Especialistas esperam pico de casos na próxima semana (e de óbitos a meio de dezembro)

António Cotrim / Lusa

Portugal deve atingir o pico de novos casos de infeção por covid-19 nesta segunda vaga da pandemia já na próxima semana, entre 25 a 30 de novembro, estimou esta quinta-feira Manuel Carmo Gomes, professor de Epidemiologia da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL).

Manuel Carmo Gomes, um dos peritos que tem sido ouvido pelo Governo no combate à pandemia, falava esta quinta-feira no Infarmed, em Lisboa, num encontro sobre a a evolução da convid-19 em Portugal, que junta políticos, especialistas e parceiros sociais.

Neste pico, estimou, Portugal deverá chegar aos 7 mil casos diários.

O especialista estima ainda que Portugal atinja o pico de óbitos relacionados com a covid-19 na segunda semana de dezembro, com cerca de 95 a 100 óbitos diários.

Não podemos baixar a guarda de maneira nenhuma. Em qualquer oportunidade o R [índice de transmissão da doença] volta a subir”, avisa ainda o especialista, aconselhando o país a “manter o R baixo e ir acompanhando a incidência” de novos casos.

Na mesma sessão, falou já também Óscar Felgueiras, especialista da Faculdade de Ciência da Universidade do Porto, que observou que a região Norte – a mais fustigada nesta segunda vaga -está a registar um abrandamento do crescimento da pandemia de covid-19, mas a incidência ainda é quase sete vezes superior à registada em abril.

“Temos neste momento uma situação em que em geral está a haver abrandamento de crescimento” no Norte do país, a zona onde há mais casos de infeção. Segundo o especialista, mesmo onde a pandemia está a crescer, em geral, há abrandamento e, eventualmente, onde está a descer a tendência é de descida em muitas regiões.

Ao acompanhar a média diária de casos numa janela a sete dias e numa janela de casos a 14 dias, observa-se que tem havido um crescimento grande.

“Estamos neste momento com uma incidência que é quase sete vezes superior à registada em abril no momento mais alto da pandemia e recentemente a tendência foi de haver um certo abrandamento”, sublinhou Óscar Felgueiras.

À semelhança do que acontece no país, as faixas etárias com maior incidência são as da população ativa dos 20 aos 49 anos, seguida dos idosos acima dos 80 anos, bem como dos 70 aos 79 anos. “Mesmo no caso dos idosos, a incidência atual é mais do dobro do que aquela que foi atingida no pico de abril”, salientou.

Na mesma intervenção, Óscar Felgueiras conclui que é necessário “passar um mês e meio entre o momento em que as medidas são tomadas e o regresso da situação à incidência de partida” e dá o exemplo da região do Vale do Tejo, onde no início de outubro eram registados cerca de 1922 casos diários e agora, depois de terem sido decretadas medidas para travar a propagação, existem mais de 3.000.

“São precisas mais duas ou três semanas”, remata.

Portugal contabiliza pelo menos 3.632 mortos associados à covid-19 em 236.015 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

O país está em estado de emergência desde 9 de novembro e até 23 de novembro, período durante o qual há recolher obrigatório nos concelhos de risco de contágio mais elevado e municípios vizinhos. A medida abrange 191 concelhos.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. A procissão ainda vai no adro, infelizmente.
    Esses “especialistas” não são mais que relações públicas a trabalhar para esconder a verdade.

    O Inverno “ainda” está a chegar.

  2. O piço da infeção ainda não será na próxima semana mas sim na 3ª semana de dezembro. Qualquer pessoa que perceba um pouco de matemática chega lá. E tudo isto acreditando que não há quaisquer alterações profundas à trajetória que vimos evoluir nos últimos tempos.

Plano de desconfinamento a circular nas redes sociais é falso. Governo faz denúncia ao Ministério Público

Esta quinta-feira, começou a circular nas redes sociais um alegado plano de desconfinamento que teria início já no mês de março. O Governo já veio avisar que o documento é falso e vai fazer uma …

Carlos Carreiras diz que "Passos Coelho não é passado, é presente"

O presidente da Câmara de Cascais voltou a criticar a liderança do líder do PSD e, em sentido contrário, deixou rasgados elogios ao seu antecessor. Numa entrevista ao jornal Público e à rádio Renascença, Carlos Carreiras …

PSP diz que jovem que se gabou de violação no Instagram pode ter "fantasiado"

A Polícia de Segurança Pública (PSP) de Viseu afirma que "tudo leva a crer" que o jovem que assumiu, em direto no Instagram, ter violado uma rapariga estivesse a fantasiar. A PSP de Viseu identificou o …

Termina hoje o prazo para validar faturas para apresentar no IRS

Os contribuintes têm até esta quinta-feira para validar e verificar as faturas de 2020 no Portal e-fatura e que vão servir de base no cálculo das deduções no IRS. Há já vários anos que as deduções …

“Foi torturada”. Princesa Latifa escreve carta à polícia a pedir que investigue desaparecimento da irmã

Latifa escreveu à polícia britânica em 2019. O caso da sua irmã Shamsa, raptada em Inglaterra há mais de vinte anos, tem muitas semelhanças com o drama agora vivido pela princesa. A princesa Latifa, filha do …

Pelo menos oito mortos após golpe de Estado em Myanmar. ONG pedem embargo ao fornecimento de armas

Pelo menos oito pessoas morreram em Myanmar, como resultado da violência desencadeada após o golpe de Estado realizado pelos militares a 1 de fevereiro, segundo a Associação de Assistência aos Prisioneiros Políticos (AAPP). Até agora, o …

24 mil milhões até 2025 e 100% renovável até 2030. Eis o novo plano estratégico da EDP

A EDP apresenta esta quinta-feira o seu novo plano estratégico, comprometendo-se a investir 24 mil milhões de euros até 2025 na transição energética e anunciando o objetivo de até 2030 se tornar 100% verde. Na nota …

Manchester United e Liverpool querem Raphinha, ex-Sporting

Raphinha, antigo jogador do Sporting CP e do Vitória SC, está a ser sondado pelo Manchester United e pelo Liverpool. O brasileiro tem estado em destaque na Premier League, ao serviço do Leeds. Manchester United e …

50 deputados e menos de 100 pessoas na sala. Posse de Marcelo segue modelo do 25 de Abril

Marcelo Rebelo de Sousa vai tomar posse como Presidente da República, no parlamento, no dia 9 de março, numa cerimónia em que apenas estarão presentes 50 dos 230 deputados e menos de 100 pessoas no …

Depois de um conselho nacional tenso, líder do CDS reúne-se com a bancada parlamentar

O líder do CDS vai reunir-se, esta quinta-feira, com os cinco deputados centristas para dialogarem sobre a articulação entre a direção e a bancada parlamentar. Tal como recorda o jornal Público, esta reunião de trabalho acontece depois …