Governo cria estágios para desempregados maiores de 30 anos

portugal.gov

O ministro da Solidariedade, Emprego e Segurança Social, Pedro Mota Soares

O ministro da Solidariedade, Emprego e Segurança Social, Pedro Mota Soares

Vem aí um novo programa de estágios para desempregados de longa duração com mais de 30 anos de idade. A medida está a ser preparada pelo governo e já acolhe as críticas das centrais sindicais.

Esta nova bolsa de estágios destina-se a candidatos com mais de 30 anos que estejam desempregados há mais de um ano.

Este programa, denominado “Reativar”, de acordo com a imprensa desta terça-feira, propõe estágios de seis meses com uma bolsa de remuneração entre os 419 e os 692 euros brutos, subsídio de alimentação e, nalgumas circunstâncias, ainda subsídio de transporte.

Os candidatos podem também ser emigrantes de volta a Portugal, caso estejam inscritos nos centros de emprego de outros países.

O Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) vai comparticipa 65% do valor da bolsa, ficando o restante a cargo das empresas. Mas, em determinadas situações, essa comparticipação pode subir, nomeadamente quando os estagiários tenham mais de 45 anos, estejam desempregados há mais de dois anos ou sejam vítimas de violência doméstica. Nestes casos, o IEFP suporta 80% dos custos.

A comparticipação do IEFP pode ainda aumentar caso as empresas onde se realizem os estágios tenham menos de 12 empregados e estejam a candidadatar-se, pela primeira vez, a uma bolsa de estágios.

A medida governamental em preparação merece já a crítica das centrais sindicais.

Pela parte da CGTP, Arménio Carlos diz na TSF que esta bolsa de estágios “só serve para manipular números em ano de eleições”. O sindicalista refere ainda que o programa vai motivar as empresas a terem “empregados de seis meses em vez de trabalhadores permanentes”.

Na UGT, Luís Correia considera que “a medida é pontual e não resolve o problema de fundo”, cita a TSF.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Eu pensava que o estagio era dirigido a quem tendo uma formação profissional ou academica, necessitasse de ter alguma experiencia para ingressar no mercado de trabalho.
    Isto cheira-me dar estagio a um desempregado de longa duração é dar-lhe certificação para continuar desempregado por muito mais tempo,e apesar de não gostar do Arménio, sou obrigado a dar-lhe razão

  2. Mais uma medida para conquistar votos em ano de eleições, apresentar resultados falsos afirmando que o desemprego desceu vertiginosamente durante o seu mandato, sendo uma medida que em nada vai melhorar a vida dos portugueses. Haverá, eventualmente, algum aproveitamento por parte de algumas empresas que conseguirão, quase a custo zero, trabalho de profissionais muitas das vezes com formação superior, que no final do dito estágio ficarão novamente desempregados, a ganhar zero e com uma frustração 6 vezes maior do que antes…

Em pânico, os norte-americanos estão a comprar pintainhos para lidar com a pandemia

Todo o mundo está a ser afetado pela pandemia de covid-19, tendo os norte-americanos, inicialmente, corrido aos supermercados para comprar o máximo de papel higiénico possível. Porém, agora, o produto é outro. De acordo com o …

20 anos depois, aldeias no Peru ainda sofrem com derrame de mercúrio

Em junho de 2000, um camião derramou mercúrio, da mina de ouro Yanacocha, a maior da América Latina, em três aldeias do Peru. 20 anos depois, os moradores ainda sofrem as consequências deste acidente. Quando Francisca …

Caso BPP. Ex-banqueiro João Rendeiro acusado de nova burla

O Ministério Público (MP) acusou o ex-presidente e fundador do BPP, João Rendeiro, de mais um crime de burla qualificada no caso BPP, segundo avança o Correio da Manhã. A acusação relaciona-se, de acordo com o …

EUA "confiscam" na Tailândia 200 mil máscaras que iam para a Alemanha

A polícia de Berlim, na Alemanha, encomendou 200 mil máscaras cirúrgicas a uma empresa americana. Porém, foram "confiscadas" em Banguecoque, na Tailândia, e desviadas para os Estados Unidos. O ministro do Interior de Berlim considerou o …

Valência chega a acordo com Diogo Leite. Saída do FC Porto estará quase consumada

O Valência tem 20 milhões de euros para oferecer ao FC Porto em troca do defesa-central Diogo Leite, com quem já terá chegado a acordo. De acordo com o jornal desportivo A Bola, Diogo Leite já …

Jornais espanhóis fazem boicote às "conferências-farsas" do Governo

Os jornais espanhóis, como o Libertad Digital, o El Mundo, o ABC e o Vozpópuli, estão a boicotar as conferências de imprensa do governo de Espanha, acusando-o de filtrar as perguntas dos meios de comunicação. Tudo começou …

Número diário de óbitos desce em Espanha. Mais um campo de refugiados grego em quarentena

Em Espanha, o número diário de óbitos por infeção de covid-19 tem mantido uma tendência de subida. Já na Alemanha, há menos casos, mas mais mortes. Espanha continua a manter a tendência de descida do número …

Trump diz que o pior está para vir (mas admite aliviar restrições para ir à missa na Páscoa)

Este sábado, o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, admitiu que o pior ainda está para vir e que ainda “vai haver muitas mortes". Depois, disse que está a pensar aliviar as restrições para permitir …

Covid-19. Mais 754 casos de infeção e 29 mortes em Portugal

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Deral da Saúde (DGS) este domingo, há 11.278 infetados por covid-19 em Portugal e 295 óbitos. O número de infetados por covid-19 subiu, este domingo, para um total …

Inspetores do SEF suspeitos de assassinar ucraniano foram identificados em carta anónima

Os três inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) suspeitos de assassinar um ucraniano no aeroporto de Lisboa foram identificados numa carta anónima enviada à Polícia Judiciária (PJ). De acordo com o semanário Expresso, a …