Do Porto a Faro em 30 minutos. Que está Elon Musk a preparar agora?

E se houvesse um sistema terrestre de transportes movido a energia solar, que nunca tem acidentes, anda 2 vezes mais depressa que um avião, e que parte exactamente à hora a que chegamos para o apanhar?

Esta é a proposta de Elon Musk, o visionário bilionário que fundou o PayPal, a Tesla e a SpaceX, que vai ser apresentada no dia 12 de Agosto: o Hyperloop, um quinto meio de transporte, depois do carro, barco, comboio e avião.

Qualquer outro que apresentasse uma ideia tão revolucionária como esta seria considerado um louco. Mas Elon Musk não é um qualquer. O visionário de 42 anos, de origem norte americana / sul-africana,  começou a mudar o nosso o mundo em 2000 quando inventou o PayPal uma forma de os utilizadores da internet fazerem transacções comerciais sem usar cartão de crédito.

Em 2002 Musk vendeu o Paypal ao eBay e tornou-se bilionário. Mas não ficou parado a aproveitar a fortuna numa ilha das Caraíbas.

Em 2003, Musk usou parte da  fortuna e fundou a Tesla Motors, com uma proposta revolucionária: construir carros eléctricos tão velozes como os seus primos de combustão, mas com uma autonomia comparável.

Juntar estas duas características num só carro elétrico parecia impossível, mas Musk pegou no design original de um motor elétrico de Nicola Tesla, de 1882(!), e adaptou-o para construir os seus carros: o Tesla Model S, um familiar de luxo totalmente elétrico, e o Tesla Roadster, o primeiro desportivo eléctrico. Bonitos, rápidos, com autonomia, amigos do ambiente – apenas ainda um pouco caros.

Com o resto da fortuna que ganhou com a venda do PayPal, Elon Musk lançou-se também em 2002 em outro dos seus sonhos impossíveis que se transformam em realidade: a SpaceX (Space Exploration Technologies Corporation), uma companhia de transportes espaciais, concorrente da Virgin Galatic de Richard Branson.

A SpaceX desenvolveu os seus próprios foguetões lançadores Falcon e a nave Dragon, entrando para a história em 25 de Maio de 2012 ao ser a primeira companhia totalmente privada a entregar um carregamento na Estação Espacial Internacional (ISS), levado numa Dragon.

Pois é este mesmo Elon Musk que há um ano, em 12 de Julho, anunciou ao mundo a sua nova visão, o Hyperloop:

“Este sistema novo de transportes que tenho em mente, nunca terá acidentes, é imune ao tempo e anda 3 a 4 vezes mais rápido que um comboio de alta velocidade. Pode partir exactamente à hora a que chegamos para o apanhar, e levar-nos de Los Angeles a São Francisco (552km) em 30 minutos. Custaria muito menos que um bilhete de avião ou viagem de carro, porque poderia ser movido a energia solar e ser auto-suficiente. É um quinto meio de transporte, depois do carro, barco, comboio e avião. Isto é possível, absolutamente”.

Isso seria algo como fazer Porto-Faro em 30 minutos. Sem filas nem check-in. Elon só pode estar louco.

Mas no dia 15 de Julho, Elon anunciou no seu Twitter que no dia 12 de Agosto irá finalmente mostrar ao mundo o design da versão ‘alfa’ do seu ‘Hyperloop’.

Ninguém sabe ao certo o que é o Hyperloop de Musk, e todo o mundo ligado ao tema – na realidade, a muitos temas, desde os transportes e a energia até à ficção científica – estão a especular.

Sites como o GizMag, o Slate, ou o Extreme Tech estão a lançar ideais e suposições que vão desde a ‘levitação acústica‘, um ‘Lofstrom Loop‘, e até sistemas de ‘lançamento sub-orbital’.

A melhor aposta até agora parece ser a do engenheiro John Gardi, que propõe um circuito extra em cada extremidade do ‘loop’ para fazer o embarque e a aceleração para o ‘loop’ principal:

John Gardi

Modelo teórico do Hyperloop de John Gardi

Modelo teórico do Hyperloop de John Gardi

Musk diz apenas que o Hyperloop é uma espécie de mistura de Concorde terrestre com um canhão eletromagnético numa mesa de hockey aéreo, garante que o sistema não é um túnel – tanto pode ser usado à superfície como no subsolo – e não usa vácuo. Até porque um furinho no sistema de vácuo e bum, lá se iria o ‘à prova de acidente’.

Pela descrição de Musk, o sistema vai buscar as suas bases na Tesla, não na SpaceX.

Resta aguardar pelo dia 12, para que Elon Musk nos revele o seu Hyperloop. O que quer que seja, a sua importância poderá ser enorme e revolucionar o nosso conceito de transporte de massas – algo tanto mais importante quanto nos últimos dias as notícias de engarrafamentos de 300km para entrar em São Paulo, no Brasil, e de acidentes trágicos como o de um comboio descarrilado em Espanha e um autocarro em Itália, fazem-nos ter a certeza disto: precisamos de algo que mude de novo o nosso Mundo.

E se há alguém capaz de o fazer – outra vez – é Elon Musk.

AJB, ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Muitas excelentes invenções de Nikola Tesla já poderiam ter chegado até todos nós mais cedo se as agências secretas norteamericanas não tivessem roubado todo o seu material e apontamentos quando morreu. Primeiro são usadas pelos militares, só depois chega à população.
    Já podíamos ter tido electricidade wireless GRÁTIS há muito muito tempo…(!sim wireless e grátis,eram os seus planos originais). A bateria que este senhor Elon Musk “inventou” tb não é novidade nenhuma. Só para quem desconhece o magnífico trabalho de Nikola Tesla, um dos maiores génios que já viveu à face da Terra.

RESPONDER

Israel descobre túnel escavado desde a Faixa de Gaza

"O túnel, com várias dezenas de metros de comprimento, foi escavado em Khan Younès, no sul da Faixa de Gaza, e entra no território israelita", afirmou o porta-voz do exército, Jonathan Conricus, durante uma conferência …

Lei aprovada no Parlamento pretende facilitar prescrições de multas a partidos políticos

O projeto foi aprovado na generalidade no Parlamento, e está em discussão na especialidade. A Entidade das Contas e Financiamentos Políticos (ECFP) teme os efeitos da nova legislação sobre as prescrições de multas a partidos …

Noiva de Khashoggi processa príncipe herdeiro saudita

Hatice Cengiz, noiva de Jamal Khashoggi, colocou um processo contra o príncipe herdeiro saudita Mohammed bin Salman e outros alegados mentores do assassínio. A noiva do jornalista Jamal Khashoggi, assassinado na Turquia em outubro de …

Papa Francisco defende pela primeira vez uniões de facto para casais homossexuais

O Papa Francisco defendeu a regulação do casamento civil entre pessoas do mesmo sexo, afirmando que os homossexuais têm direito a constituir família. "Homossexuais têm o direito de constituir família. São filhos de Deus", defendeu o …

“Uma desgraça completa”. Ex-ministro do PSD arrasa atuação do Ministério da Saúde no combate à pandemia

O antigo governante do PSD Fernando Leal da Costa acusou esta quarta-feira o Ministério da Saúde de “falta de liderança” na gestão da pandemia de covid-19, e falou até de “uma desgraça completa” do ponto …

Ministro defende que investimento nas Forças Armadas “é tão relevante” como na saúde

O ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, destacou o papel das Forças Armadas no combate à pandemia de covid-19 e defendeu que o investimento público nesta área “é tão relevante” quanto na saúde ou …

Giro. João "Rosa" Almeida segura liderança da geral

O português João Almeida (Deceuninck-QuickStep) manteve esta quarta-feira a liderança da Volta a Itália em bicicleta, numa 17.ª etapa ganha pelo australiano Ben O'Connor (NTT). O'Connor, de 24 anos, cumpriu os 203 quilómetros entre Bassano del …

Investimento público atinge máximo de uma década em 2021

Dados do relatório do Orçamento do Estado mostram que o Governo conta terminar 2020 com um investimento público de 4.884 milhões de euros (75 milhões de euros a menos do que a previsão do Orçamento …

Audições urgentes pedidas pelo PS sobre StayAway Covid são por escrito ou em dezembro

O Parlamento aprovou, esta terça-feira, a audição de entidades e personalidades sobre a obrigatoriedade da aplicação Stayaway Covid, proposta pelo PS, "com caráter de urgência", por escrito ou em dezembro, após o debate do Orçamento …

Taxa de nascimentos de linces no Vale do Guadiana é a mais alta da Península Ibérica

A taxa de nascimentos na população de linces ibéricos no Vale do Guadiana é a mais elevada da Península Ibérica, segundo os resultados dos censos 2019 divulgados hoje pelo Instituto da Conservação da Natureza e …