Guia de regresso às praias pronto até 6 de maio. Traz máscaras e distâncias mínimas

Paulo Cunha / Lusa

O regresso às praias em tempo de pandemia de covid-19 está a ser desenhado, devendo o guia final, que incluirá normas para que portugueses e estrangeiros desfrutem da época balnear, ser divulgado dentro de duas semanas, a 6 de maio.

A data é avançada esta quarta-feira pelo semanário Expresso, que dá conta que de uma reunião online que foi realizada para que comissão técnica de acompanhamento das águas balneares decidisse qual a melhor solução para o regresso à época balnear.

Ao todo, estiveram presentes no encontro, convocado pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA), mais de 30 pessoas e 11 entidades.

Os esforços destas pessoas entidades e pessoas visam um propósito comum: criar um “manual” para a época balnear, no qual constem regras e/ou restrições para que municípios, concessionários e utentes saibam como agir em segurança neste verão.

“O que vai acontecer é que vão ter de ser encontradas soluções para cada praia, adaptadas às suas características específicas”, explicou ao Expresso Catarina Gonçalves, a coordenadora do programa Bandeira Azul na Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE), que esteve presente na reunião.

O plano ainda não é totalmente conhecido, mas Catarina Gonçalves revelou algumas das regras discutidas na reunião desta quarta-feira: no regresso às praias, terá de haver um limite de pessoas por praia – uma espécie de “lotação máxima” – e será ainda necessário impor distâncias mínimas entre as sombras dos banhistas.

Além disso, deverá ser obrigatório o uso de máscaras em cafés e restaurantes, bem como o  cumprimento de determinados protocolos de higiene.

O Expresso frisa ainda que este manual deverá estar pronto a 6 de maio, data em que ocorre a próxima reunião da comissão de acompanhamento das águas balneares. Neste dia, deverá ser aprovado para ser, posteriormente, aplicado pelos municípios.

Arranque da época balnear adiado

A época balnear deste ano deverá arrancar a 1 de junho, altura em que as praias passarão a estar vigiadas por nadadores salvadores. O jornal Público, que dá conta da data, frisa que o arranque vai ocorrer mais tarde do que o habitual.

“Tendo em conta a atual situação de emergência de saúde pública devido à pandemia da covid-19, e a consequente declaração do estado de emergência, existe uma reconhecida incerteza se, nos períodos em que habitualmente se dava início à prática balnear [nomeadamente os que se iniciavam em maio], estarão reunidas as condições para tal atividade”, refere APAP numa resposta enviada ao jornal.

O objetivo passa por “garantir que a fruição das zonas balneares não configure um veículo de contaminação, devendo avaliar-se as condições de segurança necessárias aos banhistas, compromisso também no quadro de orientação comunitárias”.

A APA nota que, apesar de estar a avançar com esta data, o arranque pode ser novamente adiado, estando diretamente dependente da evolução da pandemia em Portugal.

O arranque da época balnear será condicionado pelo levantamento do estado de emergência, pelas “determinações governamentais sobre o regresso à atividade”, pelas orientações da Direção-Geral da Saúde (DGS) e pela “elaboração de regras bem definidas de funcionamento destes espaços”.

Portugal regista 785 mortos associados à covid-19 em 21.982 casos confirmados de infeção, segundo o boletim diário da DGS sobre a pandemia. Relativamente ao dia anterior, há mais 23 mortos (+3%) e mais 603 casos de infeção (+2,8%).

Portugal cumpre o terceiro período de 15 dias de estado de emergência, iniciado em 19 de março, e o decreto presidencial que prolongou a medida até 2 de maio prevê a possibilidade de uma “abertura gradual, faseada ou alternada de serviços, empresas ou estabelecimentos comerciais”.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Eu estou a pensar em ir todo nu apenas com os calções a servir de máscara. Acho que assim ninguém se aproximará muito 🙂

  2. Deverá ser obrigatório o uso de máscaras em cafés e restaurantes. Questiono eu: como vamos comer e beber?
    Será que vão fabricar máscaras apropriadas para poder ingerir alimentos e bebidas?

Cientistas descobrem os defeitos dentários que apodrecem os dentes

Os resultados deste novo estudo contribuem para o desenvolvimento de novos tratamentos para as cáries dentárias. Os investigadores capturaram o esmalte num detalhe sem precedentes. Uma equipa de investigadores está muito perto de descobrir aquilo que …

Balões da Google já "espalham" Internet nas vilas remotas do Quénia

Em 2013, surgiu a ideia de enviar balões para o Espaço próximo para conectar pessoas em locais do mundo sem Internet. A ideia, que parecia uma loucura, já é realidade. Depois de uma longa série de …

Descoberta nova espécie de dinossauro carnívoro em Portugal

Um novo género e espécie de dinossauro carnívoro terópode, cujos fósseis foram escavados em arribas dos concelhos de Torres Vedras e da Lourinhã, foi agora descrito na revista internacional "Journal of Vertebrate Paleontology" por paleontólogos …

The Crown. Afinal, vem aí uma sexta temporada

Peter Morgan, criador, produtor e argumentista de The Crown, anunciou esta quinta-feira (9), através do Twitter da plataforma de streaming Netflix, que a série britânica terá uma sexta temporada. “Quando começamos a discutir as histórias da …

Observatório Gaia revoluciona o rastreamento de asteroides

O observatório espacial Gaia da ESA é uma missão ambiciosa que tem o objetivo de construir um mapa tridimensional da nossa Galáxia, fazendo medições de alta precisão de mais de mil milhões de estrelas. No entanto, …

Tempestades de relâmpagos mataram 147 pessoas na Índia em apenas 10 dias

Tempestades de relâmpagos mataram 147 pessoas no estado de Bihar, no norte da Índia, no espaço de dez dias, noticia a AFP, que escreve que os números podem aumentar nos próximos tempos devido às alterações …

Investigação portuguesa descobriu 14 espécies marinhas com potencial para produção de antibióticos

Uma investigação conjunta da Universidade de Aveiro e da Universidade Católica descobriu 14 novas espécies e um género de fungos marinhos, com potencial para produção de antibióticos, revelou esta segunda-feira fonte académica. "Neste momento, estão a …

Impossíveis de cumprir. Directores preocupados com novas regras para as escolas

As orientações da Direcção Geral de Saúde (DGS) para as escolas com vista ao regresso das aulas presenciais, em Setembro, estão a preocupar os directores dos estabelecimentos de ensino. Isto porque as consideram impossíveis de …

Homicídios disparam na maioria das cidades norte-americanas durante a pandemia

O número de homicídios cometidos em solo norte-americano disparou na maioria das cidades do país na primeira metade de 2020, comparativamente com o mesmo período do ano passado, revela uma investigação do New York Times. …

Investigadores desenvolvem robô-cientista (e já descobriu um novo catalisador)

Uma equipa de cientistas da Universidade de Liverpool, no Reino Unido, construiu um robô-cientista móvel inteligente, que realiza experiências sem ajuda humana. O novo robô-cientista toma decisões sozinho e já descobriu um novo catalisador. Segundo a …