e restaurantes italianos "ressuscitaram" a tradição antiga das chamadas "Janelas de Vinho" durante a pandemia de covid-19, tentando assim servir os seus clientes com o mínimo contacto pessoal. A tradição remonta aos …

Um dos maiores telescópios do mundo ficou gravemente danificado devido a um cabo partido

O radiotelescópio de Arecibo, um ícone da busca para entender o Universo, sofreu graves danos como resultado do rompimento de um cabo. A causa da quebra e quanto tempo o telescópio demorará a ser consertado …

Pumpkin Island já custou 78 dólares. Agora pode comprá-la por 17 milhões

Se ainda não decidiu onde passar férias fica aqui uma dica: uma ilha privada na costa da Austrália está à venda por 17 milhões de dólares (cerca de 14,5 milhões de euros). A Pumpkin Island …