“Está tudo em aberto”. Capitães de Abril admitem abandonar celebrações (e desfile pode ser cancelado)

Pedro Ribeiro Simões / Flickr

Vasco Lourenço, capitão de Abril

Após a polémica levantada pela exclusão da Iniciativa Liberal do cortejo, o presidente da Associação 25 de Abril (A25A), Vasco Lourenço, convocou uma reunião da comissão promotora do tradicional desfile comemorativo do 25 de Abril, na Avenida da Liberdade, em Lisboa.

De acordo com o jornal Público, a controvérsia gerou ondas de choque no núcleo da comissão promotora do tradicional desfile comemorativo do 25 de Abril.

O presidente da Associação 25 de Abril, Vasco Lourenço, disse ao matutino que a polémica pode mesmo levar ao cancelamento da comemoração. “Todas as hipóteses estão em aberto”, disse.

Em declarações à SIC Notícias, na quinta-feira, o presidente Vasco Lourenço admitiu a saída da Associação 25 de Abril da Comissão Promotora das Comemorações onde participam cerca de 40 organizações. “Vamos ter de refletir muito na nossa continuação na comissão promotora. Está a fazer-se uma radicalização, há pouca abertura”, disse.

Vasco Lourenço convocou uma reunião para esta sexta-feira para “analisar a situação e exigir que todos assumam as responsabilidades pelos seus atos”.

Em causa está a exclusão da Iniciativa Liberal do desfile, que foi aprovada pela comissão promotora, contra a vontade do presidente da Associação 25 de Abril, que ficou furioso quando percebeu que alguns membros da comissão estavam “a sacudir a água do capote”, explicou ao mesmo jornal.

Em cima da mesa está também a a decisão do partido Livre de anunciar a cedência de quatro dos seus dez lugares à Iniciativa Liberal e ao Volt.

Em declarações à TSF, o dirigente do Bloco de Esquerda Fabian Figueiredo também disse que “não passa pela cabeça de ninguém que quem se apresente para participar nas comemorações do 25 de Abril seja excluído e barrado à porta”.

A Iniciativa Liberal, que recusou a “oferta” do Livre, vai fazer um desfile autónomo.

Segundo o semanário Expresso, desde 1977 que a tarefa de organizar as comemoraçõe do 25 de Abril foram entregue a uma designada Comissão Promotora das Comemorações Populares do 25 de Abril.

De acordo com Vasco Lourenço, a Associação 25 de Abril tem sempre uma palavra a dizer sobre o desfile da Avenida da Liberdade, mas no final, “a organização é da CGTP e a segurança do PCP”.

“Sejam bem-vindos aqueles que vierem por bem”

O líder comunista citou esta quinta-feira o músico e cantor de intervenção Zeca Afonso para dar boas-vindas a quem quiser desfilar “por bem”, no domingo, nas várias celebrações da Revolução de 25 de Abril de 1974, por todo o país.

“Domingo, nas comemorações populares, evoco a canção de Zeca Afonso: sejam bem-vindos aqueles que vierem por bem. Na véspera das comemorações do 47.º aniversário do 25 de Abril, quando nos aproximamos do 1.º de Maio, é hora de participação e de luta nas empresas e locais de trabalho”, declarou Jerónimo de Sousa, adaptando assim o verso do tema “Traz outro amigo também”.

O secretário-geral do PCP improvisou a frase que não constava do discurso de encerramento de uma sessão virtual transmitida pela Internet, a partir da Casa do Alentejo, na baixa lisboeta, na qual se defendeu a redução dos horários de trabalho para “combater a desregulação e valorizar a vida”.

Esta semana, a Iniciativa Liberal e o Volt acusaram a comissão promotora do tradicional tradicional da avenida da Liberdade, em Lisboa, de impedir a presença daquelas forças políticas no evento.

Vasco Lourenço explicou que, devido à pandemia, há restrições sanitárias e, após consultar a Direção-Geral da Saúde (DGS), só foi permitida a participação das forças políticas, associações e outras entidades que fazem parte da comissão.

São mais de 40 instituições, designadamente todos os partidos da esquerda parlamentar, as centrais sindicais CGTP-IN e a UGT, mas também a associação Renovação Comunista, a associação de Aposentados, Pensionistas e Reformados (APRE!), os Precários Inflexíveis (PI), entre muitas outras, nomeadamente antifascistas.

Maria Campos, ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Alemanha indemniza homossexuais perseguidos ou condenados até 1969

As autoridades alemãs indemnizaram quase 250 pessoas que foram perseguidas ou investigadas pelas leis adotadas pelo regime nazi sobre homossexualidade e que se mantiveram em vigor após o final da II Guerra Mundial. O Departamento Federal …

PS deverá vencer em Almada, mas sem maioria absoluta

Resultados da sondagem apontam para um novo executivo minoritário, tal como aconteceu há quatro anos. PS está em vantagem. De acordo com uma sondagem realizada pelo Cesop - Universidade Católica Portuguesa para o Público, a atual …

Chega pede arquivamento de processo do Ministério Público sobre alterações estatutárias

O partido Chega pediu o arquivamento do processo do Ministério Público relativo às alterações estatutárias introduzidas no congresso de Évora, em setembro de 2020, por considerar que o processo tem “ausência de fundamento legal”. “Requer-se o …

Professores e alunos com doenças de risco ficam em casa - mesmo estando vacinados

Com o início do ano letivo, nem todos os alunos e professores estão de regresso às escolas. Aqueles que estão sinalizados como doentes de risco vão manter o acesso aos regimes excecionais, aprovados por causa …

Já é possível extrair lítio dos resíduos da produção de combustíveis fóssil

Investigadores norte-americanos descobriram uma forma de extrair lítio de forma sustentável, através das águas residuais da produção de combustíveis fósseis. Graças à sua utilização em dispositivos eletrónicos, o lítio é um elemento cada vez mais procurado, …

Ministro do Ambiente visita Moçambique com dois milhões e projetos de cooperação na carteira

O ministro do Ambiente e da Ação Climática português inicia quarta-feira uma visita a Moçambique, onde irá contactar com projetos apoiados por Portugal e anunciar investimentos ao nível da cooperação na ordem dos dois milhões …

Governo espanhol avança com "plano de choque" para reduzir tarifas de eletricidade

Ministros do Governo de Sanchéz (PSOE) afirmam que o conjunto de medidas apresentadas conseguirão reduzir a fatura da eletricidade para os consumidores em 12% e reiteram a promessa feita de que o ano de 2021 …

Textor suspende compra de acções da Benfica SAD após dúvidas do clube (e Vieira diz que não recebeu a carta)

O empresário norte-americano John Textor anunciou que suspendeu o acordo com José António dos Santos, o "Rei dos Frangos", para a compra de 25% das acções da SAD do Benfica, até à realização das eleições …

Governo trava duplo combate à esquerda (e, em ano de eleições, há muitos "nós" para desatar)

Em ano de eleições autárquicas, com o PS a visar a manutenção da maioria das Câmaras do país, o Governo socialista enfrenta um duplo combate com os parceiros de esquerda, com a revisão da lei …

Porto quer nova companhia para substituir a TAP — e já enviou proposta para Bruxelas

A Associação Comercial do Porto (ACP) enviou uma proposta para Bruxelas a defender a "criação de uma nova companhia aérea para voos intercontinentais a partir de Lisboa e o apoio à captação de rotas para …