Livre cede lugares à IL e ao Volt. Vasco Lourenço fala em “chicana política”

Manuel de Almeida / Lusa

Vasco Lourenço, capitão de Abril

O Livre cedeu, esta quarta-feira, quatro lugares da sua comitiva no desfile que assinala o 25 de Abril à Iniciativa Liberal e ao Volt Portugal, depois da comissão promotora os ter informado de que não podem participar.

“@Liberalpt e @Voltportugal, venham desfilar connosco. O Livre faz parte da Comissão Promotora do 25 de Abril. Uma vez que não podem participar por não serem promotores, o Livre cede dois lugares a cada um. 25 de Abril sempre, fascismo nunca mais!”, escreveu o partido da papoila na sua conta do Twitter, identificando os dois partidos.

O tweet surge depois de a Iniciativa Liberal (IL) e o Volt Portugal (VP) terem contestado a decisão da comissão promotora do desfile, que lhes negou a participação no evento devido à “situação de excecionalidade e de limitações relacionadas com a saúde pública atual”.

Os dois partidos já manifestaram a sua intenção de desafiar esta decisão e disseram que vão estar presentes na Avenida da Liberdade, no próximo domingo.

Entretanto, em declarações à SIC Notícias, o presidente da Associação 25 de Abril, o coronel Vasco Lourenço, acusou o Livre de fazer “chicana política” ao ceder lugares aos dois partidos.

“Há regras que foram impostas pela DGS e pela PSP que nós temos de cumprir. E um dos membros da comissão promotora, que tomou parte na decisão, vem agora armada em bom samaritano? Não dou para este campeonato. É chicana política partidária, em que eu não entro”, afirmou o capitão de Abril, num tom exaltado.

“Era o que faltava agora acusarem-nos de estarmos a querer limitar as liberdades. Isso é tão estúpido. Os idiotas que dizem isso são tão parvos, que eu não percebo como é que é possível estarem a fazer este tipo de acusações”, disse ainda.

Ao mesmo canal televisivo, o Livre lamentou que este tenha sido o entendimento de Vasco Lourenço, dando a entender que cedeu os quatro lugares precisamente para mostrar que a Iniciativa Liberal não está interessada em participar no desfile.

O porta-voz do partido disse que, efetivamente, a tal “chicana política” existe, mas que está a ser feita pelos liberais, que se aproveitaram das restrições provocadas pela pandemia para criar a polémica.

O tradicional desfile comemorativo do 25 de Abril de 1974 vai regressar à Avenida da Liberdade, com algumas regras definidas pela Direção-Geral da Saúde (DGS). A Iniciativa Liberal já disse que vai organizar o seu próprio desfile, no mesmo dia e no mesmo local.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Deputado do Bloco acusado de violência doméstica avança com queixa em tribunal

Catarina Alves, ex-namorada do deputado Luís Monteiro, acusa-o de violência doméstica. O bloquista nega as acusações e diz que vai apresentar queixa no tribunal. Luís Monteiro vai apresentar queixa contra a ex-namorada que o acusou de …

Gestão do Novo Banco vai receber bónus de 3,9 milhões em 2022

A equipa de administração do Novo Banco tem à sua espera um bónus de 3,9 milhões de euros no próximo ano. O banco registou prejuízos de 1.329 milhões de euros no ano passado. O Novo Banco …

Ainda não há planos para vacinar voluntários com AstraZeneca e Johnson & Johnson (nem dados sobre combinação de vacinas)

A vacinação de voluntários com menos de 60 ou 50 anos que aceitem receber as vacinas da AstraZeneca ou da Johnson & Johnson ainda não tem planos ou datas para arrancar. A Comissão de vacinação …

Celebrar ou cancelar Napoleão? 200.º aniversário da morte do imperador desperta debate em França

No 200.º aniversário da morte de Napoleão Bonaparte, o presidente francês Emmanuel Macron optou por fazer o que os seus antecessores evitaram. Ao escolher colocar uma coroa de flores esta quarta-feira no túmulo de Napoleão sob …

Costa começa a namorar a esquerda. Negociações do Orçamento arrancam em julho

O Governo está a preparar-se para arrancar com as reuniões preliminares de negociação do Orçamento do Estado para 2022. O Público avança, esta quinta-feira, que os encontros formais vão ser realizados com os partidos de esquerda …

O orgulho, os milhões da Champions e (talvez) um título estão em jogo neste Clássico

O FC Porto não desiste da corrida pelo título, mas o segundo lugar é a principal luta deste Clássico. A posição dá acesso direto à Liga dos Campeões. Benfica e FC Porto defrontam-se hoje na Luz, …

"Crise de saúde global". Biden apoia levantamento das patentes das vacinas (e UE segue o exemplo)

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, apoiou a proposta da Organização Mundial do Comércio (OMC) para renunciar às proteções de propriedade intelectual para as vacinas contra a covid-19. "Esta é uma crise de saúde global …

-

Confrontos entre polícia e adeptos em Alvalade. PSP avança com participação ao MP

A chegada da equipa do Sporting ao estádio de Alvalade ficou marcada por confrontos entre vários adeptos e a polícia. A PSP já anunciou que vai fazer uma participação ao Ministério Público. Depois da vitória por …

Centeno pressiona Costa: 6 mil milhões de medidas temporárias devem ser revertidos

Esta quinta-feira, o governador do Banco de Portugal, Mário Centeno, avisou que "não podemos querer manter no futuro medidas que foram criadas para serem temporárias". As medidas cíclicas e temporárias adotadas no ano passado para responder …

Apoio ao aumento do salário mínimo "vale 84,5 euros por posto de trabalho"

O ministro da Economia explicou que o apoio ao aumento do salário mínimo, que só vai acontecer em 2021 e que custará cerca de 60 milhões de euros ao Estado, corresponde a 84,5 euros por …