Ex-governador do Rio de Janeiro revela subornos a ex-procurador-geral de Justiça

O ex-governador do estado brasileiro do Rio de Janeiro Sérgio Cabral afirmou que pagou subornos ao ex-procurador-geral de Justiça Cláudio Lopes, envolvendo o Ministério Público daquela região na Operação Lava Jato.

Sérgio Cabral prestou o depoimento no dia 25 de março, no Complexo Penitenciário de Bangu, na Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro, onde está preso, afirmando que pagou 200 mil reais (cerca de 45 mil euros) a Cláudio Lopes, para o ajudar na campanha para o comando do ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) em 2009.

Cabral relatou ainda o pagamento mensal de 150 mil reais (cerca de 34 mil euros) ao ex-procurador-geral, após este ter assumido a chefia do MPRJ, com o intuito de se livrar de investigações.

Lopes comandou o Ministério Público do Rio entre 2009 e 2012, chegou a ser preso, em 8 de novembro, considerado culpado de receber cerca de sete milhões de reais (1,6 milhões de euros) em subornos para proteger uma organização criminosa liderada por Cabral. Um mês depois, o Tribunal de Superior Justiça (STJ) concedeu-lhe um habeas corpus e foi libertado.

O ex-governador do Rio de Janeiro, já condenado nove vezes, com penas que somam 198 anos de cadeia, declarou que no primeiro semestre de 2008, foi procurado por Cláudio Lopes, no Palácio Guanabara, tendo este alegadamente lhe pedido ajuda na eleição para o cargo de procurador-geral no ano seguinte.

“Ele disse: Olha, tenho muitos jantares, de muitos gastos e eu não tenho esses recursos. Eu tenho um grupo de amigos que me ajuda, mas isso não vai ser suficiente. Eu preciso que você… Eu precisaria de uma ajuda”, referiu Cabral no depoimento a que o GloboNews teve acesso.

“Eu disse que o pedia ajudar e ele falou que seria ótimo. Eu perguntei o que é que ele achava de 200 mil [reais], e ele falou que estava excelente”, relatou o ex-governador. O antigo político contou ainda que, mesmo depois de eleito procurador-geral de Justiça, Lopes continuou a pedir mais dinheiro porque precisava de fazer um “pé-de-meia”.

“Passou o carnaval e aí, em março, ele procurou-me outra vez e disse: Olha, é dura essa situação, eu tenho muitas preocupações com o meu futuro, a minha família, os meus filhos, a minha mulher. Eu ganho bem como procurador, mas, enfim, preciso de fazer um pé-de-meia’. Estava nítido para mim que era um pedido de apoio financeiro, e eu perguntei se ele queria um apoio mensal e ele disse que isso seria muito bom”, descreveu, acrescentando que decidiu ceder 150 mil reais mensalmente.

Sérgio Cabral disse ainda no seu depoimento que nomeou dois desembargadores ligados a outro ex-procurador do Rio de Janeiro, Marfan Vieira, em troca do arquivamento da investigação no episódio que ficou conhecido como a “farra dos guardanapos”. Na ocasião, secretários de Cabral e empresários foram fotografados com guardanapos na cabeça durante um jantar em Paris, em 2009.

Em comunicado, segundo o portal de notícias G1, Marfan declarou que as “imputações formuladas pelo ex-governador não coincidem com a cronologia dos factos narrados e não merecem qualquer credibilidade.

Lava Jato é a designação dada à vasta operação que investigou desvios milionários que ocorreram durante quase uma década na empresa estatal Petrobras e que levou à prisão de empresários e políticos, entre eles o ex-Presidente brasileiro Luíz Inácio Lula da Silva (2003-2011).

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Mulher com síndrome de Down perde ação judicial contra a lei do aborto no Reino Unido

Na semana passada, uma mulher com síndrome de Down perdeu uma ação judicial contra o governo britânico por causa de uma lei que permite o aborto até ao fim da gestação de fetos que poderão …

Tribunal condena corticeira da Feira por despedir trabalhadora que denunciou assédio

A corticeira Fernando Couto foi condenada pelo Tribunal da Feira a pagar uma coima de cerca de 11 mil euros por ter despedido a operária Cristina Tavares, após esta ter denunciado ser vítima de assédio …

Dupla de cientistas apresenta uma nova abordagem para reciclar plástico

Um novo estudo oferece uma abordagem totalmente nova para reciclar plástico, tendo sido inspirada na forma como a natureza naturalmente "recicla" os componentes dos polímeros orgânicos presentes no ambiente. As proteínas são um dos principais compostos …

Edição de 2021 da Web Summit recebe 40 mil participantes. Moedas como presidente não será problema

Evento, que se realiza entre 1 e 4 de Novembro, volta a decorrer em formato presencial depois de em 2020 a pandemia ter transferido as atividades para o ambiente digital. O presidente executivo da Web Summit, …

Alunos carenciados com desempenho inferior aos dos mais favorecidos

Mesmo tendo acesso a meios digitais, o desempenho dos alunos carenciados foi sempre “inferior” aos dos seus colegas oriundos de meios mais favorecidos.  Segundo noticia o Público, esta é uma das principais conclusões a que chegou …

José Rendeiro condenado a três anos e seis meses de prisão efetiva

Embaixador jubilado Júlio Mascarenhas acusa o BPP de o ter convencido a investir num produto com juros e capital garantido num momento em que o banco já atravessava sérias dificuldades. O antigo presidente do Banco Privado …

Cantor R. Kelly declarado culpado por crime organizado e tráfico sexual

O cantor norte-americano R. Kelly foi esta segunda-feira declarado culpado por crime organizado e tráfico sexual, após um julgamento em Nova Iorque, nos Estados Unidos da América (EUA), que decorreu durante seis semanas, no qual …

"A FIFA engloba 211 países e 133 nunca estiveram num Mundial"

Arsène Wenger apresenta argumentos para defender a realização de um campeonato do mundo de dois em dois anos. O novo calendário FIFA continua a originar reacções e entrevistas. Arsène Wenger falou sobre as propostas - a …

Responsáveis do Lar do Comércio acusados por 67 crimes de maus tratos

O Ministério Público (MP) imputou 67 crimes de maus tratos, 17 deles agravados por resultarem em morte, a um ex-presidente e a uma diretora de serviços do Lar do Comércio, em Matosinhos. Num processo em que …

Sporting: espanhóis analisam o "maior" Haaland

Avançado do Borussia Dortmund apresenta recordes que, nem Messi, nem Cristiano, tinham. O Sporting entra em campo para a segunda jornada da Liga dos Campeões, diante de um Borussia Dortmund que tem no seu plantel uma …