Governo nega intervenção na isenção de IMI a filhos de Vieira

Olivier Hoslet / EPA

O ministro das Finanças, Mário Centeno

O Ministério das Finanças garante que “não teve qualquer intervenção” na isenção de IMI de um prédio de uma empresa gerida pelos filhos do presidente do Benfica. À chegada a Bruxelas, Centeno diz que “não há polémica nenhuma”.

Em comunicado, citado pelo Diário de Notícias, o Ministério das Finanças esclarece que “não tem qualquer intervenção na atribuição das isenções de IMI previstas no artigo 71, n.º 7, do Estatuto dos Benefícios Fiscais (EBF)”

Este artigo estabelece que “os prédios urbanos objeto de ações de reabilitação são passíveis de isenção de imposto municipal sobre imóveis por um período de cinco anos, a contar do ano, inclusive, da conclusão da mesma reabilitação, podendo ser renovada por um período adicional de cinco anos”, lê-se.

A nota indica que essas isenções “são atribuídas mediante deliberação do município” e que “com base nesta deliberação que é genérica – os serviços camarários comunicam as situações concretas aos Serviços de Finanças do local de situação dos imóveis que, por sua vez, procedem ao averbamento das isenções em execução da referida comunicação”.

“O Ministro das Finanças assegura que em momento algum teve qualquer contacto com o Presidente do Sport Lisboa e Benfica, ou qualquer outra pessoa, a propósito de temas que se relacionem com interesses patrimoniais do Benfica ou da família do seu presidente”.

Entretanto, em Bruxelas, Mário Centeno também já reagiu à notícia do Correio da Manhã, que dá conta que a PJ está a investigar a isenção de IMI de um prédio de uma empresa gerida pelos filhos de Luís Filipe Vieira, logo depois de o ministro ter pedido dois convites para a bancada presidencial dos encarnados.

“Pai, já cá canta!!!!! Sem o teu empurrão não íamos lá”, terá escrito Tiago Vieira a 24 de março de 2017, a partir do email da Promovalor, sociedade da família.

Centeno garante que “não há polémica rigorosamente nenhuma” e que “há um cumprimento escrupuloso do Código de Conduta a que todos os membros do Governo estão obrigados”.

O novo presidente do Eurogrupo acrescentou ainda que a decisão de pedir bilhetes aos encarnados está relacionada com “questões de segurança que são muito relevantes para os membros do Governo e que são avaliadas com o corpo de segurança pessoal, e foi apenas esse o contexto que levou a essa decisão, nada mais do que isso”.

Questionado sobre se tenciona voltar a pedir bilhetes para assistir ao vivo a encontros do Benfica, Centeno disse que “isso agora é uma questão que não se põe”, mas apontou que “todas as decisões são tomadas sempre com os mesmos princípios”.

“Há, e como eu lhe disse, as questões de segurança que acabei de referir que são determinantes nas nossas tomadas de posições, mas também posso dizer que há 45 anos que vejo jogos do Benfica e não espero deixar de os ver nos próximos tempos”, concluiu.

Em reação ao caso, o primeiro-ministro António Costa também já disse, no fim-de-semana, que se Centeno pediu bilhetes “é porque certamente tinha boas razões para o fazer”.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. “Pai, já cá canta!!!!! Sem o teu empurrão não íamos lá”

    Não marca golos mas faz grandes assistências! O Vieira foi a melhor contratação do Benfica!

RESPONDER

Se o Planeta 9 existir, pode não estar onde pensamos

Uma equipa de astrónomos conseguiu obter novas informações sobre o Planeta 9 que podem significar que a sua órbita é muito mais elíptica do que o previsto. Konstantin Batygin e Michael Brown, do California Institute of …

As mudanças climáticas estão a contribuir para a alteração do sabor do café

Há muito tempo que se tem conhecimento que as mudanças climáticas têm tido um impacto negativo no ambiente e na população, o que não se sabia é que este fenómeno também está a afetar o …

Químicos encontrados na comida e no ar ameaçam a fertilidade dos homens

Em apenas algumas gerações, a contagem de espermatozoides humanos pode diminuir para níveis abaixo daqueles considerados adequados para a fertilidade. Esta é a afirmação alarmante feita no novo livro da epidemiologista Shanna Swan, "Countdown", que reúne …

"Nomadland" é aposta na reabertura das salas de cinema

As salas de cinema reabrem já na segunda-feira e a grande aposta é Nomadland – Sobreviver na América, da realizadora Chloé Zhao. O premiado filme Nomadland – Sobreviver na América, da realizadora Chloé Zhao, é a …

Invasão ao Capitólio recriada através de vídeos divulgados nas redes sociais

A VICE recriou a invasão ao capitólio, no dia 6 de janeiro de 2021, através de vídeos divulgados pelos manifestantes nas redes sociais. Os resultados das eleições presidenciais norte-americanas não convenceram toda a gente. Uma parcela …

França cria delito de "ecocídio" para punir poluição ambiental

A lei resulta de uma recomendação da Convenção de Cidadãos pelo Clima e visa penalizar casos de poluição ambiental com crime específico. A câmara baixa francesa aprovou, este sábado, a criação do delito de “ecocídio” para …

Estação de metro abandonada em NY é o set de filmagens secreto mais bem guardado de Hollywood

A Bowery Station, uma estação de metro em Nova Iorque, permaneceu abandonada durante cerca de 20 anos, mas desfruta agora de uma nova vida. Tudo começou em 2016, quando Sam Hutchins, um veterano da indústria cinematográfica, procurava …

Nacional 0-1 FC Porto | Dragão cansado não facilita

O FC Porto foi à Madeira vencer o Nacional por 1-0. Quem pensou que seria jogo de goleada para os “azuis-e-brancos” enganou-se por completo. Os insulares deram luta, só permitiram um golo, por parte de Mehdi …

João Leão aposta num OE de "expansão" (e mantém a fé num acordo à esquerda)

O ministro das Finanças, João Leão, acredita que o sétimo Orçamento do Estado será aprovado com os partidos à sua esquerda. Ao semanário Expresso, João leão explicou que os próximos Orçamentos do Estado não serão de …

Português investigou histórias por detrás das dedicatórias de Beethoven

A dedicatória do compositor Beethoven da famosa "Sonata ao Luar" a uma alegada musa foi, afinal, uma forma sarcástica de se vingar pela forma como se sentiu desrespeitado, descobriu o musicólogo e pianista português Artur …