Estado obriga enfermeiros a devolver aumentos salariais

Os enfermeiros podem ser obrigado a devolver aumentos salariais no valor de quase 2 mil euros, que receberam desde o ano passado. O dinheiro advém do descongelamento das progressões nas carreiras da Função Pública.

Cerca de 200 enfermeiros já foram chamados a devolver os aumentos salariais resultantes do descongelamento das progressões nas carreiras da Função Pública. O Ministério da Saúde exige a devolução de 1950 euros no espaço de um ano e meio.

Segundo o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP), mais de 20 mil enfermeiros podem ter de vir a fazer o mesmo. Vários hospitais já notificaram os seu trabalhadores da ordem do Estado.

A notícia avançada esta terça-feira pelo Jornal de Notícias explica que a devolução advém de uma circular da Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS), de fevereiro deste ano, que começou a ser aplicada por quatro centros hospitalares: Trás-os-Montes e Alto Douro, Guimarães, Penafiel e IPO do Porto.

A ACSS defende que o reposicionamento da tabela salarial, entre 2011 e 2015, já contou como progressão e que, portanto, deve ser reiniciada a contagem de pontos. Desta forma, os enfermeiros não podem ter as suas carreiras descongeladas.

Quando os enfermeiros atingem os dez pontos, passam para uma posição remuneratória mais avançada. Contudo, com a contagem de pontos reiniciada, deixam de beneficiar deste patamar salarial.

Em declarações à Rádio Renascença, Paulo Anacleto, do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, explica que “muitas instituições agora estão a dar o dito pelo não dito e estão a pedir a devolução do dinheiro pago” após o descongelamento das carreiras.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Ja sabem como é… quem se mete com o PS… apanha!
    Com já lhes comeram o isco nas eleicoes, agora borram no anzol dos enfermeiros.
    E ha de haver mais injustiças destas pois é preciso garganhol para meter no Novo Banco e nao tarda vem aí o buraco negro do Montepio.

  2. devolve palerma, agora devolve. quem trabalha está cada vez mais pobre, cada vez paga mais impostos e não pode contar com saúde nem educação nem segurança. os RSI andam ai ao alto, a passear nos cafés, a viver na habitação social renovada com jardins tratados, e com bons carros à porta. é assim o PS e a esquerdalha que está a aproveitar o trabalho de contenção e reformas que FMI e PAF estavam a implementar (e muito ficou por fazer) para apresentar números de macro economia aparentemente bons mas unicamente de conjutura. quem vota PS é a função publica e os RSI, o resto é abstenção porque não acreditam em nenhum partido.

    • Toda a razão meu caro Pedro Alexandre… apenas um reparo, a abstenção nada representa a nível político e se alguma coisa representa é apenas a maior facilidade em este governo ter ganho as eleições… se só votarem 50% basta ‘comprar’ 26% dos votos… quanto menos eleitores votarem, mais fácil e barato é ganhar as eleições. A ÚNICA forma de mudar este governo é copiar o que tem acontecido noutros países da Europa, dar lugares parlamentares a partidos menos corrompidos como PAN, Chega, Aliança, etc porque só dando esses lugares a estes ultimos é que o PS / PSD perdem poder, só com os 50% de abstenção a votar é que podemos mudar de rumo! PS: Não esquecer que défice é muito diferente de dívida (e esta já ultrapassa os 230 mil milhões, o valor do nosso PIB)

    • Podemos depreender, então, que o Pedro Alexandre se absteve. Não votou no PS mas também não votou contra. Simplesmente não quis saber. Como tem moral para reclamar agora?

  3. bem feito, votem nestes mentirosos ainda agora foram as eleições e já estão a pedir para trás o que deram ,viva o Costinha mais habilidoso que conheçi.

  4. Eu não devolvo nada! Não faz sentido, depois de Tanta luta, Ter conseguido algo, e voltar ao início..

    Vamos ter que voltar a Fazer colectas para as futuras manifs?

Responder a Maria Cancelar resposta

Hospitais vão poder pagar mais a médicos para garantir urgências no Natal

Os hospitais vão poder contratar médicos prestadores de serviço, vulgo tarefeiros, por valores superiores aos de referência durante o Natal e o Ano Novo. De acordo com o presidente da Federação Nacional dos Médicos, Noel Carrilho, …

Jovem que abandonou bebé no lixo esteve 13 anos institucionalizada em Cabo Verde

A jovem que abandonou o filho recém-nascido no lixo, em Lisboa, esteve institucionalizada durante 13 anos em Cabo Verde. A sua mãe está agora a lutar pela guarda da criança. Numa entrevista ao programa Sexta às …

Último debate. Boris defendeu o Brexit e Corbyn falou da Saúde (pelo menos 15 vezes cada um)

No debate televisivo, transmitido pela BBC, o último antes das eleições da próxima quinta-feira, Boris Johnson defendeu que é o melhor preparado para concretizar o Brexit e terminar com o impasse no processo, prometendo ainda …

No São José, há um doente numa cama 9 meses depois de ter alta. Não tem para onde ir

O Centro Hospitalar Lisboa Central tem diariamente uma média de 70 camas ocupadas com doentes que já deviam ter saído do hospital e há atualmente um caso que espera há nove meses por uma solução. Em …

Rio diz ser preocupante "notória desvalorização" que PS faz do ministro das Finanças

O líder do PSD disse, esta sexta-feira, ser preocupante a "notória desvalorização" que o Governo tem feito do ministro da Finanças, apontando como exemplo as novas regras de contratação nas PPP. "Temos assistido nos últimos dias …

Morreu a indiana que foi queimada quando ia a caminho do tribunal

A suposta vítima de violação, que foi incendiada a caminho de uma audiência de tribunal, morreu, esta sexta-feira, num hospital de Nova Deli. A mulher foi atacada por um grupo de homens na cidade de Unnao, no …

André Ventura avança com castração química para quem abusa de menores

André Ventura, líder e deputado único do partido Chega, entregou esta sexta-feira na Assembleia da República um projeto de lei que cria a pena acessória de castração química, agravando a moldura penal para os abusadores …

Centeno com apoios de peso para recandidatura ao Eurogrupo

Ao que tudo indica, o ministro das Finanças não deverá ter grande oposição em Bruxelas caso queira um segundo mandato como presidente do Eurogrupo. De Bruxelas chegam notícias de que Mário Centeno já terá apoios para …

Bruno Lage: "Respeito as opiniões, mas sou eu o treinador"

O Benfica venceu com uma goleada, esta sexta-feira, no terreno do Boavista (4-1) e aumentou provisoriamente para cinco pontos a vantagem sobre o FC Porto na liderança do campeonato. No final do jogo, o treinador do …

Homem fez-se passar por assessor de Marcelo para roubar donativos para Pedrógão

Um homem fez-se passar por assessor de Marcelo Rebelo de Sousa tentar enganar os donos do Grupo Solverde e da Casa Ermelinda Freitas, pedindo dinheiro para as vítimas de Pedrógão Grande, que foi devorada pelas …