Guia de regresso às praias pronto até 6 de maio. Traz máscaras e distâncias mínimas

Paulo Cunha / Lusa

O regresso às praias em tempo de pandemia de covid-19 está a ser desenhado, devendo o guia final, que incluirá normas para que portugueses e estrangeiros desfrutem da época balnear, ser divulgado dentro de duas semanas, a 6 de maio.

A data é avançada esta quarta-feira pelo semanário Expresso, que dá conta que de uma reunião online que foi realizada para que comissão técnica de acompanhamento das águas balneares decidisse qual a melhor solução para o regresso à época balnear.

Ao todo, estiveram presentes no encontro, convocado pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA), mais de 30 pessoas e 11 entidades.

Os esforços destas pessoas entidades e pessoas visam um propósito comum: criar um “manual” para a época balnear, no qual constem regras e/ou restrições para que municípios, concessionários e utentes saibam como agir em segurança neste verão.

“O que vai acontecer é que vão ter de ser encontradas soluções para cada praia, adaptadas às suas características específicas”, explicou ao Expresso Catarina Gonçalves, a coordenadora do programa Bandeira Azul na Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE), que esteve presente na reunião.

O plano ainda não é totalmente conhecido, mas Catarina Gonçalves revelou algumas das regras discutidas na reunião desta quarta-feira: no regresso às praias, terá de haver um limite de pessoas por praia – uma espécie de “lotação máxima” – e será ainda necessário impor distâncias mínimas entre as sombras dos banhistas.

Além disso, deverá ser obrigatório o uso de máscaras em cafés e restaurantes, bem como o  cumprimento de determinados protocolos de higiene.

O Expresso frisa ainda que este manual deverá estar pronto a 6 de maio, data em que ocorre a próxima reunião da comissão de acompanhamento das águas balneares. Neste dia, deverá ser aprovado para ser, posteriormente, aplicado pelos municípios.

Arranque da época balnear adiado

A época balnear deste ano deverá arrancar a 1 de junho, altura em que as praias passarão a estar vigiadas por nadadores salvadores. O jornal Público, que dá conta da data, frisa que o arranque vai ocorrer mais tarde do que o habitual.

“Tendo em conta a atual situação de emergência de saúde pública devido à pandemia da covid-19, e a consequente declaração do estado de emergência, existe uma reconhecida incerteza se, nos períodos em que habitualmente se dava início à prática balnear [nomeadamente os que se iniciavam em maio], estarão reunidas as condições para tal atividade”, refere APAP numa resposta enviada ao jornal.

O objetivo passa por “garantir que a fruição das zonas balneares não configure um veículo de contaminação, devendo avaliar-se as condições de segurança necessárias aos banhistas, compromisso também no quadro de orientação comunitárias”.

A APA nota que, apesar de estar a avançar com esta data, o arranque pode ser novamente adiado, estando diretamente dependente da evolução da pandemia em Portugal.

O arranque da época balnear será condicionado pelo levantamento do estado de emergência, pelas “determinações governamentais sobre o regresso à atividade”, pelas orientações da Direção-Geral da Saúde (DGS) e pela “elaboração de regras bem definidas de funcionamento destes espaços”.

Portugal regista 785 mortos associados à covid-19 em 21.982 casos confirmados de infeção, segundo o boletim diário da DGS sobre a pandemia. Relativamente ao dia anterior, há mais 23 mortos (+3%) e mais 603 casos de infeção (+2,8%).

Portugal cumpre o terceiro período de 15 dias de estado de emergência, iniciado em 19 de março, e o decreto presidencial que prolongou a medida até 2 de maio prevê a possibilidade de uma “abertura gradual, faseada ou alternada de serviços, empresas ou estabelecimentos comerciais”.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Eu estou a pensar em ir todo nu apenas com os calções a servir de máscara. Acho que assim ninguém se aproximará muito 🙂

  2. Deverá ser obrigatório o uso de máscaras em cafés e restaurantes. Questiono eu: como vamos comer e beber?
    Será que vão fabricar máscaras apropriadas para poder ingerir alimentos e bebidas?

RESPONDER

Robôs "burros" trabalham em conjunto para realizar tarefas complexas

Uma nova pesquisa mostra que, ao mesmo tempo que aumentam as interações magnéticas, um enxame de robôs dispersos, chamados BOBbots, pode reunir-se em aglomerados compactos para realizar tarefas complexas. Fazer com que um enxame de robôs …

O uso doméstico de carvão na China resulta em mortes prematuras

Um novo estudo indica que, na China, a poluição da queima de carvão residencial causa um número desproporcional de mortes prematuras por exposição a poluentes minúsculos inaláveis, conhecidos como PM2.5. A combustão do carvão por centrais …

Estudo alerta para níveis preocupantes de produtos químicos tóxicos no leite materno

Um novo estudo, que analisou o leite materno de mulheres americanas quanto à contaminação por PFAS, detetou o produto químico tóxico em todas as 50 amostras testadas, e em níveis quase 2.000 vezes mais altos …

Dinheiro, imóveis e arte. João Rendeiro perde fortuna para o Estado

Um milhão e meio de euros em numerário, contas e ativos bancários, obras de arte e quatro imóveis em Lisboa, Cascais e Oeiras vão ser arrestados a João Rendeiro, ex-presidente do Banco Privado Português (BPP). Segundo …

A primeira eco-casa impressa em 3D "nasceu" em Itália

A empresa de impressão 3D WASP e o Mario Cucinella Architects concluíram a casa TECLA. É o primeiro modelo de habitação eco-sustentável a ser construído a partir de matérias-primas locais usando tecnologia de impressão 3D.  O …

Partido de Le Pen desviou 6,8 milhões de fundos europeus, segundo jornal francês

O partido francês de extrema-direita União Nacional (RN, sigla original), liderado por Marine Le Pen, terá desviado 6,8 milhões de euros de fundos do Parlamento Europeu, revela este domingo um inquérito policial noticiado pelo Le …

Proporção divina. Antiga fórmula grega pode ser responsável pelo sucesso dos musicais

Desde 1972, quando "Jesus Christ Superstar" estreou na Broadway, os mais populares musicais quase unanimemente empregaram uma fórmula centenária conhecida como “a proporção divina” - e, surpreendentemente, parecem tê-lo feito acidentalmente. A proporção divina é um …

Egito já iniciou obras de alargamento do Canal do Suez

A Autoridade do Canal do Suez iniciou este sábado obras para ampliar dez quilómetros do troço sul, onde o navio Ever Given encalhou em março passado, causando o bloqueio de uma das vias de navegação …

Museu do Prado descobre erro de 500 anos numa das suas esculturas

O Museu do Prado, em Madrid, descobriu que uma das suas esculturas, que se pensava ser do século XV, é afinal uma obra do século XX. Em comunicado, o museu espanhol explicou que a escultura – …

Costa entrou em “modo avestruz” e Cabrita é uma “mancha”. Líder do CSD não poupa nas críticas

Francisco Rodrigues dos Santos fez duras críticas ao primeiro-ministro, António Costa, e ao ministro da Administração Interna, Eduarda Cabrita. O presidente do CDS-PP disse que o primeiro-ministro entrou "em modo avestruz no caso João Galamba" referindo-se …