Há milhões de euros de multas por cobrar porque o sistema não funciona

O sistema de cobrança coerciva das multas passadas a quem viaja nos transportes públicos sem título válido continua sem funcionar, há mais de dois anos. Só no primeiro semestre deste ano, estão por cobrar 9,5 milhões de euros.

Um valor que foi apurado pelo jornal Público e que diz respeito a cerca de 61 mil multas e contra-ordenações passadas pelos fiscais nos transportes da CP, da Metro Lisboa e da Carris, da Metro Porto e da STCP.

Mas, além destas multas relativas aos primeiros meses de 2015, subsistem ainda “mais de 85 mil multas referentes ao ano de 2014″ por cobrar, conforme sustenta o mesmo diário.

Esta dificuldade de cobrança prende-se com o facto de o sistema de cobrança coerciva, mecanismo que pretendia combater a fraude nos transportes públicos e agilizar a cobrança das multas, continuar sem funcionar há mais de dois anos.

O Ministério das Finanças não avança explicações, nem estimativas quanto à data em que o sistema estará a funcionar.

O Público recorda que em Fevereiro passado uma fonte do ministério lhe garantiu que a sua implementação estaria “para breve”.

Entretanto, a CP vai começar a passar multas a quem não validar o passe, a partir do próximo mês de Outubro, o que vai avolumar o lote de cobranças por efectuar, a não ser que o sistema comece a funcionar até lá.

Convém lembrar ainda que as multas dos transportes públicos prescrevem ao fim de cinco anos.

ZAP

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Republiqueta das bananas verdes ou apodrecidas.O declínio de um país de incivilizados, governado por incompetentes e demagogos.Nada a fazer com “fruta” desta.

  2. E porque é que a cobrança coerciva das portagens funciona? Não vale a pena perguntar às finanças, porque só estão disponíveis para cobranças não para esclarecimentos. O público, como sempre, nunca tem razão. Só tem que pagar e mais nada, cara alegre. O mesmo se passa nos tribunais. Se nos formos queixar de quem nos deve, nunca conseguimos cobrar e mais, ainda temos que pagar as custas e o advogado. Eu não conheço um país onde o cidadão esteja tão desprotegido, nomeadamente quanto aos mais fortes que, mesmo sem qualquer razão, levam sempre a deles avante. E não muda. Vamos acreditar nesta corja de políticos? São os primeiros a legislarem contra o povo. Deveríamos poder mudar o Hino Nacional que assim ficaria: Heróis do mar, pobre povo nação descrente…

  3. É por isso que existem pessoas que tratam os transportes públicos como se fossem os seus carrinhos particulares. Entram, não pagam (já nem se dão ao trabalho de disfarçar) e se for preciso ainda causam distúrbios…

Águias-de-Bonelli encontradas mortas no Douro Internacional

Duas águias-de-Bonelli jovens foram encontrados mortas no Douro Internacional, após terem sido marcadas com emissores GPS em 2018 e 2019, anunciaram na segunda-feira técnicos ligados a um projeto ibérico de salvaguarda destas aves. "O facto de …

Governo ficou perto da promessa de contratar 5000 doutorados

A anterior legislatura ficou a apenas 49 contratos de cumprir a meta estabelecida pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Educação Superior. De acordo com o jornal Público, a promessa do ministro da Ciência, Manuel Heitor, de …

Fundador da Amazon investe nove mil milhões de euros para combater alterações climáticas

O fundador da empresa tecnológica norte-americana Amazon, Jeff Bezos, revelou na segunda-feira que vai investir dez mil milhões de dólares (mais de nove mil milhões de euros) da fortuna pessoal para encontrar soluções para combater …

Conselho de Ética desfavorável a projetos de lei sobre eutanásia

O Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida (CNECV) deu "parecer ético desfavorável" a quatro projetos de lei para a despenalização da morte medicamente assistida, que vão ser debatidos no Parlamento esta quinta-feira. Os …

Portugal considera "inamistosa e injustificada" a decisão da Venezuela sobre a TAP

O ministro dos Negócios Estrangeiros Augusto Santos Silva já reagiu às acusações de Caracas sobre o alegado transporte de explosivos feito pela transportadora portuguesa. O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, considera “inamistosa” e “injustificada” …

Presidente do Afeganistão reeleito para segundo mandato

O Presidente do Afeganistão foi reeleito para um segundo mandato com 50,64% dos votos, anunciou a comissão eleitoral independente afegã, esta terça-feira, ao divulgar os resultados definitivos das eleições realizadas em setembro passado. "A comissão eleitoral …

Mário Ferreira torna-se o segundo maior acionista da Cofina

O empresário português vai investir 20 milhões de euros no aumento de capital da Cofina, o suficiente para tornar-se o segundo maior acionista da empresa. De acordo com o semanário Expresso, o empresário Mário Ferreira deverá …

Índia dá às mulheres direitos iguais aos dos homens em cargos militares

O Supremo Tribunal indiano decidiu que as mulheres têm os mesmos direitos que os homens para assumir funções de liderança no exército da Índia e criticou os argumentos do Governo que considera perpetuarem "estereótipos de …

Identificado 12.º caso suspeito de coronavírus em Portugal

A Direção-Geral da Saúde (DGS) informou, esta terça-feira, que foi validado um novo caso suspeito de infeção por novo coronavírus (Covid-19) em Portugal. De acordo com o comunicado da Direção-Geral da Saúde (DGS), citado pelo jornal …

Autoridade Tributária alerta contribuintes para novo e-mail fraudulento

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) alertou, esta terça-feira, para um e-mail que está a ser enviado aos contribuintes, solicitando-lhes que regularizem dívidas fiscais e avisa que a mensagem é falsa e deve ser apagada. Num …