Governo esquece circos e é acusado de “xenofobia cultural”

Os profissionais circenses não foram incluídos nos apoios às artes e não lhes foi dada nenhuma indicação em relação a um possível retorno à atividade.

O processo de retorno à normalidade já começou e, enquanto alguns negócios já reabriram, outros terão de aguardar um pouco mais até esse ponto. No entanto, os proprietários e artistas de circo foram deixados às cegas pelo Governo, sem apoios e perspetivas de retorno à atividade.

Perante esta situação, pedem uma reunião urgente à ministra da Cultura, de forma a perceber porque é que a atividade circense não foi incluída nos apoios às artes. Ainda em março, o Governo anunciou uma linha de apoio de emergência, de um milhão de euros, para artistas e entidades culturais que estão “em situação de vulnerabilidade” e sem qualquer apoio financeiro. Os artistas de circo não foram incluídos.

“A Direção-geral das Artes gere os apoios da cultura em Portugal e não admite candidaturas do circo tradicional. Queremos saber porquê, já que isto só acontece em Portugal”, questionou o porta-voz do movimento associativista, Carlos Carvalho, à TSF.

Os profissionais do setor queixam-se de “xenofobia cultural” e pedem uma almofada financeira para fazer face à crise provocada pela pandemia de covid-19.

“Só existimos para a Cultura quando se trata de pagar. Pagamos todos os impostos como qualquer outra empresa”, lamenta ainda o porta-voz. “O circo é considerado Património Cultural da Europa pela União Europeia, porque engloba música, teatro, dança e acrobacia. Todas essas artes são apoiadas, mas o circo não é”.

“Estamos a ser vítimas de xenofobia artística e cultural”, atira Carlos Carvalho.

Os circos estão fechados desde março e, desde então, a faturação tem sido nula. Como tal, há famílias a passar dificuldades financeiras, já que os apoios não são suficientes. “Mais grave do que os prejuízos é haver artistas de circo que estão a receber 200 euros por mês ou 120 euros por mês. Há pessoas que já estão a fazer outras coisas porque têm de subsistir”, explica o porta-voz à TSF.

Os profissionais do setor querem indicações sobre quando poderão regressar à atividade e sugerem que o Governo olhe, por exemplo, para o modelo espanhol. Redução da lotação para um terço, modelo drive-in e espetáculos ao ar livre são algumas das opções para respeitar as medidas de contenção.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

PSD recusa negociar com Costa e Silva (só "se vier a ser ministro")

Rui Rio disse, esta segunda-feira, que António Costa pode escolher quem entender para conselheiro económico, mas o PSD só aceitará negociar com ministros. O líder do PSD, Rui Rio, disse estar de acordo com a decisão …

"Não haverá acordo" se Londres não respeitar compromissos, avisa Michel Barnier

O negociador europeu para a saída do Reino Unido da União Europeia (UE), Michel Barnier, sublinhou no domingo que "o tempo urge", avisando que não haverá acordo se Londres permanecer nas posições anteriores. "O Reino Unido …

Ex-Benfica Garay acusa Valência de "campanha difamatória"

Ezequiel Garay acusou o Valência de levar a cabo uma "campanha difamatória" contra si. "Dói ver estas coisas quando estão a prejudicar os que amas", disse o argentino. O ex-jogador do SL Benfica Ezequiel Garay cumpre …

O maior salto em cinco anos. Dívida pública atingiu recorde em abril

A dívida pública aumentou para 262,1 mil milhões de euros em abril, o valor mais alto desde 1995, segundo os dados divulgados pelo Banco de Portugal. A dívida pública aumentou para o valor recorde de 262,1 …

Diabéticos e hipertensos. PSD quer debater alteração que retirou estes doentes de regime excecional

O PSD pediu a apreciação parlamentar do decreto-lei que retirou doentes hipertensos e diabéticos do regime excecional de proteção relativo à covid-19. A apreciação parlamentar permite que a Assembleia da República debata, altere e, no limite, …

Norte sem contágios por covid-19. Grande Lisboa regista 96,5% dos novos casos

Portugal regista hoje 1.424 mortes relacionadas com a covid-19, mais 14 do que no domingo, e 32.700 infectados, mais 200, segundo o boletim da Direcção-Geral de Saúde (DGS). 193 dos novos casos são na área …

Aviões deixam de ter lotação reduzida a partir desta segunda-feira

Os aviões deixam, a partir desta segunda-feira, de ter a lotação de passageiros reduzida a dois terços, mas o uso de máscara comunitária é obrigatório. O Governo alinhou, assim, as regras nacionais pelas regras europeias no …

Marcelo pede que não se passe do "8 para o 80" e alerta para imagem do país

O Presidente da República reiterou hoje o apelo à população para que não se passe “do 8 para o 80” nas medidas de prevenção da covid-19, alertando para os riscos da imagem do país “cá …

Só metade das crianças deverá voltar ao pré-escolar esta segunda-feira

As crianças em idade pré-escolar regressam esta segunda-feira aos jardins de infância, que voltam a funcionar com novas regras, depois de encerradas durante mais de dois meses, devido à pandemia da covid-19. Apesar do regresso, que …

Dois astronautas (e um dinossauro de peluche) chegaram à EEI à boleia da SpaceX

Para além dos astronautas Doug Hurley e Bob Behnken, seguia a bordo da Crew Dragon um dinossauro de peluche com lantejoulas. E há uma explicação para isso. Este sábado, o foguetão Falcon 9, da SpaceX, fez …