Funcionários públicos podem não ter aumentos em 2021

António Pedro Santos / Lusa

Alexandra Leitão, ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública

Os funcionários públicos podem não ter aumentos em 2021, ao contrário do que está prometido no Orçamento de Estado deste ano.

Em entrevista ao jornal Público, a ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão, apontou como áreas prioritárias do investimento público para a retoma da economia a Saúde, a Educação e a Habitação.

Relativamente aos aumentos na função pública em 2021, a governante declara que, neste momento, com a pandemia de covid-19, não pode assegurar que estes vão ser possíveis.

“O que estava previsto era que em 2021 haveria um aumento em linha com a inflação de 2020, nunca inferior a 1%. Gostaria muito de conseguir assegurar que isso será possível em 2021. Não o posso responsavelmente fazer“, lamentou.

“Nestes últimos 45 dias temos uma situação completamente diferente da que tínhamos quando este compromisso foi assumido, diametralmente diferente, por circunstâncias que, da maneira mais dura possível, todos os portugueses veem”, continuou.

“O que posso dizer é que gostaria de manter o compromisso. Continuo com o compromisso da valorização dos trabalhadores da administração pública. Não posso, neste momento, assegurar que vai ser possível pagar aumentos de 1% em 2021.”

Questionada sobre como fica a descentralização, Alexandra Leitão confirmou que a transferência das competências nas áreas da Educação e Saúde, bem como da Ação Social, já não vão passar para as autarquias em 2021.

Não sei qual será a decisão. A crise tem um impacto em todas as matérias e também nesta. A decisão que está tomada e que não foi revertida ainda, não sei se será, é manter o bolo das competências com obrigatoriedade de aceitação em 2021 e prorrogar para 2022 a obrigatoriedade naquelas três áreas, que pelo seu peso financeiro e de recursos humanos já tinha sido, antes decidido”, disse a ministra.

No entanto, a governante considera importante “procurar que as autarquias que já aceitaram competências nas diversas áreas não venham agora a revertê-las. Quem já aceitou, quem já fez caminho, quem já trabalhou, neste momento não perdeu nada do que já fez”.

“A descentralização nas várias áreas não é ou deverá ser um peso para as autarquias. Do ponto de vista financeiro, está gizada como algo de neutro, aquilo que é gasto a mais por ter assumido a competência A, B ou C, é transferido do Orçamento do Estado para a autarquia para aquela área. Não é uma forma de aumentar o financiamento dos municípios, mas também não é uma forma de aumentar as despesas. Estamos a viver momento de muita incerteza, à partida, contudo, este é o plano gizado”, concluiu.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Portugal é o primeiro país europeu a receber o selo "Safe Travels"

Portugal foi o primeiro país europeu a receber o selo "Safe Travels", que reconhece um compromisso com a segurança, informou esta quinta-feira o Governo. A distinção, atribuída pelo World Travel & Tourism Council (WTTC), pretende certificar …

Ventura reforça poder no Chega. Direção pode suspender militantes

No dia 30 de maio, foram aprovados dois regulamentos que dão poder à direção do Chega para suspender militantes do partido. Segundo avança a revista Sábado, no passado fim de semana, o Conselho Nacional do partido …

Egípcio submeteu as três filhas a mutilação genital feminina. Agora, vai ser julgado

Um pai terá dito às três filhas que iam ser vacinadas contra a covid-19, mas, quando acordaram, tinham sido mutiladas. Um cidadão egípcio vai ser julgado por, alegadamente, ter forçado as três filhas menores a serem …

Vacina da Universidade de Oxford para a covid-19 será testada no Brasil

A vacina contra a covid-19 em que trabalham os cientistas da Universidade de Oxford será testada no Brasil, pelo nível de infeção naquele país, revelou esta sexta-feira o Times. Com o declínio nos casos de coronavírus …

Esta noite há um eclipse penumbral da Lua

Esta noite tem bons motivos para atrasar o jantar: ao início da noite desta sexta-feira, haverá um eclipse penumbral da Lua. A Lua vai ficar na penumbra na noite desta sexta-feira. Pouco antes das 21h, em …

Depois de Latifa e Haya, mais uma princesa pediu ajuda para fugir do Dubai (e está desaparecida)

Depois da fuga da princesa Latifa e da princesa Haya do Dubai, outra jovem gravou um vídeo a pedir ajuda para escapar dos seus pais. Agora, está desaparecida. De acordo com o jornal espanhol El País, …

Caso Maddie. Suspeito alemão alvo de nova investigação por crime semelhante na Alemanha

Christian B., de 43 anos, poderá estar associado ao desaparecimento de uma menina de cinco anos, em 2015, na Alemanha. De acordo com a agência DPA, o Ministério Público alemão abriu uma nova investigação sobre o …

À espera de propostas concretas, Jerónimo quer salário pago a 100%

Jerónimo de Sousa admite que só tomará uma posição quanto ao Orçamento Suplementar quando souber as "propostas concretas". Esta sexta-feira, o secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, disse que só tomará uma posição quanto ao Orçamento …

Do ruído à reciclagem. No Dia Mundial do Ambiente, associação Zero divulga dados preocupantes

As principais preocupações da associação ambientalista Zero em Portugal são ao nível do desperdício de água, do ruído e da reciclagem. Do excesso de lixo produzido por cada habitante ao ruído em excesso provocado pelo …

Esferográfica pessoal e máscara obrigatórios nas eleições do FC Porto

As eleições do FC Porto estão agendadas para este fim de semana e os sócios que quiserem exercer o seu direito de voto terão de levar uma máscara de proteção individual e uma esferográfica. No comunicado …