Filhos de Vieira isentos de IMI após bilhetes oferecidos a Centeno

Olivier Hoslet / EPA

Cerca de uma semana depois de Mário Centeno ter pedido ao Benfica bilhetes para o jogo com o FC Porto, de 1 de Abril de 2017, os filhos de Luís Filipe Vieira, presidente do clube da Luz, receberam uma isenção fiscal do Ministério das Finanças.

A notícia é avançada pelo Correio da Manhã, que refere que a Polícia Judiciária está a investigar o caso, com base em um email enviado pelo filho do presidente do Benfica, Tiago Vieira.

“Pai, já cá canta!!! Sem o teu empurrão não íamos lá”, eis o teor do email em causa, cita o CM, notando que esta mensagem, enviada a 24 de Março de 2017, é o agradecimento de Tiago Vieira ao pai pela “influência” deste no processo que levou à isenção de pagamento do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) de um prédio da família.

Este email, entre outros, já tinha sido publicado pela revista Sábado em Setembro de 2017, mas nessa altura, não havia ainda conhecimento do pedido de bilhetes ao Benfica feito por Mário Centeno.

Alguns dias antes deste email, Tiago Vieira tinha lamentado ao pai a morosidade no processo que decorria nas Finanças. O caso envolve um prédio da família detido pela empresa de compra e venda de imóveis Realitatis que é presidida pela filha de Luís Filipe Vieira, Sara Vieira.

Os filhos de Vieira pretendiam vender o imóvel, mas não estavam a conseguir por faltar a tal isenção de IMI, avança o CM.

Mário Centeno pediu dois bilhetes, um para si e outro para o filho, para assistir ao Benfica-FC Porto da época passada, conforme já confirmou o gabinete do ministro das Finanças.

Um comportamento que pode violar o Código de Conduta do Governo, aprovado no seguimento do chamado caso “Galpgate“, que envolve viagens pagas a governantes para assistirem a jogos da Selecção Nacional.

Segundo o esclarecimento do gabinete de Mário Centeno, “a notoriedade pública” do ministro “coloca exigências à sua participação em eventos públicos, como jogos de futebol, no que concerne a garantir a sua segurança pessoal“.

Assim, “foi neste contexto que foram solicitados dois acessos” à bancada presidencial do estádio do Benfica, para o jogo em causa, adianta a mesma fonte.

“Os acessos em causa, que eram para assistir ao jogo na tribuna presidencial, não são comercializáveis, pelo que não têm um preço de venda definido“, lê-se ainda no esclarecimento do gabinete do ministro.

Em reacção ao caso, o primeiro-ministro já disse que “não há polémica nenhuma”. “Se o fez, é porque certamente tinha boas razões para o fazer”, atesta António Costa.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

40 COMENTÁRIOS

  1. Claro que podemos especular, imaginando tudo o que quisermos e dando a imaginar aos leitores, sendo que estas noticias têm apenas um objetivo, gerar reações nas pessoas, vale tudo para vender jornais!
    O que nós leitores queremos não é suposições, ou enredos que podem dar a entender isto ou aquilo, até porque nem sempre o que parece, é!
    O que nós queremos são factos indiscutíveis que demonstram uma determinada realidade que se quer provar.
    Lançar tais factos para o publico sem qualquer concretização do ponto de vista da prova que se tenta demonstrar é cobardia…
    Arranjem primeiro factos indiscutíveis, que provem inequivocamente que uma coisa está relacionada com a outra para que não fique no ar apenas aquilo que tentam dar a entender, porque julgar em praça publica é fácil…
    E atenção que não estou a defender ninguém, apenas gosto de ter informação dos media que seja honesta e sem a finalidade de vender apenas.

    • Rui, o que você diz tem toda a propriedade e digo-lhe isto sem qualquer vontade de defender nem de atacar os nossos governantes.

      Vou abaixo postar outro comentário a definir mais concretamente a minha posição, que parece convergir com a sua.

      • Não faça isso. Imaginamos a sua ideia. Se é do PSD ou do CDS não pode haver coincidências. É crime pela certa e são um bando de mal intencionados. Se for do PS é apenas para vender jornais e seguramente não deixa de ser uma lamentável coincidência como aquela do Teixeira Duarte da CML e ainda o regabofe dos bombeiros e do amigo do PM e por aí fora. Poupe-se à escrita e poupe-nos aos seus disparates enviesados.
        Quanto a este caso: NÃO HÁ ALMOÇOS GRÁTIS.

      • Pois… Essa do “onde há fumo há fogo…” É isso que os media querem! Já não é preciso provar seja o que fôr. Basta publicar. E depois fica o “bichinho atrás da orelha” e já não há nada a fazer… Tenha cuidado… Está a cair no “Conto da Carochinha”

  2. Vale tudo!…
    Mas alguém no seu perfeito juízo (exceptuam-se, portanto, um tal o Sr. Marques, o insolvente dos monólogos do norte e um tal Sr. Saraiva, sósia do maluco da Coreia do Norte, vestido às riscas verdes e brancas) admitirá a relação causa-efeito que nesta brilhante peça de pasquim, tipo CM ou Diabo, se dá como adquirida?!…
    Esta corja, intitulada de jornalistas, vende a alma ao diabo para venderem. E não podem ser todos postos a cavar batatas para sobreviverem?!…

    • Ui! Essa bateu no vinte! Espanta-me como o seu comentário foi publicado. Mas ainda bem. Assim fico contente por saber que não há assim tanta gente que se deixa enganar por aqueles que chafurdam nos “media” português. Geralmente são pessoas que não gostam de pensar… Preferem que outros pensem por eles (e leas!). Pobres de espírito?

  3. Tal como disse acima o Rui Esteves e bem, isto é nesnta fase nada mais do que pura especulação sensacionalista para vender jornais, de resto à boa maneira do Correio da Manhã. O que o ZAP aqui faz não tem nada de mal pois, só compila notícias de outras fontes e as reúne num mesmo site.

    Acontece que antes de se tentar subentender coisas não provadas e tentar manchar a honra das pessoas com linchamentos em praça pública, deve-se deixar a polícia e o ministério público investigar e deve-se deixar os Tribunais agir, antes de vir insinuar coisas que podem arruinar a honra das pessoas ilegítimamente.

    Isto não tem nada a ver com ser do PS (não votei no PS nem em nenhum dos partidos da Esquerda) nem com ser do Benfica (até nem gosto de Futebol). Mas importa averiguar os seguintes factos:

    1. Há alguma irregularidade com Centeno pedir bilhetes para a bancada presidencial? Se foi por motivos de segurança, há ou não há irregularidades no protocolo seguido?

    2. A isenção de IMI do edifício dos filhos de Vieira, é legítima? Há razões válidas legais para o prédio ter sido alvo da isenção em causa? Ou é uma isenção sem legitimidade legal? É que isenção de IMI não acontece só por motivos ilegais.

    3. Há alguma prova de causa efeito entre dois míseros bilhetes de futebol (ui que fortuna) e algum suposto favor especial de favorecimento ilegal no pagamento de IMI? Será que um email a agradecer: “Pai, já cá canta!!! Sem o teu empurrão não íamos lá”, tem alguma coisa a ver com uma oferta de bilhetes? Bilhetes esses que se calhar foram oferecidos legitimamente? Será que esse “empurrão” não se pode referir a algo totalmente diferente?

    É que desculpem lá… Para um ministro mandar fazer uma isenção de IMI ilegal, um suborno com uns bilhetes de futebol, parece-me… Um bocado poucachinho. Se calhar à boa maneira Coreio da Manhã, está-se a querer ligar a bota com a perdigota, com base em suposições todas erradas. Se calhar os bilhetes foram vendidos de forma legítima, o IMI foi retirado por razões legítimas, e uma coisa nada tem a ver com a outra nem o email de Tiago Vieira se refere a nada disso.

    • Estou totalmente (?) de acordo consigo e felicito-o pela sua eloquência (aproveitando para mostrar total desprezo por aqueles que não estão de acordo consigo… apenas pelos argumentos apresentados). Apenas deixaria um reparo/desacordo: O ZAP ao publicar, torna-se cúmplice da “pura especulação sensacionalista para vender jornais”. Isso de dizer: “Foram os outros”, “Eu só transmiti o que os outros disseram”… Isso não os torna neutros. Pior! Para além de cúmplices, (por propagar especulações – e já nem falo em mentiras) conferem credibilidade aos “factos”! E isso é ainda pior!
      Não é só a política que está mal… Os media estão podres!!!

  4. Genial,
    um enorme suponhamos e puf, corrupção!
    OK, quanto ao depósito de 2000euos na conta do cardinal nada, quanto a viagens pagas a árbitros para o brasil, nada, quanto à invasão ao centro de estágio dos árbitros, nada, quanto ao demasiados erros do VAR em jogos do sporting e porto e o medo dos árbitros em decidir sem medos, nada.
    PS: Tanto por onde pegar e andam a perder horas em emails troncados e retirados do contexto!
    PS2: depois admirem-se que a venda dos pasquins estejam a cair a olhos vistos.

  5. Nada de mais, quando ando de Táxi em Lisboa e digo que sou do Benfica dão-me logo um desconto e também quando vou ao supermercado e apresento o cachecol deixam-me passar sem pagar. Já ando a ensinar aos meus filhos de 5 e 7 anos os cânticos do SLB para os professores darem sempre boas notas, pois nunca se sabe o dia de amanhã. Mas qualquer dia perco mesmo a cabeça, e um dia destes vou para o emprego sem estar equipado a benfica, só mesmo naquela de saber se o meu patrão tem coragem de me mandar fazer alguma coisa, ai dele que se atreva.

  6. Depois da trapalhada da CGD, a trapalhada do Benfica….
    Vê se tens mais tino e menos riso, oh Centeno, ou ainda te põem rodinhas na UE.

  7. Mas haverá mesmo alguém no seu perfeito juízo que acredite mesmo que o Centeno se deixaria comprar por dois bilhetes para a bola? Se não é má intenção, é muita burrice mesmo…

  8. Pelo que me dá ideia ao ler os comentários, desde que seja do benfica, a isenção tem razão de ser. E pelos vistos é defensável.

    Já se fosse de um cidadão normal cumpridor das suas obrigações, merecia a cadeia.

    São os chamados óculos de sola

    • E desde quando é que o desmentido de um visado numa notícia, por si só, invalida a notícia?
      Não podemos acreditar na notícia, mas temos que acreditar imediatamente no desmentido?
      Alguém já viu algum alegado corrupto vir dizer “sim, é verdade essa notícia”?
      E quantas vezes notícias desmentidas a pés juntos, não foram mais tarde confirmadas?? Ou são tão óbvias que é preciso lata para desmentir?
      O Portas não desmentiu que meteu a unha nos submarinos?
      O Pinto da Costa não desmentiu que mandava fruta?
      O Pedro Dias não desmentiu que matou não sei quantos?
      O Lance não sei quantos não desmentiu que usava doping?

      O desmentido de um visado numa notícia pode ser, ou não, verdade.
      O único desmentido de uma notícia em que se pode confiar imediatamente é o que é feito pelo autor original da noticia!

      “Esta notícia foi desmentida”. Só faltava!

      • E o Centeno não desmentiu que tinha oferecido condições especiais a um nomeado governador do Banco de Portugal e seus colaboradores?

      • Caro (?) Só faltava! A publicação do desmentido não invalida ou valida a notícia (que de natureza – CM – não é válida em lado algum!). Faz parte da democracia o direito ao desmentido. Sabia? Ou achava qua estávamos numa deitadura?

        Nota: Parabéns ao ZAP por ter publicado o desmentido! É um passo á frente…

  9. mas qual o problema???? o centeno ja nao precisa de se demitir e o costa da geringonça ja nao precisa de fazer remodolaçao.. so se for do ministro rarissimas…
    quanto a isençao do IMI, eu acho que este caso so vai beneficiar a generalidade das familias que pagam este imposto pois acredito que depois deste caso.. a isençao sera total. merecemos caramba!!!!
    quanto ao resto…..nada demais.
    ja sabemos que em portugal a divulgaçao de emails privados é uma conduta banal e a justiça so atuara, quando divulgarem certas conversas privadas ….e atingirem a credebilidade de certas figuras pardas da nossa sociedade de craveiros em aguas furtadas.

  10. Como eu tinha afirmado algures num outro comentário em relação a este caso, os favores normalmente têm contrapartidas e pelos vistos está a bater certo, com tantos escândalos à volta do Benfica e com tanta gente influente a colaborar ou a encobrir tais escândalos eu pergunto se de facto a impunidade vai continuar e os campeonatos por cá continuam com destino marcado logo à partida. Nada se irá confirmar porque está provado de que lado estão os compadres mas por este andar ainda vamos ter a sede do governo na catedral.

    • Pelo “nome” que usa, depreendo que não é vermelho (não será do Benfas, do Braga, do PCP, e nem do PS e de outras organizações onde exista o vermelho (Ups!… e a bandeira nacional?). Fala da impunidade. Refere-se concerteza ao Benfica. Mas… Não estará esquecido dos vários campeonatos ganhos pelo Sporting e FCP em circunstâncias semelhantes? Em vez de emails tínhamos saladas de fruta, viagens, Mários Jardeis e penálties à medida… Ora apite lá um pouco… E ainda vem você falar em impunidade…

  11. O teor de muitos dos comentários demonstra bem a qualidade de cidadãos e do país que temos. Para tantas mentes toldadas pela clubite ou pela partidarite, está tudo bem, é perfeitamente normal, e claro, não há qualquer relação duma coisa com a outra. Para estas pessoas, teria que haver talvez um email do Centeno a dizer “Venho por este meio confirmar, a quem puder interessar, que fiz o favor que me pediste em troca do favor que te pedi. Assinado, o Ministro”. Mas está tudo bem com estas pessoas? Meus caros, cresçam e sejam mais responsáveis e honestos, pois quem defende a bandalheira e o vale tudo, são apenas os bandalhos.

  12. PORR…!!!! E isto não é investigado???? Sendo verdade quem prevaricou deve ser condenado. Mas… E quem acedeu a informação privada? E quem a publicou sem o concentimento do autor? Mas estamos numa República das bananas? Tudo é válido? Como é que o CM teve acesso à informação que “diz” ser verdade? Ofereceram-lhe? Ou foi o CM que pagou (a isto chama-se CORRUPÇÃO ACTIVA!!!). Mas mesmo que lhe tenha sido “oferecido”. Dá-lhes direito de publicar informação privada de outrém? Não! A menos que haja uma investigação jornalística séria e o direito ao contraditório (antes de publicar) do visado. Pois… Mas isso não é “coisa” para o CM… E tem de acabar! “Vocês” adoram criticar os políticos por serem, na maioria, corruptos… Mas esquecem-se dos media? Porquê? Estão super atolados em corrupção e “vocês” nada!… Será que uns podem ser corruptos e outros não? Desde que “vocês” tenham algo para ler, tudo é válido, não é?
    Achei deveras “interessante” a última frase que o “Pessoa normal” (gostari de ressalvar que tenho sérias dúvidas dessa normalidade) escreveu: “pois quem defende a bandalheira e o vale tudo, são apenas os bandalhos.” E quem defende a corrupção na justiça e media? São o quê? Santos? Com esta última, devolvo a todos “vocês” esta pérola de alguém que se intitula “normal” (quase parece o Trump quando afirma que é mentalmente estável): “Meus caros, cresçam e sejam mais responsáveis e honestos, pois quem defende a bandalheira e o vale tudo, são apenas os bandalhos.”

  13. A notícia está muito bonita, mas não esclarece uma coisa relevante, a meu ver:
    A influência do ministro foi usada para:
    1-O processo administrativo relativo a esta isenção, passar à frente de outros e ser resolvido mais depressa?; ou,
    2-Dar uma isenção ilegal?
    É que duas uma, ou foi uma “cunha” ou foi cometida uma ilegalidade!
    Mesmo que tenha sido cunha (que acho mais provável, dada a cultura tuga)…ò sr. Ministro, à mulher de César não basta sê-lo, tem de parecê-lo.

  14. O número de pessoas doridas, estranhamente doridas, com esta notícia é revelador. Atiram-se como cães danados ao Zap, aos jornalistas, aos comentadores que não façam parte da turba, e a tudo que mexa. É revelador de pouca razoabilidade, menor ainda sentido cívico, e medo. Muito medo. Pois quem não deve não teme. A sanha na defesa do indefensável acaba por ser a confirmação do compadrio existente. Por isso apaga, apaga, esconde, esconde, faz de conta que não é nada, e dispara para todos os lados. Vale tudo. Eh pá, tudo não, tudo menos encarar a verdade, que a verdade é uma grande chatice…

RESPONDER

Vila Real vs FC Porto | Goleada com poker de Adrián

O FC Porto garantiu hoje a passagem à quarta eliminatória da Taça de Portugal de futebol, ao golear por 6-0 o Vila Real, num encontro marcado pelos quatro golos de Adrián López, que abriu e …

85% dos medicamentos estão em falta na Venezuela

A Federação Farmacêutica Venezuelana (Fefarven) informou hoje que estão em falta 85% dos medicamentos que se comercializam no país. A denúncia surgiu um dia depois de o Governo venezuelano estabelecer preços fixos para 56 medicamentos, durante …

Obrigar as crianças a beijar os avós é mesmo uma "violência"

O professor universitário Daniel Cardoso pôs o país a discutir se é ou não uma violência obrigar as crianças a beijar os avós. Uma posição que é defendida por inúmeros especialistas e que nem sequer …

Cidade da Maia testa passadeira 3D

O município da Maia está a testar a colocação de passadeiras 3D, cujo objetivo é criar uma ilusão de ótica que faz os condutores abrandar quando se aproximam, descreveu hoje a autarquia. Em causa está, de …

Portugal recebe em novembro cerca de 150 refugiados que estão no Egito

Portugal vai receber, em novembro, cerca de 150 refugiados que estão no Egito, primeiro grupo de mais de mil pessoas que vão ser reinstaladas em Portugal até 2019, disse hoje o ministro da Administração Interna. "Vamos …

Crianças até 2 anos são as que mais usam apps

Mais de metade das crianças com menos de 8 anos usa aplicações como entretenimento e as crianças que mais usam os dispositivos eletrónicos têm até 2 anos. Segundo o estudo "Happy Kids: Aplicações Seguras e Benéficas …

Abstenção galopante alastra-se à faixa dos 30-44 anos

A abstenção aumentou de forma galopante em Portugal, dos 8,1% em 1975 para os 44,2% nas legislativas de 2015, e a tendência está a alastrar das gerações mais jovens para a faixa dos 30 aos …

Descida da propina vai retirar bolsas a alunos carenciados. Medida "demagógica e perversa"

A descida do valor máximo da propina poderá significar o fim da bolsa para muitos alunos carenciados, alertou o reitor da Universidade Nova de Lisboa, que considera a medida ''demagógica e perversa''. Segundo a proposta de …

Hugo Abreu caiu da viatura e “não se mexeu mais”. Instrutor dos comandos viu e ignorou

Rodrigo Seco afirmou que, no decurso da Prova Zero, os dois instrutores desvalorizaram os sintomas de mal-estar, sinais de cansaço e ignoraram os vários pedidos dos instruendos para que pudessem beber água. Um dos instruendos do …

Nunes da Fonseca é o novo Chefe do Estado-Maior do Exército

O tenente-general José Nunes da Fonseca é o escolhido para suceder ao general Rovisco Duarte como Chefe do Estado-Maior do Exército. Rovisco Duarte demitiu-se no âmbito do caso do roubo de armas em Tancos. O nome …