Ex-governador do Rio de Janeiro revela subornos a ex-procurador-geral de Justiça

O ex-governador do estado brasileiro do Rio de Janeiro Sérgio Cabral afirmou que pagou subornos ao ex-procurador-geral de Justiça Cláudio Lopes, envolvendo o Ministério Público daquela região na Operação Lava Jato.

Sérgio Cabral prestou o depoimento no dia 25 de março, no Complexo Penitenciário de Bangu, na Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro, onde está preso, afirmando que pagou 200 mil reais (cerca de 45 mil euros) a Cláudio Lopes, para o ajudar na campanha para o comando do ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) em 2009.

Cabral relatou ainda o pagamento mensal de 150 mil reais (cerca de 34 mil euros) ao ex-procurador-geral, após este ter assumido a chefia do MPRJ, com o intuito de se livrar de investigações.

Lopes comandou o Ministério Público do Rio entre 2009 e 2012, chegou a ser preso, em 8 de novembro, considerado culpado de receber cerca de sete milhões de reais (1,6 milhões de euros) em subornos para proteger uma organização criminosa liderada por Cabral. Um mês depois, o Tribunal de Superior Justiça (STJ) concedeu-lhe um habeas corpus e foi libertado.

O ex-governador do Rio de Janeiro, já condenado nove vezes, com penas que somam 198 anos de cadeia, declarou que no primeiro semestre de 2008, foi procurado por Cláudio Lopes, no Palácio Guanabara, tendo este alegadamente lhe pedido ajuda na eleição para o cargo de procurador-geral no ano seguinte.

“Ele disse: Olha, tenho muitos jantares, de muitos gastos e eu não tenho esses recursos. Eu tenho um grupo de amigos que me ajuda, mas isso não vai ser suficiente. Eu preciso que você… Eu precisaria de uma ajuda”, referiu Cabral no depoimento a que o GloboNews teve acesso.

“Eu disse que o pedia ajudar e ele falou que seria ótimo. Eu perguntei o que é que ele achava de 200 mil [reais], e ele falou que estava excelente”, relatou o ex-governador. O antigo político contou ainda que, mesmo depois de eleito procurador-geral de Justiça, Lopes continuou a pedir mais dinheiro porque precisava de fazer um “pé-de-meia”.

“Passou o carnaval e aí, em março, ele procurou-me outra vez e disse: Olha, é dura essa situação, eu tenho muitas preocupações com o meu futuro, a minha família, os meus filhos, a minha mulher. Eu ganho bem como procurador, mas, enfim, preciso de fazer um pé-de-meia’. Estava nítido para mim que era um pedido de apoio financeiro, e eu perguntei se ele queria um apoio mensal e ele disse que isso seria muito bom”, descreveu, acrescentando que decidiu ceder 150 mil reais mensalmente.

Sérgio Cabral disse ainda no seu depoimento que nomeou dois desembargadores ligados a outro ex-procurador do Rio de Janeiro, Marfan Vieira, em troca do arquivamento da investigação no episódio que ficou conhecido como a “farra dos guardanapos”. Na ocasião, secretários de Cabral e empresários foram fotografados com guardanapos na cabeça durante um jantar em Paris, em 2009.

Em comunicado, segundo o portal de notícias G1, Marfan declarou que as “imputações formuladas pelo ex-governador não coincidem com a cronologia dos factos narrados e não merecem qualquer credibilidade.

Lava Jato é a designação dada à vasta operação que investigou desvios milionários que ocorreram durante quase uma década na empresa estatal Petrobras e que levou à prisão de empresários e políticos, entre eles o ex-Presidente brasileiro Luíz Inácio Lula da Silva (2003-2011).

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Os asteróides Ryugu e Bennu podem ser "filhos" de um mesmo pai

Os asteróides Ryugu e Bennu podem ter sido formados a partir de um outro asteróide de grandes dimensões, sugere uma investigação internacional. Simulações numéricas de grandes ruturas de asteróides, como as que ocorrem no cinturão de …

Diário de oficial nazi revela localização de tesouro escondido na Polónia durante a 2.ª Guerra Mundial

Um diário que esteve na posse de uma sociedade secreta durante décadas contém um mapa que descreve a localização de mais de 30 toneladas de ouro escondidas pelos nazis durante a Segunda Guerra Mundial. Escrito há …

"Pés de café" ajudam robôs a andar mais rápido (e sem tropeçar)

Uma das principais aplicações para robôs com pernas é a exploração de locais de desastre. No entanto, para atravessar os escombros, estas máquinas precisam de ter "pés" firmes. Uma equipa de investigadores da Universidade da Califórnia, …

Famalicão 2-1 FC Porto | Dragões falham reentrada

O FC Porto ficou hoje com a liderança da I Liga portuguesa de futebol em risco, ao perder em casa do Famalicão, por 2-1, na 25.ª jornada, que marca o regresso após a paragem devido …

Empresas chinesas compram soja dos EUA apesar de suspensão imposta pelo Governo

Empresas estatais chinesas terão comprado pelo menos três carregamentos de soja aos Estados Unidos (EUA), mesmo após o Governo ter levantado uma suspensão. Esta surgiu depois de Washington afirmar que terminaria com o acordo comercial …

Musk quer bombardear Marte. Pode ser só um "pretexto" para enviar armas nucleares para o Espaço

O plano de Elon Musk de bombardear Marte é apenas um pretexto para o lançamento de armas nucleares para o Espaço, disse o diretor da agência espacial russa Roscosmos, Dmitry Rogozin. Bombardear Marte para tornar o …

Quase 20 mil toneladas de combustível derramadas em rio na Rússia

https://cache-igi.cdnvideo.ru/igi/video/2020/6/2/%D0%BD%D0%BE%D1%80%D0%B8%D0%BB%D1%8C%D1%81%D0%BA.mp4 Quase 20 mil toneladas de combustível foram acidentalmente derramadas num rio no extremo norte da Rússia, levando as autoridades a declarar uma situação de "emergência" e levantando preocupações entre ambientalistas e residentes. Em comunicado, a associação …

Mais verde e mais barato. Suécia segue a Alemanha e instala a primeira turbina eólica de madeira

A Suécia instalou uma nova e interessante turbina eólica: uma torre construída em madeira. A Alemanha também já tem esta nova tecnologia. Construída a partir de materiais de fontes sustentáveis e que oferecem desempenho comparável às …

Já não mostra só as filas do supermercado. App "Posso ir?" também diz se pode ir à praia

A aplicação móvel que permite aos utilizadores consultar as filas e as afluências aos supermercados também mostra como está a praia. Agora, a aplicação "Posso ir?" vai também dizer-lhe se é ou não prudente ir dar …

Discurso xenófobo. Na Áustria, "a islamofobia tornou-se uma forma dominante de racismo"

A Áustria regista um aumento preocupante do discurso xenofóbico, em particular em relação aos muçulmanos e refugiados, alerta um relatório do Conselho da Europa. A Comissão do Conselho da Europa contra o Racismo e a Intolerância …