Governo confirma abertura para o regresso do público ao desporto

Tiago Brandão Rodrigues, ministro da Educação, confirmou nesta sexta-feira que o plano de desconfinamento, apresentado na ontem pelo primeiro-ministro, contempla o regresso de espetadores aos estádios e pavilhões desportivos. No entanto, o governante, remeteu a decisão final para a DGS.

“O plano de desconfinamento é claro e abre perspetivas ao regresso de público a eventos, seguindo as recomendações do trabalho técnico feito pelos especialistas. Também abre a perspetiva de regresso a eventos desportivos desse mesmo público, mas a decisão da presença de espetadores pertence, em última instância, à DGS e tudo está dependente da situação epidemiológica do momento em concreto”, frisou, numa conferência conjunta de apresentação das medidas de apoio à retoma.

Em causa está a possibilidade do regresso dos adeptos a partir de 19 de Abril e a partir de 3 de Maio – as datas exatas vão depender da dimensão dos eventos em causa.

“O compromisso do Governo com o sector do desporto é indiscutível e não é de hoje. Vem alavancar e facilitar o trabalho do Ministério da Educação. Tem sido um trabalho contínuo. Desde o início, houve uma preocupação constante com a salvaguarda do desporto, dentro das limitações impostas pela pandemia”, disse Brandão Rodrigues que também é responsável pela Secretaria de Estado da Juventude e do Desporto.

Em termos económicos, o governante tinha já detalhada os contornos do Fundo de Apoio para a Recuperação da Atividade Física e Desportiva, anunciado na quinta-feira pelo Governo, colocando a tónica nos 30 milhões de euros atribuídos a fundo perdido aos clubes.

“Apesar de toda a flexibilização que existiu na disponibilização de fundos e de o desporto ter já beneficiado a de um conjunto de medidas que ascendem a 76 milhões de euros (entre a aplicação do regime de lay-off e os 26 milhões de flexibilização tributária), aprovámos um significativo apoio de 65 milhões de euros”, referiu.

Para o total contribuem os tais 30 milhões de euros de apoio direto, um acréscimo de três milhões de euros no Programa de Reabilitação de Instalações Desportivas (PRID) e de dois milhões de euros no Programa Nacional de Desporto para Todos.

Os restantes 30 milhões serão disponibilizados através de uma linha de crédito, ao abrigo do Programa Federações+Desportivas, dirigida a federações com estatuto de utilidade pública desportiva.​

Relativamente ao assunto, Pedro Proença, presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), disse esperar que em 19 de abril possa voltar a haver público nos estádios.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Estamos do seu lado", garante Boris Johnson à opositora bielorrussa

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, disse esta terça-feira à líder da oposição bielorrussa no exílio, Svetlana Tikhanovskaya, que está “do seu lado” e do da Bielorrússia. Johnson manifestou “o seu forte apoio” a Tikhanovskaya “e ao …

Grupos negativos com "reservas muito em baixo". Federação apela para dádiva de sangue antes das férias

Federação Portuguesa de Dadores Benévolos de Sangue (FEPODABES) apelou esta terça-feira à dádiva de sangue antes de férias e sublinhou a necessidade de sangue dos grupos O-, A- e B -, que têm as reservas …

Multas nas praias. Falta de máscaras e ajuntamentos são as ações mais observadas pela polícia

A época balnear voltou a iniciar-se de uma forma diferente dos outro anos, com regras para os banhistas e donos de concessões. Quem não cumprir está sujeito a multas - o que tem sido uma …

EUA. Pelo menos dois feridos em tiroteio junto ao Pentágono. Edifício está encerrado

Um tiroteio esta terça-feira numa paragem de autocarros e metro junto ao Pentágono, em Arlington, Virgínia, nos Estados Unidos (EUA), causou pelo menos dois feridos. Segundo avançou o Correio da Manhã, imagens do local mostram os …

Ibiza planeia ter "detetives" estrangeiros infiltrados em festas ilegais

Medida tem como objetivo controlar as festas ilegais, promovidas com frequência nas redes sociais e que atraem locais, turistas e trabalhadores sazonais. Perante o número de casos crescente — a incidência está acima dos 1.800 casos …

Jogos Olímpicos: "Não temos naturalizados, não somos o Qatar"

Selecionador da seleção de andebol do Bahrein, que afastou Portugal dos quartos-de-final, lembra que muitos dos jogadores apurados são amadores. Portugal com dois pontos, Bahrein com dois pontos, Japão com dois pontos. Na diferença entre golos …

"Não acredito neste tempo! Não pode ser! Não pode ser!" - recorde mundial incrível em Tóquio

Adam Gemili protagonizou o momento mais dramático da manhã em Tóquio, mas o destaque vai para o incrível recorde mundial nos 400 metros barreiras. "Bem, não acredito neste tempo! Não é possível! 45.94! Não pode ser! …

PR promulga alterações à Lei da Defesa Nacional e Lei de Bases das Forças Armadas

O Presidente da República promulgou esta terça-feira os diplomas que alteram as leis da Defesa Nacional e da Orgânica de Bases da Organização das Forças Armadas, destacando que a versão final atenuou "uma ou outra …

Comprar casa. Guarda é a cidade onde os preços de venda são mais em conta

De acordo com dados divulgados pelo portal imobiliário Idealista, Lisboa é o município onde é mais caro comprar casa. Guarda é a cidade onde o preço por metro quadrado é mais baixo. Nos últimos anos, os …

Novo Presidente do Irão promete tentar levantar as sanções económicas

O ultraconservador iraniano Ebrahium Raissi, que tomou posse hoje como Presidente, disse que vai tentar o levantamento das sanções impostas pelos Estados Unidos, mas não espera o apoio "dos estrangeiros" para melhorar a situação económica …