Governo propõe aumentos para a função pública entre 5 e 35 euros

d.r. partidosocialista / Flickr

O ministro das Finanças, Mário Centeno

As propostas iniciais que o Governo apresentou para aumentar os salários da função pública variam entre cinco e 35 euros, dependendo do número de trabalhadores abrangidos.

Os aumentos para os funcionários públicos estão a ser negociados entre o Governo, BE, PCP e PEV no âmbito do Orçamento do Estado para 2019 (OE2019), não existindo ainda uma decisão final sobre esta questão.

Ainda assim, para o arranque das negociações, o Governo colocou em cima da mesa três cenários possíveis, sendo que um dos quais passava por um aumento de cinco euros para todos os funcionários públicos.

O valor que está a ser discutido deverá ser fixo – ou seja, não percentual – subindo à medida que o universo de trabalhadores abrangido encolhe, dando prioridade aos salários mais baixos, podendo atingir um aumento de cerca de 35 euros.

Alguns detalhes sobre as propostas do Governo foram avançados na sexta-feira à noite, na SIC, pelo antigo líder bloquista Francisco Louçã e confirmados pela Lusa. O fundador do BE considerou “esplêndido” o facto de o Governo ter mudado de posição, ao admitir aumentos em 2019 no Estado, mas sublinhou que as propostas são insuficientes, uma vez que os funcionários públicos não são aumentados há uma década.

“O problema é que as três propostas que o Governo fez até agora são muito reduzidas: cinco euros para cada funcionário público, só um pequeníssimo aumento para um terço deles, até 835 euros, ou só para um grupo ainda mais pequeno”, afirmou.

As negociações com os partidos ainda não estão fechadas e, na quinta-feira, o Ministério das Finanças recebe os três sindicatos da administração pública para mais uma ronda negocial sobre orçamento. Os sindicatos exigem aumentos salariais entre 3% e 4% para o próximo ano para todos os trabalhadores.

Na quinta-feira, o líder parlamentar do PS afirmou estar em estudo a possibilidade de o OE2019 contemplar um aumento do salário dos trabalhadores da administração pública, “pelo menos” nos níveis remuneratórios mais baixos.

“Pensamos que é possível trabalhar – e estamos a trabalhar – para ver se há também um aumento da remuneração base, pelo menos até a um determinado nível salarial”, disse o presidente do grupo parlamentar do PS.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Padres, provedores e autarcas. MP investiga casos de vacinação indevida

A investigação do Ministério Público (MP) e da Polícia Judiciária (PJ) conta já com 33 casos suspeitos de vacinação indevida, estendendo-se a padres, provedores de misericórdias, administradores hospitalares e autarcas. Desde o início da campanha da …

Atrasos na vacina da Pfizer condicionam vacinação de doentes de risco entre os 65 e os 79

A vacinação de doentes de risco entre 65 e os 79 anos está condicionada pela chegada de mais vacinas da Pfizer. Na união Europeia, Portugal é o quinto país com a percentagem mais elevada de doses …

Há uma geringonça (sem Bloco) a discutir quinzenalmente a execução orçamental

No ano passado, a abstenção do PCP de um empurrão na aprovação do Orçamento do Estado. O partido de Jerónimo de Sousa não desiste de exercer influência e de se consolidar como parceiro do Governo, …

Um jogo tem hora e meia, mas em Portugal só se jogam, em média, 49 minutos

Esta época, em média, o tempo útil de jogo na primeira divisão portuguesa é de apenas 49,26 minutos. Os árbitros são bodes expiatórios deste registo. Dizem as regras do futebol que um jogo tem 90 minutos, …

Governo não tem "qualquer intenção de nacionalizar a Groundforce"

O ministro das Infraestruturas garantiu, esta quinta-feira, que "o Governo não tem qualquer intenção de nacionalizar a Groundforce", dizendo acreditar que "o acionista privado vai compreender" que tem de dar garantias à TAP para receber …

Marcelo cria nova equipa em Belém para controlar "bazuca" europeia

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, criou uma equipa para manter uma vigilância apertada sobre a gestão do dinheiro que chega da "bazuca" europeia. Marcelo Rebelo de Sousa criou uma nova equipa para a …

Jogador mais caro da história do FC Porto vai reforçar o Portimonense

O FC Porto pagou 20 milhões de euros por Giannelli Imbula em 2015. O médio franco-congolês prepara-se agora para assinar pelo Portimonense como jogador livre. Giannelli Imbula está esta sexta-feira em Portimão para assinar contrato com …

Medina, ameaçado pela união das direitas, segura-se ao voto útil para ganhar Lisboa

Fernando Medina tem um duro desafio pela frente, depois de a direita ter dado as mãos em Lisboa, numa megacoligação encabeçada por Carlos Moedas. O socialista Fernando Medina está a ser ameaçado pela união da direita, …

Antigo manual egípcio revela novos detalhes sobre a mumificação

Uma equipa de investigadores descobriu um papiro médico com 3.500 anos que permitiu ajudar a recriar o processo de embalsamento para preparar os antigos egípcios para a vida após a morte. Este é o mais …

Lewandowski investigado por fuga ao fisco nos rendimentos publicitários

O polaco Robert Lewandowski, eleito pela FIFA melhor futebolista em 2020, não pagou impostos pelos seus rendimentos publicitários até 2016, de acordo com uma investigação revelada hoje pela revista Der Spiegel. Segundo a publicação germânica, que …