Estados Unidos compram quase todo o stock mundial de remdesivir para três meses

Mohamed Hossam / EPA

Os Estados Unidos compraram à empresa Gilead Sciences praticamente toda a reserva para três meses do medicamento remdesivir, o primeiro aprovado no país no tratamento de covid-19.

Em comunicado esta terça-feira divulgado, o departamento de saúde dos Estados Unidos informa que “assegurou mais de 500 mil ciclos de tratamento do medicamento para hospitais americanos até setembro”, o que equivale a “100% da produção prevista da Gilead para julho (94.200 ciclos), 90% da produção em agosto (174.900 ciclos) e 90% da produção em setembro (232.800 ciclos), além de uma verba para ensaios clínicos”.

Num ciclo de tratamento são utilizadas em média 6,25 ampolas de remdesivir, acrescenta o departamento de serviços de saúde e humanos (HHS, na sigla em inglês).

“O Presidente [Donald] Trump conseguiu um acordo espantoso para assegurar que os americanos tenham acesso à primeira terapêutica autorizada para a covid-19”, disse o secretário do HHS Alex Azar. “Na medida do possível, queremos assegurar que qualquer paciente americano que precise de remdesivir possa obtê-lo”, acrescentou.

A antecipação norte-americana significa que, nos próximos três meses, nenhum outro país terá acesso a este medicamento antiviral, cuja utilização foi recentemente recomendada pela Agência Europeia do Medicamento para adultos e jovens com mais de 12 anos que sofram ainda de pneumonia e necessitem de receber oxigénio.

Cada frasco de remdesivir da farmacêutica Gilead vai custar 347 euros, segundo uma carta publicada no site da empresa por Daniel O’Day, CEO da Gilead Sciences.

Tendo em conta que, em média, os tratamentos com o medicamento têm demorado cinco dias, ao longo dos quais cada paciente recebe seis frascos, no total cada doente tratado deverá custar 2.082 euros, refere ainda o jornal Observador.

De acordo com o diário britânico The Guardian, há muitos especialistas, cientistas, médicos e ativistas preocupados com esta ação unilateral dos Estados Unidos, alertando que esta poderá ser um exemplo do que acontecerá quando se criar a vacina contra a covid-19.

“Os [Estados Unidos] têm acesso à maior parte do stock de remédios [de remdesivir], e por isso não sobra nada para a Europa”, disse Andrew Hill, investigador da Universidade de Liverpool, citado pelo jornal inglês.

O medicamento já é utilizado em Portugal, sob condições estritas, e a Comissão Europeia poderá aprovar a recomendação da agência esta semana.

A pandemia do novo coronavirus já provocou quase 507 mil mortos e infetou mais de 10,37 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP. Os Estados Unidos são o país com mais mortos (126.512) e mais casos de infeção confirmados (mais de 2,61 milhões).

Seguem-se Brasil (59.594 mortes, mais de 1,40 milhões de casos), Reino Unido (43.730 mortos, mais de 312.500 casos), Itália (34.767 mortos e mais de 240 mil casos), França (29.843 mortos, mais de 201 mil casos) e Espanha (28.355 mortos, mais de 249 mil casos). Em Portugal, morreram 1.576 pessoas das 42.141 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

    • Porque é que tinham que prestar contas a quem quer que fosse? A Gilead é uma empresa Americana. Numa situação como a que vivemos, faz todo o sentido que dê preferência a satisfazer a procura interna antes de exportar.

  1. Não digo que não, mas entre as várias milhares de farmacêuticas mundiais, não há nenhuma que fabrique o medicamento equivalente com a mesma composição? E depois, não é nenhuma cura, é apenas tratamento.

    • A hidrocloroquina era baratíssima. não dava lucro sem aumentar exponencialmente o preço.
      O redemsivir já vai dar muito lucro, principalmente ao Fauci.
      Pesquisem e verão.
      As máscaras continuam caíndo.

      • E estudar primeiro um pouco aquilo de que fala antes de vir aqui mandar postas de pescada? Hidrocloroquina?! O que é isso? Não seria antes hidroxicloroquina?
        E depois “caíndo”?! Ou seria “caindo”?!
        Arrume melhor as ideias e depois volte cá.

RESPONDER

Rio Ave 0 - 2 Sporting | Leão invicto com uma garra no “caneco”

O Sporting registou o 31º jogo consecutivo sem perder na Liga NOS. Na visita ao Rio Ave, os “leões” venceram o Rio Ave por 2-0 e estão muito perto de conquistar o ceptro de campeões …

Taylor's lança vinho do Porto produzido na vindima de 1896 (e custa uma pequena fortuna)

A Taylor's vai lançar um "raro" vinho do Porto produzido na vindima de 1896, na Região Demarcada do Douro, e que tem uma edição limitada de 1.700 decantadores de cristal, embalados numa luxuosa caixa de …

"Este calendário pode ser muito mais perigoso do que finalizar o campeonato"

Dois treinadores de equipas femininas de andebol analisaram a sucessão de jornadas duplas em fins-de-semana consecutivos. Diogo Guerra avisa: "Este calendário é uma irresponsabilidade enorme. Só espero que ninguém se aleije". A primeira divisão nacional feminina …

Mulher dá à luz nove bebés, mais dois do que mostraram as ecografias

Uma mulher de 25 anos deu à luz nove bebés, mais dois do que mostraram as várias ecografias realizadas ao longo da gravidez. O caso aconteceu no Mali. Este está a ser considerado um recorde mundial …

Andrea Bocelli dá dois concertos em Coimbra em 25 e 26 de junho

O tenor italiano Andrea Bocelli vai atuar no Estádio Cidade de Coimbra em 25 e 26 de junho, em dois concertos que contam com a participação da fadista Mariza. "Em cumprimento das normas de segurança e …

Califórnia vai ter o maior sistema de armazenamento de energia não hidrelétrica do mundo

A empresa canadiana Hydrostor, que fornece soluções de armazenamento de energia de longa duração, revelou esta semana que irá desenvolver 1.000 MW de CAES na Califórnia, de acordo com um comunicado. O CAES é um tipo …

Seis anos e mil milhões de links depois, cientistas concluem que a Internet está a crescer (e a encolher)

Uma equipa de investigadores analisou mil milhões de links ao longo de seis anos e concluiu que a Internet está tanto a crescer como a encolher. O mundo online está em constante expansão — sempre agregando …

Há estranhas rádios-fantasma na Rússia (e exploradores entraram numa delas)

Aos 14 anos, um jovem comprou um rádio de ondas curtas e estava a testá-lo quando encontrou a transmissão errada - uma rádio fantasma. Imagine que é um entusiasta da rádio, sozinho à noite, a trabalhar …

Dinheiro e refeições grátis. A Sérvia vai recompensar os cidadãos que forem vacinados

O Presidente da Sérvia, Aleksandar Vucic, anunciou esta quarta-feira que serão pagos 25 euros aos cidadãos já vacinados contra a covid-19 e aos que se vão vacinar até final de maio, uma iniciativa original no …

Ivã, o (não tão) Terrível. Aliado de Putin reescreve história para reabilitar reputação do primeiro czar da Rússia

Segundo um alto funcionário russo, Ivã, o Terrível, não era terrível e a sua reputação de tirano cruel é o resultado de uma campanha de difamação realizada pelo Ocidente no século XVI. Nikolai Patrushev, o poderoso …