Especialistas esperam pico de casos na próxima semana (e de óbitos a meio de dezembro)

António Cotrim / Lusa

Portugal deve atingir o pico de novos casos de infeção por covid-19 nesta segunda vaga da pandemia já na próxima semana, entre 25 a 30 de novembro, estimou esta quinta-feira Manuel Carmo Gomes, professor de Epidemiologia da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL).

Manuel Carmo Gomes, um dos peritos que tem sido ouvido pelo Governo no combate à pandemia, falava esta quinta-feira no Infarmed, em Lisboa, num encontro sobre a a evolução da convid-19 em Portugal, que junta políticos, especialistas e parceiros sociais.

Neste pico, estimou, Portugal deverá chegar aos 7 mil casos diários.

O especialista estima ainda que Portugal atinja o pico de óbitos relacionados com a covid-19 na segunda semana de dezembro, com cerca de 95 a 100 óbitos diários.

Não podemos baixar a guarda de maneira nenhuma. Em qualquer oportunidade o R [índice de transmissão da doença] volta a subir”, avisa ainda o especialista, aconselhando o país a “manter o R baixo e ir acompanhando a incidência” de novos casos.

Na mesma sessão, falou já também Óscar Felgueiras, especialista da Faculdade de Ciência da Universidade do Porto, que observou que a região Norte – a mais fustigada nesta segunda vaga -está a registar um abrandamento do crescimento da pandemia de covid-19, mas a incidência ainda é quase sete vezes superior à registada em abril.

“Temos neste momento uma situação em que em geral está a haver abrandamento de crescimento” no Norte do país, a zona onde há mais casos de infeção. Segundo o especialista, mesmo onde a pandemia está a crescer, em geral, há abrandamento e, eventualmente, onde está a descer a tendência é de descida em muitas regiões.

Ao acompanhar a média diária de casos numa janela a sete dias e numa janela de casos a 14 dias, observa-se que tem havido um crescimento grande.

“Estamos neste momento com uma incidência que é quase sete vezes superior à registada em abril no momento mais alto da pandemia e recentemente a tendência foi de haver um certo abrandamento”, sublinhou Óscar Felgueiras.

À semelhança do que acontece no país, as faixas etárias com maior incidência são as da população ativa dos 20 aos 49 anos, seguida dos idosos acima dos 80 anos, bem como dos 70 aos 79 anos. “Mesmo no caso dos idosos, a incidência atual é mais do dobro do que aquela que foi atingida no pico de abril”, salientou.

Na mesma intervenção, Óscar Felgueiras conclui que é necessário “passar um mês e meio entre o momento em que as medidas são tomadas e o regresso da situação à incidência de partida” e dá o exemplo da região do Vale do Tejo, onde no início de outubro eram registados cerca de 1922 casos diários e agora, depois de terem sido decretadas medidas para travar a propagação, existem mais de 3.000.

“São precisas mais duas ou três semanas”, remata.

Portugal contabiliza pelo menos 3.632 mortos associados à covid-19 em 236.015 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

O país está em estado de emergência desde 9 de novembro e até 23 de novembro, período durante o qual há recolher obrigatório nos concelhos de risco de contágio mais elevado e municípios vizinhos. A medida abrange 191 concelhos.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. A procissão ainda vai no adro, infelizmente.
    Esses “especialistas” não são mais que relações públicas a trabalhar para esconder a verdade.

    O Inverno “ainda” está a chegar.

  2. O piço da infeção ainda não será na próxima semana mas sim na 3ª semana de dezembro. Qualquer pessoa que perceba um pouco de matemática chega lá. E tudo isto acreditando que não há quaisquer alterações profundas à trajetória que vimos evoluir nos últimos tempos.

RESPONDER

Governo está a preparar contestação de providência cautelar sobre Zmar

O ministro da Administração Interna afirmou hoje que já está a ser preparada a contestação à providência cautelar que suspende a requisição civil das casas do complexo Zmar, adiantando que o Ministério não foi ainda …

Subsídio europeu de 150 euros mensais para tirar 5 milhões de crianças da pobreza severa

Arrancou nesta sexta-feira, no Porto, a Cimeira Social promovida pela presidência portuguesa do Conselho da União Europeia. Um momento que o ex-ministro Pedro Marques aproveita para lançar a ideia de um novo apoio social de …

Banca empresta 475 milhões para Fundo de Resolução pagar ao Novo Banco

O sindicato bancário, composto por sete bancos, vai proceder ao financiamento do Fundo de Resolução para este cumprir a injeção de capital no Novo Banco já na próxima semana. O Jornal Económico avança, esta sexta-feira, que …

China suspende "diálogo económico" com a Austrália e denuncia "mentalidade de Guerra Fria"

Esta quinta-feira, o Governo chinês anunciou a suspensão "por tempo indefinido" de todas as atividades realizadas no âmbito da iniciativa "Diálogo Económico Estratégico China-Austrália". As relações entra a China e o ocidente estão cada vez mais …

Bolsonaro diz ter tido sintomas de reinfeção. China acusa-o de "politizar" novo coronavírus

O Presidente do Brasil admitiu na quinta-feira que teve sintomas de reinfeção pelo novo coronavírus "há poucos dias" e afirmou que tomou ivermectina, fármaco sem comprovação científica contra a covid-19. As declarações de Jair Bolsonaro foram …

"É fácil despedir". PCP quer mudar regime de despedimento coletivo e extinção de postos de trabalho

O PCP vai entregar na Assembleia da República esta sexta-feira um projeto de lei que visa limitar os despedimentos coletivos e a extinção de postos de trabalho, eliminando o despedimento por inadaptação. O objetivo do partido …

Páginas ocultas do PRR revelam "reedição da troika" na reforma aos hospitais

O Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) prevê uma concentração das urgências da Grande Lisboa e Grande Porto, cortes nos gastos e uma gestão dos hospitais mais vigiada com imposição de objetivos financeiros. O jornal Expresso …

Já há uma explicação científica para as "dunas" do céu do Norte

Um ano depois da sua observação, as auroras de dunas, ou auroras boreais em forma de duna, já possuem confirmação e explicação científica. A aurora boreal nasce quando as partículas carregadas expelidas pelo Sol, como eletrões, …

Praia. Desporto e equipamentos de lazer vão ter regras novas

O Governo aprovou esta quinta-feira as regras de acesso e ocupação das praias durante a época balnear, com alterações em relação ao ano passado ao nível da atividade desportiva no areal e da utilização de …

Bastião trabalhista derrotado. Conservadores conseguem vitória na "muralha vermelha" britânica

Os conservadores conseguiram derrubar o domínio trabalhista do círculo de Hartlepool. Jill Mortimer venceu com mais de 50% dos votos e ajudou a reforçar a maioria de Boris Johnson, primeiro-ministro britânico. O antigo deputado trabalhista Mike …