Bispo diz que as festas no Panteão são como “os bacanais romanos nos cemitérios”

Jose Carlos Babo / Flickr

A Igreja de Santa Engrácia, Panteão Nacional, em Lisboa

O jantar de encerramento da Web Summit no Panteão Nacional continua a motivar críticas. Desta vez é o Bispo emérito de Beja que diz que fazer festas naquele monumento nacional é como realizar “bacanais nos cemitérios”.

As declarações do Bispo emérito de Beja, D. António Vitalino, foram recolhidas pelo jornal Correio da Manhã à entrada para a Assembleia Plenária da Conferência Episcopal, em Fátima. “Os romanos realizavam bacanais nos cemitérios, mas o nosso povo não tem esses hábitos”, disse o Bispo ao jornal.

“É lá que estão sepultados alguns dos mais ilustres da nossa História e encontram-se lá porque conquistaram em vida honras de destaque para além da morte. Não me parece que a melhor forma de homenagearmos essas grandes figuras seja através da realização de jantares”, acrescentou D. António Vitalino.

Jantar no Palácio da Ajuda rendeu 14 mil euros

Entretanto, a polémica do Panteão Nacional estende-se a outros monumentos nacionais que, nos últimos anos, têm acolhido vários eventos privados.

Nesse mesmo dia do jantar da Web Summit no Panteão, o Palácio Nacional da Ajuda acolheu um evento de uma empresa de vinhos italiana, a Di Meo. O Público revela que o aluguer do espaço rendeu à Direcção-Geral do Património Cultural (DGPC) 14 mil euros.

No total, nos últimos dois anos, diz o CM, aquela entidade recebeu 877 mil euros pelo aluguer de 23 edifícios, entre museus, monumentos e palácios nacionais. Em 2015, a receita obtida terá sido de 458 mil euros, enquanto em 2016, o valor situou-se nos 419 mil euros.

O equipamento que mais receitas rendeu foi o Mosteiro dos Jerónimos, monumento que  já esteve envolvido em polémica, devido a festas privadas lá realizadas que estão a ser investigadas pelas autoridades.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Se calhar o Sr. Bispo está a confundir a realidade com os seus desejos, a avaliar pela pouca vergonha que tem sido o descortinar de histórias do Vaticano e do clero um pouco por tudo o mundo

  2. Stª Engrácia é um espaço laico e não existem túmulos no espaço central do edifício, mas em compartimentos anexos que se fecham quando se usa o corpo central. Ao contrário, na Idade Médio as Catedrais eram recintos polivalentes abertos a todos os usos laicos que se realizavam no mesmo espaço das sepulturas. Desde os romanos até ao seculo XVI eram frequentes os banquetes funebres junto das sepulturas e era tido como positivo o convivio dos vivos com os mortos. Nada disso é possível na nave central do Panteão. O Panteão romano dedicado a todos os deuses era palço das mais variadas utilizações cívicas. O caso presente é apenas uma chicana política sem nexo.

Responder a Wilma Cancelar resposta

Bebé encontrado no lixo já está com uma família de acolhimento

O bebé encontrado num ecoponto, no início do mês, e que esteve até quinta-feira hospitalizado, já está com uma família de acolhimento, informou a Santa da Misericórdia de Lisboa esta sexta-feira. A instituição refere numa nota …

Fisco vai controlar declarações de IRS de beneficiários do programa "Regressar"

A Autoridade Tributária e Aduaneira vai desenvolver mecanismos para verificar se os contribuintes abrangidos pelo regime fiscal do programa "Regressar" reúnem as condições exigidas, prevendo-se que parte desse controlo ocorra com a entrega da declaração …

Greta Thunberg vai de Lisboa a Madrid num carro elétrico emprestado por Espanha

A Junta da Extremadura, região espanhola, disponibilizou um carro elétrico à jovem ativista sueca Greta Thunberg para que possa viajar de Lisboa para Madrid para assistir à Cimeira do Clima respeitando o meio ambiente, adiantou …

Enfermeiros garantem voltar à luta com os 200 mil que sobraram do crowdfunding

Os enfermeiros, que no ano passado iniciaram o "Movimento Greve Cirúrgica", pretendem voltar às ações de protestos com os cerca de 200 mil euros que restaram da campanha de crowdfunding. A intenção é revelada por …

OCDE: Nova crise pode tirar metade do rendimento às famílias portuguesas

Uma nova crise económica e financeira a nível global pode ter efeitos dramáticos para as famílias portuguesas, levando à perda de metade dos seus rendimentos. Esta é a previsão da Organização para a Cooperação e …

O cofre da rica mãe, heranças às dúzias e a vida "sem luxos". O que Sócrates disse a Ivo Rosa

Foram cerca de 20 horas de interrogatório no âmbito da Operação Marquês, em que José Sócrates manteve, perante o juiz Ivo Rosa, a versão de que as avultadas quantias de dinheiro que gastou nos últimos …

Associados podem ser chamados a resolver "buraco" do Montepio

Os cerca de 630 mil associados e pensionistas da Associação Mutualista Montepio Geral correm o risco de virem a ser chamados para resolver as perdas da instituição financeira, escreve o jornal Público. De acordo com o …

Bolívia divulga vídeo que sugere que Morales incitou bloqueios à entrada de alimentos

Arturo Murillo, ministro do Governo da Bolívia, divulgou na manhã de quarta-feira um vídeo que sugere que o antigo presidente do país, Evo Morales, incitou os bloqueios à entrada de alimentos que fragiliza o país. Os …

Christine Lagarde foi conselheira de duas empresas sediadas em paraísos fiscais

Christine Lagarde, presidente do Banco Central Europeu (BCE) desde outubro, foi conselheira de duas filiais da empresa de advocacia Baker & McKenzie (BM) entre 2003 e 2005, ambas sediadas em países considerados à data paraísos …

Provas contra Trump "são claras". "Ele usou o cargo para fins pessoais", diz Nancy Pelosi

A presidente da Câmara dos Representantes e líder da maioria democrata na câmara norte-americana, Nancy Pelosi, declarou na quinta-feira que considera já haver provas suficientes para afirmar que o Presidente deve ser destituído. Contudo, segundo avançou …