Hyperloop: o comboio mais rápido que avião passou o primeiro teste

Uma startup norte-americana construiu, no deserto do Nevada, a norte de Las Vegas, a primeira pista de testes em larga escala para o Hyperloop, o sistema de transportes revolucionário inventado por Elon Musk.

A startup Hyperloop One acelerou um veículo de testes numa via férrea em velocidades de quase 500 km/h, utilizando a tecnologia de propulsão do Hyperloop. O resultado foi algo parecido com uma montanha-russa muito rápida.

O Hyperloop é um meio de transporte revolucionário cujo conceito teórico foi inventado em 2012 pelo visionário dono da Tesla e SpaceX, Elon Musk.

Em 2013, Elon Musk apresentou o design alpha do seu Hyperloop como um sistema terrestre de cápsulasde alumínio disparadas a alta velocidade em tubos de aço elevados sobre pilares, super rápido e seguro, que nos pode levar do Porto a Faro em 30 minutos.

“Este sistema novo de transportes que tenho em mente, nunca terá acidentes, é imune ao tempo e anda 3 a 4 vezes mais rápido que um comboio de alta velocidade. Pode partir exactamente à hora a que chegamos para o apanhar, e levar-nos de Los Angeles a São Francisco (552km) em 30 minutos. Custaria muito menos que um bilhete de avião ou viagem de carro, porque poderia ser movido a energia solar e ser auto-suficiente. É um quinto meio de transporte, depois do carro, barco, comboio e avião. Isto é possível, absolutamente”.

Na altura, Elon Musk cedeu os direitos da sua invenção e desafiou a humanidade a pegar na ideia para revolucionar o conceito de transporte interurbano terrestre.

Um grupo de visionários aceitou o desafio de Musk, e criou a Hyperloop One.

Usando um motor linear eléctrico para acelerar um veículo em hyperloop, os engenheiros da Hyperloop One realizaram agora um “teste de propulsão ao ar livre”, ou POAT, o primeiro teste em larga escala do que pode vir a ser o Hyperloop.

O veículo de teste, chamado de “trenó”, acelera dos 0 aos 160 km/h em cerca de um segundo – uma aceleração de uma força de cerca de 2.5Gs.

Hipoteticamente, o mesmo motor pode permitir a um veículo que seja melhor projectado do ponto de vista aerodinâmico alcance velocidades de mais de 1.100 km/h num tubo a baixa pressão.

O vice-presidente de engenharia da Hyperloop One, Josh Geigel, explica o uso de um sistema de propulsão eletromagnético. ”Ao contrário dos motores típicos, este não tem partes móveis”, diz Geigel, citado pelo Gizmondo.

Hyperloop One

-

Giegel descreve os motores como “lâminas” com cerca de 60 cm de altura por 15 cm de largura, que, quando alimentadas, criam energia electromagnética que reage com o veículo e o “empurra”.

Isso faz com que o Hyperloop seja semelhante a um motor de indução linear como os que se encontram nas montanhas-russas mais modernas, com carros a velocidades muito altas.

Mas ao contrário dos motores utilizados nas montanhas-russas ou nos comboios de alta velocidade, o ambiente de quase vácuo criado no tubo do Hyperloop diminui dramaticamente a fricção e reduz o número de motores necessários.

Ou seja, o trenó do Hyperloop só precisa de ter motores instalados na pista… de 80 em 80 km.

O Huperloop está a chegar. E está a chegar muito depressa.

ZAP / HypeScience

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Mais um titulo dos “bons”!…
    1º – Depende do avião…
    2º – O TGV, em Maio 1990 bateu o record de 515,3 km/h e em Abril 2007 atingiu 574,8 km/h

Responder a ZAP Cancelar resposta

"Não me sinto seguro sem uma". Venda de armas aumentou drasticamente nos EUA

Os EUA continuam a ser um dos países onde os cidadãos comuns têm mais facilidade em comprar armas de fogo. Esta é uma prática recorrente, e mais de um terço das famílias norte-americanas têm uma …

Pássaros de São Francisco aprenderam uma nova (e mais complexa) melodia durante a pandemia

Uma nova investigação científica relata que os pardais-de-coroa-branca de São Francisco, ave que vive nas zonas urbanas e rurais da cidade norte-americana, aprenderam uma nova e mais complexa melodia durante a pandemia. De acordo com …

Enorme espinha dorsal de tubarão-branco dá à costa em Massachusetts depois de uma tempestade

A espinha dorsal que se acredita pertencer a um espécime de tubarão-branco (Carcharodon carcharias) deu à costa numa praia em Massachusetts, nos Estados Unidos, depois de uma tempestade ter atingido a região. A espinha foi encontrada …

A China está a tornar-se o país com maior influência na ONU

Há dez anos, a China começou uma operação que lhe tem vindo a garantir mais influência nas Nações Unidas. Agora, o poder que possui na organização mundial protege o país asiático do escrutínio internacional. De acordo …

Uma droga pode tratar o nanismo (mas há quem defenda o "orgulho anão")

Um estudo vem agora revelar que uma droga pode tratar o nanismo. Porém, a possibilidade de haver um tratamento para esta condição clínica não é consensual. Um novo estudo, financiado pela BioMarin Pharmaceutical e publicado no …

Meghan Markle perde batalha judicial. Em causa está carta que enviou ao pai (divulgada por jornal britânico)

Depois de no passado mês de agosto, Meghan Marke vencer uma batalha judicial contra o Mail on Sunday, desta vez a Duquesa de Sussex não pode festejar mais uma vitória. A norte-americana perdeu a última …

Após acidente, robô-piloto voltou a levantar voo (e pilotou avião durante 2 horas)

O ROBOpilot, um piloto robótico não tripulado, levantou voo pela primeira vez no ano passado, mas sofreu danos durante um dos seus voos. Agora, está apto para voar novamente. No ano passado, um acidente forçou o Laboratório …

David Attenborough bateu um recorde mundial no Instagram (e destronou Jennifer Aniston)

O naturalista britânico David Attenborough destronou a atriz norte-americana Jennifer Aniston e tornou-se a pessoa a alcançar mais rapidamente um milhão de seguidores no Instagram, segundo os números do Guinness. David Attenborough, de 94 anos, …

Indonésia planeia atração turística com dragões de Komodo ao estilo de Jurassic Park

A Indonésia planeia construir uma atração ao estilo da saga Jurassic Park para que os turistas possam ver os famosos dragões de Komodo. De acordo com a revista Vice, em causa está uma proposta de …

Daniel Alves: uma camisola origina duas controvérsias

Internacional brasileiro vai defrontar o River Plate e apareceu com uma camisola do Boca Juniors. Poderá ter quebrado as regras da Conmebol. River Plate e São Paulo vão entrar em campo na próxima madrugada, para um …