Governo ignorou recomendação parlamentar na auditoria feita ao Novo Banco

Manuel De Almeida / Lusa

O primeiro-ministro António Costa e o ministro das Finanças Mário Centeno.

Mário Centeno e António Costa ignoraram a recomendação aprovada em Parlamento na sua auditoria ao Novo Banco. Os socialistas defendem que seria inconstitucional avaliar o desempenho do Banco de Portugal.

Uma proposta do PSD aprovada em Parlamento — apenas com a oposição do PS — recomendava ao Governo uma auditoria independente ao Novo Banco, de forma a analisar os créditos ruinosos concedidos e a venda à Lone Star, entre outros aspetos. Contudo, o Governo ignorou a recomendação na designação formal prevista pela lei da transparência na banca.

O diploma, que entrou em vigor este ano, obriga a um escrutínio externo quando há injeções estatais de capital. Este foi o caso do Novo Banco, que recebeu 1.149 milhões de euros do Fundo de Resolução — sendo que 850 milhões foram emprestados pelo Estado.

De acordo com o Expresso, a proposta do PSD previa que a auditoria se focasse também nas operações de crédito, investimentos, aquisição e venda de ativos, termos e condições de venda à Lone Star, gestão de imparidades, relações do Novo Banco e Lone Star, e atuação da comissão de acompanhamento.

Enquanto alguns destes aspetos estão previstos na lei, outros não. No entanto, como alguns destes pontos fazem uma espécie de análise ao trabalho do Banco de Portugal (BdP) como supervisor, o PS decidiu rejeitar a recomendação, já que o BdP não pode ser avaliado a pedido do Executivo. João Paulo Correia, deputado socialista, disse que a sua aprovação colocaria o Governo “numa situação muito desconfortável”.

Não ficaria bem ao Governo e tenho dúvidas que, do ponto de vista constitucional, pudesse auditar o Banco de Portugal”, disse ainda António Costa. O primeiro-ministro explicou que, neste caso, o melhor seria uma comissão parlamentar de inquérito.

A auditoria inicialmente prevista pelo Governo apenas pretendia analisar a origem dos créditos do Novo Banco, mas a lei da transparência bancária obriga a olhar até à última injeção estatal, em 2018. Mesmo após a alteração, Costa e Centeno não seguiram a recomendação do Parlamento, ignorando os quatro focos relativos à venda do banco à Lone Star.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Este governo já sabia que havia de alguém pagar a má gestão do Novo Banco, quem será?? Claro que é sempre o Zé pagante, auditorias para quê? Para dizer o obvio, BP inoperante e governo deixa andar.
    Este país cada vez está melhor, segundo o PM “maioria absoluta” Costa, mar de rosas para o Ricardo Salgado, uma pergunta: em que século o homem vai ser preso ou estão á espera que ele morra? Ou será mais um caso Sócrates. Ridículos quem nos desgoverna.

    • Sabia o governo e toda a gente, menos claro, o governo anterior, o Cavaco e o Marques Mendes!…
      :O banco é sólido e não terá custos para o contribuinte”, diziam eles…
      Agora é o que se vê:
      youtube.com/watch?v=QeQnAsZaiFE

RESPONDER

Estado injeta mais de 518 milhões de euros na CP

O Estado determinou a entrada de mais de 518 milhões de euros “em numerário” na CP para “cobertura de resultados transitados negativos”, de acordo com um comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários …

João Félix entre os nomeados para o prémio Golden Boy

João Félix está entre os 20 finalistas divulgados pelo jornal italiano Tuttosport para o prémio Golden Boy, que distingue o melhor jogador sub-21 do futebol europeu. O antigo jogador do SL Benfica, atualmente a jogar pelo …

"SNS não vai ao encontro das necessidades da população", diz a revista The Lancet

Portugal é um dos únicos quatro países, entre os 33 países analisados pela Organização Mundial de Saúde, que reduziu a despesa pública de saúde entre 2000-2017, alerta a revista The Lancet no seu editorial publicado …

Protestos e confrontos na Catalunha: "Começámos um ciclo de desobediência civil. Esta terça voltaremos a fazê-lo"

O Supremo Tribunal de Espanha condenou na segunda-feira nove dirigentes envolvidos no processo de proclamação de independência da Catalunha, em 2017, a penas entre os nove e os 13 anos de prisão, levando a protestos, …

"Desprezível". Bulgária-Inglaterra marcado por cânticos racistas e saudações nazis

O Bulgária-Inglaterra desta segunda-feira, no qual se disputou a qualificação para o Euro2020, ficou marcado por cânticos racistas e saudações nazis, tendo a partida que ser interrompida por duas vezes na primeira parte. A partida, que …

Manter ministro da Educação "seria uma afronta" aos professores

Se o próximo Governo renomear o atual ministro da Educação para o cargo "será uma provocação aos professores", disse Mário Nogueira, secretário-geral da Fenprof. Esta segunda-feira, o líder da Fenprof lançou acusações ao Governo de António …

O banco público "não serve para ser barato, serve para ser sustentável"

Paulo Macedo recusa veementemente que tenha havido um “aumento brutal” das comissões bancárias e classifica de “desinformação” as notícias que avançam um crescimento de 73% destas despesas. “Não houve qualquer aumento brutal das comissões cobradas pela …

Morreu o pintor Manuel Amado

O pintor Manuel Amado morreu, esta segunda-feira, em Lisboa, aos 81 anos, vítima de cancro, disse à Lusa fonte da família. Nascido em Lisboa, em 1938, formado em arquitetura, foi no entanto a pintura que o …

Estado obriga enfermeiros a devolver aumentos salariais

Os enfermeiros podem ser obrigado a devolver aumentos salariais no valor de quase 2 mil euros, que receberam desde o ano passado. O dinheiro advém do descongelamento das progressões nas carreiras da Função Pública. Cerca de …

O novo Oumuamua é surpreendentemente familiar

A revista científica especializada Nature Astronomy acaba de publicar novas informações sobre o cometa 2I/Borisov, o segundo objeto interestelar até agora detetado - é o "novo" Oumuamua. O novo artigo, publicado na Nature esta quinta-feira, …