“Saturação total”. Hospitais italianos recebem um novo caso de coronavírus a cada 5 minutos

Andrea Fasani / EPA

Com a maioria dos médicos italianos trabalhar no surto de coronavírus, um dos principais especialistas em doenças infeciosas alertou na quinta-feira que somente daqui a duas semanas o país verá a doença atingir o seu auge.

À ABC News, Massimo Galli, chefe da unidade de doenças infeciosas do Hospital Sacco, em Milão, disse que aquela unidade hospitalar está a receber novos pacientes a cada cinco minutos e que as instalações estão a chegar a um ponto de “saturação total”.

“Acho que os pacientes aumentarão por mais uma ou duas semanas”, indicou, acrescentando que a infeção pode continuar a espalhar-se durante mais quatro semanas.

Enquanto novos pacientes estão a ser internados a cada cinco minutos no Hospital Sacco, um dos maiores centros médicos da Itália, outros livres do vírus estão a receber alta a cada duas ou três horas, referiu o médico.

“Estamos a chegar perto do ponto em que não poderemos aceitar novos pacientes. Há uma completa saturação de camas”, informou Galli, acrescentando que os administradores dos hospitais estão à procura de edifícios alternativos para tratar os pacientes.

Na quarta-feira, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou o vírus uma pandemia, com mais de 120 mil pessoas infetadas em todo o mundo.

Fabio Frustaci / Lusa

As autoridades italianas avançam que o número de pessoas com casos confirmados de coronavírus é de pelo menos 12.462, com mais de 1.016 mortes. O país é o mais atingido na Europa, perdendo apenas para a China no número de casos.

Na segunda-feira, o primeiro-ministro italiano Guiseppe Conte instituiu o isolamento de milhões de pessoas, particularmente na região da Lombardia, que inclui Milão. Pediu às pessoas que evitassem as viagens e exigiu o encerramento das escolas e de todas as empresas, com exceção das farmácias e supermercados.

“Em Itália, temos que limitar os contatos sociais”, disse Galli à ABC News. “Dessa forma, estamos confiantes em limitar a disseminação da infeção”. Noutros países, incluindo os Estados Unidos (EUA), devem permanecer “extremamente alertas”, sublinhou.

“Na nossa opinião, a origem [do vírus em Itália] é de um pequeno surto que ocorreu em janeiro, devido ao contacto com mulheres que vieram da China para reuniões em Munique. As nossas sequências [genéticas do vírus] correspondem às encontradas em Munique”, explicou igualmente.

Galli acrescentou que, nos EUA, o vírus pode se espalhar rapidamente, a menos que sejam tomadas medidas importantes para desacelerá-lo. Nos EUA, eventos têm sido cancelados nos últimos dias, incluindo desfiles e encontros desportivos. A National Basketball Association (NBA) anunciou na quarta-feira a suspensão da temporada por tempo indeterminado e a National Hockey League (NHL) seguiu o exemplo na quinta-feira.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Este mês é perigosíssimo!" Costa avisa que "não podem ir à terra" na Páscoa

"As pessoas não podem ir à terra!" O alerta é de António Costa que avisa que este mês de Abril "é perigosíssimo" por causa da Páscoa. O primeiro-ministro recomenda também aos emigrantes que não venham …

13% dos casos de covid-19 em Portugal são profissionais de saúde. Há 10 médicos nos cuidados intensivos

Um em cada oito infetados com o novo coronavírus em Portugal é profissional de saúde. O número de médicos, enfermeiros, auxiliares e outros trabalhadores de hospitais e centros de saúde que estão contagiados não pára …

Curva em Itália parece estar a aplanar. Confirmado primeiro caso num campo de refugiados grego

A Itália registou mais 4.053 casos positivos e mais 837 mortes em 24 horas, valores semelhantes aos de segunda-feira e que sugerem que a curva da covid-19 parede estar a estabilizar. De acordo com o Observador, …

Há mais de 8 mil infetados e 187 mortes por covid-19 em Portugal

Há mais 27 mortes em relação a terça-feira, aumentando o número total de óbitos para 87. O número de casos confirmados em Portugal já ascende as 8 mil pessoas. O boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da …

Há falhas no sistema que regista casos de covid-19. A "esmagadora maioria" não vai ser contabilizada

O sistema que regista os casos de covid-19 em Portugal é "um pesadelo burocrático", denunciam os infecciologistas. A "esmagadora maioria" dos casos vai acabar por não ser notificada, acrescentam. O problema tornou-se público quando a Direção-Geral …

Mais de 3600 empresas já pediram acesso ao lay-off simplificado

O Governo já recebeu 3600 pedidos de empresas para aderirem ao regime lay-off lançado na semana passada, disse, esta terça-feira, a ministra do Trabalho e da Segurança Social. Ana Mendes Godinho, que falava aos jornalistas no …

Em tempos de crise, os emprestados podem ser a solução do Benfica

Bruno Varela, Cristián Lema, Filip Krovinovic, Gedson Fernandes e Diogo Gonçalves são hipóteses que Bruno Lage tem a seu dispor para regressar dos empréstimos. A suspensão das competições desportivas deixa muitos clubes entre a espada e …

Trump muda de discurso. Próximas duas semanas serão "dolorosas" e podem morrer 100 mil pessoas

Esta terça-feira, o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, falou ao país com um discurso mudado, mais pessimista e alarmista. Com o número de doentes infetados com covid-19 nos Estados Unidos a superar os 187 mil …

Autódromo do Algarve já pode receber corridas de Fórmula 1

Pista de Portimão deverá receber ainda este ano testes privados de uma das equipas do pelotão da Fórmula 1 e pretende candidatar-se a receber os testes de inverno a partir de 2021. O Autódromo Internacional do …

Medidas de contenção já salvaram 120 mil pessoas na Europa

As medidas de contenção adotadas por vários países europeus salvaram a vida de cerca de 120 mil pessoas na Europa, revela um novo relatório de investigadores britânicos. Um estudo do Imperial College London revela que as …