Livre cede lugares à IL e ao Volt. Vasco Lourenço fala em “chicana política”

Manuel de Almeida / Lusa

Vasco Lourenço, capitão de Abril

O Livre cedeu, esta quarta-feira, quatro lugares da sua comitiva no desfile que assinala o 25 de Abril à Iniciativa Liberal e ao Volt Portugal, depois da comissão promotora os ter informado de que não podem participar.

“@Liberalpt e @Voltportugal, venham desfilar connosco. O Livre faz parte da Comissão Promotora do 25 de Abril. Uma vez que não podem participar por não serem promotores, o Livre cede dois lugares a cada um. 25 de Abril sempre, fascismo nunca mais!”, escreveu o partido da papoila na sua conta do Twitter, identificando os dois partidos.

O tweet surge depois de a Iniciativa Liberal (IL) e o Volt Portugal (VP) terem contestado a decisão da comissão promotora do desfile, que lhes negou a participação no evento devido à “situação de excecionalidade e de limitações relacionadas com a saúde pública atual”.

Os dois partidos já manifestaram a sua intenção de desafiar esta decisão e disseram que vão estar presentes na Avenida da Liberdade, no próximo domingo.

Entretanto, em declarações à SIC Notícias, o presidente da Associação 25 de Abril, o coronel Vasco Lourenço, acusou o Livre de fazer “chicana política” ao ceder lugares aos dois partidos.

“Há regras que foram impostas pela DGS e pela PSP que nós temos de cumprir. E um dos membros da comissão promotora, que tomou parte na decisão, vem agora armada em bom samaritano? Não dou para este campeonato. É chicana política partidária, em que eu não entro”, afirmou o capitão de Abril, num tom exaltado.

“Era o que faltava agora acusarem-nos de estarmos a querer limitar as liberdades. Isso é tão estúpido. Os idiotas que dizem isso são tão parvos, que eu não percebo como é que é possível estarem a fazer este tipo de acusações”, disse ainda.

Ao mesmo canal televisivo, o Livre lamentou que este tenha sido o entendimento de Vasco Lourenço, dando a entender que cedeu os quatro lugares precisamente para mostrar que a Iniciativa Liberal não está interessada em participar no desfile.

O porta-voz do partido disse que, efetivamente, a tal “chicana política” existe, mas que está a ser feita pelos liberais, que se aproveitaram das restrições provocadas pela pandemia para criar a polémica.

O tradicional desfile comemorativo do 25 de Abril de 1974 vai regressar à Avenida da Liberdade, com algumas regras definidas pela Direção-Geral da Saúde (DGS). A Iniciativa Liberal já disse que vai organizar o seu próprio desfile, no mesmo dia e no mesmo local.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

França diz-se "enganada" pela Austrália após suspensão de contrato de submarinos

Na semana passada, Estados Unidos, Austrália e Reino Unido anunciaram um acordo de defesa que inclui o desenvolvimento de submarinos nucleares na Austrália. O embaixador francês na Austrália, Jean-Pierre Thebault, disse esta segunda-feira que a França …

Sete mortos e 306 infetados nas últimas 24 horas

Portugal registou, esta segunda-feira, 306 novos casos e sete mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal …

Rússia Unida anuncia vitória nas legislativas

O partido do Kremlin, Rússia Unida, reivindicou no domingo a vitória nas eleições legislativas russas, mas a sua maioria constitucional na Duma, a câmara baixa do parlamento, está ainda por apurar, após a contagem de …

Cientistas estão a dar vida ao holodeck, um holograma que você pode tocar

Os cientistas estão cada vez mais perto de tornar o holodeck uma realidade. Investigadores estão a criar um holograma que você pode tocar. A série Star Trek: The Next Generation apresentou a milhões de pessoas a …

A partir de novembro, EUA passam a permitir entrada de estrangeiros totalmente vacinados

A partir do início de novembro, os Estados Unidos passam a permitir a entrada de viajantes da União Europeia (UE) e do Reino Unido, desde que estejam totalmente vacinados. Os Estados Unidos vão reduzir as restrições …

Talibãs mandam funcionárias do governo de Cabul ficar em casa

As funcionárias do governo de Cabul devem ficar em casa. A única exceção aplica-se às trabalhadoras cujos cargos não podem ser desempenhados por homens. Só as mulheres "que não podem ser substituídas por homens" podem regressar …

"Tatatatatatata." A bazuca de Costa é, afinal, uma "metralhadora" que dispara de rajada

Rui Rio considera que António Costa devia chamar a bazuca de metralhadora, porque o primeiro-ministro "dispara de rajada" promessas. "HK21 tem fita, carrega-se, e aquilo dispara tatatatatatata." O presidente do PSD, Rui Rio, ironizou esta segunda-feira …

Campanha alerta população sobre cancros de sangue e apela para informação

Uma campanha para quebrar o silêncio sobre os cancros do sangue e alertar para a importância do diagnóstico precoce está nas ruas até final de setembro, lembrando que é essencial estar atento a sintomas e …

Pfizer diz que vacina é "segura" para crianças dos cinco aos 11 anos

A Pfizer/BioNTech anunciaram, esta segunda-feira, que a vacina é segura e parece gerar uma resposta imunitária robusta nas crianças dos cinco aos 11 anos. Depois de um estudo com 2.268 participantes, a Pfizer/BioNTech anunciaram que a …

PS e CDS na Madeira desencontrados, PSD e Bloco continuam no Norte

No arranque da segunda semana de campanha para as autárquicas, os líderes do PS e do CDS-PP apostam na Madeira mas com horários desencontrados, enquanto BE e PSD continuam a norte, e PAN e PCP …