Marta Temido diz não saber “quantas vagas vamos ter”. Profissionais do SNS sem férias vão ser compensados

José Sena Goulão / Lusa

A ministra da Saúde, Marta Temido

A ministra da Saúde, Marta Temido, disse, em entrevista à SIC este sábado, que Portugal está a passar por uma segunda vaga, mas que pode não ser a última.

“Não sabemos quantas vagas da doença vamos ter”, disse Marta Temido em entrevista à SIC. Além disso, disse a ministra, não sabemos se “entraremos num cenário de vagas, de subidas da incidência da doença e depois descidas, ou num cenário em que o país se mantém com um número muito elevado de casos durante muito tempo — um planalto”.

Temido afirmou que, se Portugal se mantiver num planalto durante muito tempo, esse cenário seria “extraordinariamente preocupante”.

A juntar às incertezas de quants vagas ainda pasarão pelo país, Marta Temido admitiu que também não sabe quando estará disponível uma vacina. “Temos alguma esperança de que a vacina em que os países têm trabalhado mas não sabemos exatamente quando é que ela chegará”.

Mas “estamos prontos” para a armazenar e distribuir, garantiu. “Temos de ter reservas de energia, como povo” para tomar os cuidados necessários, afirmou a governante, reconhecendo que “é muito difícil”.

Esta semana, a ministra da Saúde revelou que o Governo “prepara tudo para poder ter a distribuição da vacina [contra a covid-19] em janeiro”.

A ministra adiantou também que há um total de 485 pessoas internadas nos cuidados intensivos – numa “disponibilidade para doentes covid de 569 camas e num número que, de acordo com a agregação hospitalar, é de 1.036 camas para doentes de cuidados intensivos”.

“Os hospitais têm estado todos os dias a reforçar a sua capacidade”, disse Marta Temido, por exemplo, com a reprogramação de outras intervenções médicas ou cirúrgicas. “Tem sido um trabalho hercúleo por parte das administrações hospitalares”.

Hospitais com autonomia para contratar

Os hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) vão passar a ter autonomia para contratar “de forma permanente” médicos de um conjunto de especialidades relacionadas com o combate à covid-19 mas, também, especialidades como anestesiologia e medicina interna, anuncia a ministra da Saúde, Marta Temido.

“Nós desde o início da pandemia temos tido um regime excecional de contratação mas a termo, com contratos renováveis, e com este regime aquilo que queremos responder é às necessidades mais permanentes do sistema”, explicou a ministra.

Este regime é “regime excecional” e durará até ao final deste ano. “Depois veremos, no quadro do novo orçamento, qual será o enquadramento a conferir”, afirmou Marta Temido.

A governante disse que é um “drama” de todos os ministros da Saúde da Europa conseguirem encontrar os profissionais necessários nesta fase. Desde o início da pandemia, muitos médicos e outros profissionais de saúde saíram da profissão ou reformaram-se em vários países, como Itália.

“Temos de motivar os profissionais que temos, e poupá-los”, rematou.

Este sábado, o Público adiantou que, desde o início da pandemia, o SNS já perdeu 842 profissinais de saúde.

Profissionais sem férias vão ser compensados

Os profissionais de saúde que não vão poder gozar férias até ao final deste ano devido à pandemia de covid-19 vão ser compensados, no âmbito de um regime excecional aprovado pelo Governo, anunciou este sábado a ministra, em entrevista à agência Lusa.

“Aprovámos um regime excecional que permite que os profissionais de saúde que possam não conseguir gozar as suas férias até ao final deste ano possam ser compensados desse seu esforço”, disse Marta Temido.

A ministra explicou que os profissionais podem optar, em 2021, por uma compensação financeira: “Por cada cinco dias de férias não gozados, além do direito a esses dias, terem o pagamento de um dia adicional de férias”.

O cancelamento de férias já tinha sido aplicado na primeira fase da pandemia, quando vigorou o primeiro período de estado de emergência no país.

ZAP ZAP //

 

 

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Também era o que mais faltava não compensarem dos profissionais d eSaúd epelo esforço que estão afazer pela nossa Saúde.

RESPONDER

Siza Vieira diz que Governo está “disponível para colocar recursos públicos” na transição digital

Pedro Siza Vieira revelou estar "inteiramente disponível para colocar recursos públicos" ao serviço da transição digital e assegurou que o país "está preparado" para aproveitar fundos da UE. O ministro da Economia e da Transição Digital …

Partido de Macron impede candidata de concorrer a eleição por usar hijab

O partido do presidente francês Emmanuel Macron impediu uma mulher muçulmana de concorrer como candidata às eleições locais porque tirou uma fotografia para um panfleto de campanha usando um hijab na cabeça. Sara Zemmahi ficou famosa …

Coroa de D. Maria II arrematada por 1,3 milhões. Não vem para Portugal por falta de dinheiro

A tiara de diamantes e safiras da década de 1840, que pertenceu à rainha D. Maria II e suscitou interesse da direção do Palácio Nacional da Ajuda, foi arrematada em leilão da Christie’s por 1 …

Nova alteração no apoio à retoma. Empresas podem cortar horários em 100% em maio e junho

O Governo voltou a alterar o apoio à retoma e decidiu permitir que as empresas com quebras de, pelo menos, 75% continuem a reduzir os horários dos seus trabalhadores até 100%, no mês de maio …

É oficial. Dragão vai receber final da Champions (e com adeptos nas bancadas)

A UEFA anunciou, esta quinta-feira, que o Estádio do Dragão, na cidade do Porto, vai ser o palco da final da Liga dos Campeões, entre Chelsea e Manchester City, a 29 de maio. "A final da …

Nuno Mendes entra na agenda do Nápoles

Depois de ter chamado a atenção de vários clubes europeus, o clube napolitano é o mais recente interessado no jovem lateral do Sporting. Segundo o jornal Corriere dello Sport, com a qualificação quase garantida para a …

Nova ponte no Douro vai estar pronta em 2025. Vai custar 36,9 milhões de euros

A nova ponte rodoviária sobre o rio Douro custa 36,9 milhões de euros, incluindo acessos, e fica pronta em 2025, indica a proposta de lançamento de concurso que vai esta quinta-feira à reunião camarária de …

Sporting na Champions dá mais força ao regresso de Ronaldo

O internacional português pode ver com bons olhos a entrada direta do Sporting na Liga dos Campeões, numa altura em que a Juventus está cada vez mais em risco de não o conseguir. Segundo avança o …

Hospitais retomam consultas e cirurgias a todo o gás. Alguns estão melhores do que antes da pandemia

Após o cancelamento de mais de um milhão de consultas e de 150 mil cirurgias devido à covid-19, os hospitais estão a recuperar toda a atividade e alguns superaram mesmo os níveis anteriores à pandemia. Em …

Sporting quer reforçar o plantel (e vai investir 25 milhões de euros)

O Sporting já tabelou o investimento para a época 2021/22 e a SAD leonina está disposta a investir até 25 milhões de euros, perto daquilo que vai lucrar apenas com a entrada na Champions (23 …