EUA enviam dois bombardeiros B-1B Lancer para a Coreia

U.S. Pacific Command / Flickr

Bombardeiros Rockwell B-1B Lancer da Força Aérea dos EUA

Bombardeiros Rockwell B-1B Lancer da Força Aérea dos EUA

Os Estados Unidos enviaram dois bombardeiros estratégicos de longo alcance B-1B Lancer para a península da Coreia, onde irão participar em exercícios conjuntos com as Forças Aéreas da Coreia do Sul.

Segundo a agência de notícias sul-coreana Yonhap, que cita fontes militares de Seul, os dois super-bombardeiros norte-americanos irão simular o bombardeamento de uma cordilheira na província de Gangwon, junto à fronteira com a Coreia do Norte.

“Os dois bombardeiros norte-americanos irão sobrevoar esta terça-feira a península da Coreia, em formação com dois dos nossos caças F-15K“, adiantou à imprensa o coronel Kim Sung-duk, porta-voz da Força Aérea da Coreia do Sul.

Esta é a segunda vez no espaço de um mês que bombardeiros B-1B Lancer norte-americanos participam em manobras militares com forças sul-coreanas e japonesas na região, que se encontra debaixo de forte tensão na sequência das trocas de acusações e ameaças entre a Coreia do Norte e os seus “inimigos”, EUA, Coreia do Sul e Japão.

Durante a sua permanência na península coreana, os bombardeiros ficarão estacionados na base aérea de Andersen, na ilha de Guam, no Pacífico, onde os Estados Unidos mantêm alguns dos seus principais activos estratégicos na região.

O bombardeiro estratégico norte-americano B-1 Lancer é um quadrimotor de geometria variável desenvolvido na década de 1970 para substituir o mítico B-52 Stratofortress. Concebido como bombardeiro nuclear para voo supersónico a grande altitude, o B1-B evoluiu para missões de bombardeio por penetração de baixa-altitude e longo alcance.

A Coreia do Norte já reagiu à mobilização dos dois bombardeiros. Pyongyang acusa os EUA de estarem a ensaiar o lançamento de uma bomba nuclear contra possíveis objectivos militares norte-coreanos, e condena a iniciativa, que consideram uma “provocação imprudente que empurra a península coreana para uma guerra nuclear.

A mobilização dos dois bombardeiros norte-americanos acontece poucas horas depois da notícia da morte de Otto Warmbier. Segundo informou a família, o estudante de 22 anos, que se encontrava detido na Coreia do Norte desde 2016 e foi libertado em coma a semana passada, faleceu esta segunda-feira.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. “Esta é a segunda vez no espaço de um mês que bombardeiros B-1B Lancer norte-americanos participam em manobras militares com forças norte-coreanas e japonesas na região,…” Vai lá vai…

    • E é. Ao impedir a livre criatividade nos cortes de cabelo estão a oprimir todo um povo que assim vive na amargura de não poder ter um penteado a CR7.

Responder a ZAP Cancelar resposta

Propinas serão ajustadas se as instituições não garantirem ensino à distância

O pagamento de propinas no ensino superior será ajustado caso as instituições não consigam garantir o ensino à distância durante o período de contenção de covid-19, segundo um projeto-lei do PAN aprovado no Parlamento. “O valor …

Operação "Páscoa em Casa" já arrancou. Até segunda-feira, não pode sair do seu concelho de residência

Circulação proibida fora do concelho de residência e aeroportos encerrados. Arrancou à meia-noite desta quinta-feira a aplicação das medidas decretadas pelo Governo para o período pascal - 9 a 13 de abril -, visando reduzir …

Encontrado no fundo do mar um organismo "sobrenatural" tão grande como um prédio de 11 andares

Uma equipa de investigadores capturaram imagens de um organismo "sobrenatural" nas águas da costa da Austrália Ocidental. Uma equipa a bordo de RV Falkor, o navio de investigação principal do Schmidt Ocean Institute, localizou o organismo, …

Há 1.400 anos, uma estranha luz vermelha apareceu no Japão (e já sabemos o que era)

O registo mais antigo de um fenómeno astronómico observado no Japão deixou uma marca importante na história japonesa e na literatura clássica. O fenómeno data de 30 de dezembro de 620 e há séculos que …

Cientistas convertem água em combustível solar

Uma equipa de investigadores britânicos usou uma metodologia única que permite transformar água em combustível solar, que pode ser uma solução para energia renovável. Esta metodologia única utilizada por uma equipa de cientistas da Universidade de …

"Em Casa d’Amália": RTP comemora cententário da fadista

A Fundação Amália Rodrigues junta-se à RTP para assinalar o centenário da fadista. O programa Em Casa d’Amália tem estreia marcada para a próxima sexta-feira (10) e reúne várias figuras da música portuguesa da atualidade. O …

Desapareceram 21 milhões de números de telefone na China. Mas o mistério foi resolvido

O porta-voz de uma das três maiores operadoras chinesas confirmou o desaparecimento dos utilizadores, mas deu uma explicação para este mistério. Nos últimos dias, surgiram vários relatos de notícias que davam conta de que, entre janeiro …

Mercadona doa 20 mil quilos de chocolate aos profissionais de saúde e aos mais carenciados

A Mercadona anunciou, esta quarta-feira, a doação de 20 mil quilos de chocolate ao Banco Alimentar Contra a Fome do Porto. O objetivo é proporcionar uma Páscoa mais doce aos mais carenciados e aos que …

"Paciente 1" em Itália recupera (e dá as boas-vindas a Giulia, a sua filha recém-nascida)

Giulia, a filha recém-nascida do "paciente 1" de Itália, veio para trazer alguma esperança ao país, em plena pandemia de covid-19. Mattia, de 38 anos, foi internado no dia 20 de fevereiro no hospital de Codogno, …

Investigadores transformaram o coronavírus em música (e já o podemos ouvir)

Uma equipa de investigadores do Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT) conseguiu transformar em som a estrutura da proteína spike, que permite que o novo coronavírus adira às células para infetá-las. Até agora, já pudemos ver …