Familiares das vítimas do voo MH17 levam Rússia a tribunal

(cv) Euronews / YouTube

Esta sexta-feira, cerca de 270 familiares de vítimas da queda do avião da Malaysia Airlines (MH17), anunciou que vai levar a Rússia perante o Tribunal Europeu dos Direitos Humanos, em Estrasburgo.

Jerry Skinner, o advogado especialista em temas aeronáuticos e que há dois anos também apresentou uma queixa em representação de algumas vítimas da Malásia, Austrália e Nova Zelândia, entregará a denúncia “no máximo até 13 de junho”.

Há dois anos, Skinner levou uma queixa de 33 familiares ao Tribunal Europeu, um processo que ainda está a ser analisado. Desta vez, o grupo de 270 pessoas que vão levar a Rússia a tribunal é composto por mais de 100 familiares holandeses, a nacionalidade com mais vítimas no abate do avião.

Segundo explica o Jornal de Notícias, o Tribunal de Estrasburgo é o único que permite que particulares apresentem uma queixa. A intenção do advogado é exigir quantias “milionárias” à Rússia pelos prejuízos causados.

Esta quinta-feira, a equipa de investigação internacional confirmou que o sistema de mísseis aéreos que derrubou o avião pertencia a uma unidade militar russa, que o levou de Kursk (Rússia) para Donetsk (Ucrânia) um mês antes do ataque.

Tanto o Governo holandês como o Governo australiano responsabilizaram formalmente a Rússia esta sexta-feira, pelo abate do MH17.

“Exigimos que a Rússia assuma a sua responsabilidade e coopere plenamente com a descoberta da verdade e para fazer justiça com as vítimas do voo MH17 e seus familiares”, afirmou o ministro holandês dos Assuntos Exteriores, Stef Blok, em comunicado.

Putin garante que míssil não era russo

Vladimir Putin, presidente da Rússia, afirmou esta sexta-feira que o míssil que atingiu o avião da Malaysia Arlines não era russo. “Claro que não”, garantiu.

Há várias versões, incluindo a de que foi um míssil do exército ucraniano. Não há nada que inspire a nossa confiança como sendo conclusões finais, e não haverá sem a nossa plena participação na investigação”, disse Putin no Fórum Económico Internacional.

O governante nega que tenha sido um míssil russo a atingir o avião e volta a reivindicar a participação da Rússia na investigação internacional para aceitar as conclusões finais. “Desde o princípio que propusemos trabalhar conjuntamente para resolver esta tragédia, mas, para nossa surpresa, não nos deixaram participar“, afirmou Putin.

Segundo o Diário de Notícias, o ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguei Lavrov, acusou a Holanda de aproveitamento político ao responsabilizar Moscovo pela queda do avião da Malaysia Airlines, em 2014, e negou qualquer envolvimento no caso.

ZAP ZAP //

 

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Estes russos têm uma lata…
    É a mesma coisa que o suspeito de um assassinato de 1 pessoa querer participar na investigação…
    Obviamente que vão querer safar-se!
    Eles sabem bem o que fizeram… Acham que podem fazer de tudo, anexar a Crimeia, matar inocentes, abater aviões comerciais!
    Estes tipos são perigosos, o que vale é que ninguém dura para sempre e o Putin está cada vez mais perto do seu derradeiro dia!
    Atenção que não são os únicos, os EUA também são muito sabidos… e já cometeram muito crime!

RESPONDER

Em 1925, "O Isolador" prometia bloquear qualquer tipo de distração

Procrastinar foi, é e sempre será um passatempo irresistível. Por isso, nos anos 20, houve quem apresentasse uma solução radical para evitar este problema: "O Isolador". De acordo com o site IFLScience, o chamado "Isolador" foi …

Seca no México revela uma igreja submersa há 40 anos

Uma igreja no estado de Guanajuato, no México, sobrevive entre a água e os peixes, como única testemunha de um povoado inundado por uma barragem há mais de 40 anos. Agora, devido à seca que …

Neymar prolonga contrato com o Paris Saint-Germain até 2025

O avançado internacional brasileiro Neymar renovou contrato com o Paris Saint-Germain até 30 de junho de 2025, informou hoje o tricampeão francês e vice-campeão europeu de futebol. “O Paris Saint-Germain tem o prazer de anunciar que …

Países usaram modelo do queijo suíço para conter a covid-19. Na Índia, alguns "buracos" eram demasiado grandes

A grande maioria dos países adotou a estratégia do queijo suíço para responder à pandemia. Na Índia, os "buracos" eram demasiado grandes em três das camadas mais importantes. Para responder à crise sanitária desencadeada pela covid-19, …

Primeira-ministra da Escócia declara que "haverá maioria pró-independência" no parlamento

A primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, declarou hoje vitória nas eleições regionais, afirmando que "haverá uma maioria pró-independência" no parlamento escocês. Com as projeções a indicarem que o Partido Nacional Escocês (SNP), que lidera, foi o …

SOS Rio Paiva pede que se limite o número de visitantes à ponte e Passadiços do Paiva

A associação SOS Rio Paiva manifestou-se preocupada com o aumento da pressão turística e com a poluição, na sequência da inauguração da ponte suspensa em Arouca, e pediu que se limite o número de visitantes. A …

O seu antigo número de telemóvel pode ser usado para pirateá-lo

O seu antigo número de telemóvel pode ser usado para pirateá-lo, caso este ainda esteja associado a contas em sites ou redes sociais. Embora milhões de números de telemóvel sejam desconectados todos os anos, um novo …

Ataque à bomba contra escola feminina em Cabul faz 30 mortos e 79 feridos

A explosão de uma bomba junto a uma escola secundária para raparigas na zona ocidental de Cabul fez hoje pelo menos 30 mortos e 79 feridos, segundo um novo balanço feito pelas autoridades afegãs. “O número …

Tamám Shud. Exumação de corpo pode resolver um estranho mistério com 70 anos

As autoridades da Austrália aprovaram uma exumação do corpo de Tamám Shud - ou "Homem de Somerton" - e, em breve, o mistério de 70 anos pode estar resolvido. Em 30 de novembro de 1948, vários …

Costa, Von der Leyen na Cimeira Social no Porto

Vacinação no bom caminho com 25% da população da UE vacina

A Comissão Europeia anunciou este sábado que 200 milhões de doses de vacinas anticovid-19 chegaram já à União Europeia (UE) e 160 milhões de europeus já receberem a primeira dose, levando a que a vacinação …